Mais um sinal de crescimento da economia em 2007

Todos os sinais são de crescimento expressivo da economia em 2007. Agora são os investimentos que crescem, se tomarmos por base a expansão da indústria de bens de capitais, de máquinas e equipamentos, e os financiamentos do BNDES para diferentes setores: petroquímica e química, crescimento de 164%; têxteis – sob ataque da concorrência chinesa e do real valorizado -, 171,2%; agroindústria, 74,3%. Ou seja, estamos trocando máquinas velhas por mais produtividade, menores custos e máquinas novas. A produção de máquinas e equipamentos para a indústria cresceu 15,8%, a de máquinas e equipamentos agrícolas, que caiu 16,5% no ano passado, cresceu 14,4% no primeiro bimestre do ano. Para o setor de energia, a produção de máquinas cresceu 14,5%; para transporte, 9,3%.

Ou seja, cresce o faturamento da indústria de máquinas e equipamentos, cresce o investimento, o comércio fatura mais e o governo arrecada mais. Está na hora de diminuir os impostos e concentrar os financiamentos nos setores atingidos pelo real forte e pela concorrência chinesa e externa. Aproveitar o crescimento da renda e do emprego para consolidar nosso mercado interno e nossa base industrial, adensando nossa cadeia produtiva, agregando valor à nossa produção, para termos mais e melhores empregos, com melhores salários e ganharmos o tempo perdido na década neoliberal.

O BNDES precisa olhar para todo o país. Ir para o Nordeste, Sul e o Centro-Oeste, atender a pequena e média empresa. É agora ou nunca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: