Serviço de assistência ao imigrante de magnata da mídia socorre Sarkozy com jatinho e iate privé

Fazendo juz à sua fama de o “Berlusconi da França”, o recém eleito presidente Nicolas Sarkozy foi se recuperar das agruras da campanha no iate Paloma, de propriedade do bilionário Vincent Bolloré, dono de canais de televisão, dos dois maiores jornais de distribuição gratuita do país e do grupo de comunicação Havas. O descanso foi na ilha de Malta, no Mediterrâneo, para onde foi conduzido num jatinho privado também de propriedade do desinteressado Bolloré, um Falcon 900 EX. A modesta embarcação, comprada de um grego por US$ 3,5 milhões e aprimorada com mais US$ 8 milhões, tem 60 metros, sete cabines, jacuzzi e capacidade para 12 pessoas. Parece que Sarkozy pôde levar quase todo mundo da família.

“O descanso virou um cruzeiro jet-set”, divertiu-se o deputado socialista Jean Marie le Guen, após ter de aturar aquela conversinha de Sarkozy,, durante a campanha inteira, em nome da ‘França que acorda cedo, a França que trabalha”. Porta-voz da candidata Ségolène Royal, lembrou a encenação do presidente da UMP, acusando a esquerda de ter criado uma sociedade de ‘assistidos’ pelo Estado, deu o troco. “O senhor Sarkozy parece ser assistido pelos bilionários, que emprestam a ele jatos privados e o acolhem num iate”, afirmou Vincent Peillon.

Hora do Povo
Obs. A França quem diria hein ! Ninguem mereçe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: