A crise da USP

A crise da USP

Não deixe de ler a entrevista “Pesquisa poderá ser direcionada à busca de lucros“, da professora titular aposentada de Filosofia da USP, Olgária Matos, no Estadão de hoje (em área aberta a não assinantes), sobre a crise vivida pela instituição por conta de decretos do governador José Serra que, segundo parte significativa da comunidade acadêmica, ferem a autonomia da universidade.

Na entrevista, a professora Olgária Matos, argumenta que os decretos de Serra são uma intromissão na dinâmica universitária e faz um alerta: o rearranjo promovido por Serra tende a vincular atividades das instituições aos interesses das empresas privadas.
enviada por Zé Dirceu

Obs. Isso é o óbvio, o que o Serra quer com decretos é engessar a USP e submeter a pesquisa e a vida universitária a secretaria dele. A médio ou longo prazo indica uma direção da pesquisa para o que a sociedade demanda, para o que dá mais lucro. Eu fui aluno da USP e posso dizer que a Universidade de São Paulo é uma célula pensante , e jamais deverá se submeter a decretos que visa direciona-la para interesses que não são sociais. Cuidado !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: