Os erros de Chávez e do Senado brasileiro

Um princípio básico da diplomacia é a não-intervenção de um país nos assuntos internos de outro. Está intimamente associado a outro princípio básico: o da soberania dos povos. Nos últimos anos, a pretexto da globalização, esses dois princípios têm sido deixados de lado e isso não é bom. Hoje é comum o governo de um país querer determinar como deve atuar o governo de outro, e quando falamos nisso logo pensamos na política intervencionista dos Estados Unidos. Mas não é só o governo Bush que faz isso.

Agora vemos, aqui, um efeito nocivo da quebra dos princípios de respeito à soberania e à não-intervenção. O presidente Hugo Chávez errou ao criticar o Senado Federal do Brasil por ter aprovado uma moção criticando uma decisão de seu governo, a de não renovar a concessão de um canal de televisão. Chávez excedeu-se nas declarações e foi extremamente injusto ao dizer que nossos senadores são “papagaios” do Congresso norte-americano. O presidente de uma nação não deve e não pode criticar um Poder de um outro país com o qual mantém relações.

Mas também estiveram errados nossos senadores ao aprovar moção que representa uma interferência nos negócios internos da Venezuela. Cada senador, individualmente, pode expressar sua opinião a respeito do tema, como fez o senador José Sarney, mas a instituição Senado Federal não deveria se manifestar a respeito da atitude legal tomada pelo governo venezuelano. Podemos aprovar ou não a decisão de não renovar a concessão, mas é uma medida que não viola a lei venezuelana.

Conflitos desnecessários como esses não interessam ao Brasil, à Venezuela e à América Latina.
enviada por Zé Dirceu

Obs. Olha, sinceramente não concordo com o Zé Dirceu, para mim ele está muito em cima do muro, não existe espaço para política em cima do muro, fazendo média, com esse discurso acima, dá pra perceber que o Zé estava louco pra defender o Chavez e com receio de magoar eleitores conservadores.

Vou se direto, e honesto com minha opiniões como sempre fui porque não tenho rabo preso com ninguem. A verdade é que o Senado brasileiro errou. Errou feio, apontou para o retrocesso interpretando que esse discurso ” liberal falso ” iria agradar a direita raivosa brasileira. Bem fez o Lula que desconversou, diz que não queria se envolver, mas o Senado não, ninho da direita capitaneada pelo PSDB quiz bater boca, provocar e deu no deu.

A medida do Senado é um agrado às grandes emissoras de TV e à Associação Brasileira de Emissoras e Rádios de Televisão (Abert). “Quem conhece a RCTV sabe que ela foi uma emissora golpista e trilhou pelos caminhos da ilegalidade. Chávez usou de prerrogativas constitucionais e não renovou uma concessão de serviço público”, afirma o deputado. O Estado cumpriu uma prerrogativa garantida pela Constituição e pela lei Resorte.

Evidentemente no meu entender, qualquer canal pode, e deve, pensar diferente que um governo. E a tendência é que essa relação seja sempre delicada, tensa e ao mesmo tênue já que a esfera do que é governo é ampla e envolve muitas instâncias e atores políticos. Mas que isso não signifique forjar situações, mentir aos telespectadores, inventar fatos, etc.

O ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP) foi um dos principais críticos da medida de Chávez. O senador utilizou-se da tribuna do Senado e publicou um artigo na Folha de S. Paulo criticando o fechamento da RCTV. A família Sarney é uma das maiores detentoras de concessões públicas de rádio e TV no país.

Agora Zé, quando vc quiser dizer ou emitir uma opinião não tenha medo isso não vai influenciar na sua anistia, fique tranquilo, seja você mesmo.

Para relaxar, vejam um artigo intressante do jornalista Luiz Carlos Azenha sobre essa questão da Venezuela no se Blog Vi o Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: