PIB cresce 4,8% no 1º trimestre, revela consultoria

As atividades vinculadas ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), anunciadas pelo presidente Lula em janeiro, já começam a surtir efeito. Segundo a consultoria Tendências, o PIB registrou um crescimento forte no primeiro trimestre deste ano. O número que o IBGE deve divulgar no próximo dia 13, mostrará um crescimento de 4,8% em relação ao mesmo período do ano passado e de 1% em comparação aos três meses imediatamente anteriores.

De acordo com a consultoria, a agropecuária cresceu 10% no primeiro trimestre deste ano, a indústria 4,2%, e os serviços, 4,4%. A Tendências também projeta um forte crescimento do investimento, de 9,3% nos primeiros três meses do ano em relação a 2006. Esse crescimento do primeiro trimestre ocorre depois de um elevado período de expansão dos últimos três meses do ano passado, quando se iniciou o processo de recuperação mais forte. Até então, a economia estava acomodada.

Por outro lado, a demanda interna voltou a ser o motor de dinamismo, após três anos de liderança das exportações. O consumo das famílias, segundo dados da CNI, vem crescendo há quatro trimestres consecutivos e acumula expansão de 4% ao ano. O crescimento do consumo está associado ao aumento da renda das famílias e à expansão do crédito
Hora do Povo

Rizzolo: Na realidade o aumento da renda propicia o consumo , só o fato da agropecuaria ter crescido 10% no primeiro trimestre é dado importante muito embora isso se dado ao agronegocio, e isso nos remete a necesidade cada vez maior de uma ampla reforma agrária.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: