Lula: “o Programa Nuclear da Marinha é passo extraordinário”

O presidente Lula anunciou a liberação de um R$ 1,040 bilhão para a Marinha concluir o projeto de fabricação de motores de propulsão nuclear para submarinos. Segundo o presidente, serão liberados R$ 130 milhões por ano nos próximos oito anos. “Eu acredito que esse projeto pode ser embrião para tudo que nós precisarmos do ponto de vista de energia nuclear e do ponto de vista de produção de energia”, disse Lula, na terça-feira, durante visita ao Centro Experimental Aramar, do Centro Tecnológico da Marinha, em Iperó-SP.

COMPROMISSO

“Desde a primeira conversa que tive com o ministro Waldir Pires assumi o compromisso de que vamos colocar os recursos necessários para que a gente possa concluir esse projeto”, afirmou, reconhecendo que o projeto esteve atrasado, e que “se colocarmos um pouco mais (de recursos), poderemos antecipar” o projeto. “No nosso primeiro mandato tivemos que dedicar os primeiros quatro anos para consertar o país, para arrumar a Casa”, acrescentou. “O dado concreto”, prosseguiu, “é que já poderíamos estar muito mais avançados”. “Eu acho que agora temos condições de concluir esse projeto e o Brasil pode se dar ao luxo de ser um dos poucos países do mundo a dominar toda a tecnologia do ciclo de enriquecimento de urânio”, destacou. “A partir daí, penso que seremos muito mais valorizados enquanto nação, enquanto a potência que queremos ser”.

Lula avaliou que o projeto da Marinha representa “um passo extraordinário do avanço tecnológico do conhecimento do nosso pessoal”. “Só temos que colocar dinheiro para dar os avanços necessários”, assinalou. “Temos profissionais, temos gente competente, temos conhecimento. Agora, se estava faltando o dinheiro, não vai faltar mais porque vamos colocar o dinheiro necessário”, garantiu o presidente. “Por que não sonhar grande e dizer que queremos chegar até a possibilidade de ter um submarino nuclear?”, indagou.

O Brasil detém o domínio de toda a tecnologia do ciclo de urânio. O país, no entanto, não possui ainda, em escala industrial, o chamado processo de “conversão” (produção de hexafluoreto de urânio), necessário para a produção de energia. É exatamente esta etapa do processo que a Marinha vem desenvolvendo em seu Centro Experimental de Aramar.

Lula destacou que o Conselho Nacional de Política Energética decidiu que a energia nuclear vai fazer parte da matriz energética brasileira. “Vamos concluir Angra III e, se for necessário, construir mais, vamos construir, até porque é uma energia limpa, está provado que hoje temos segurança e está provado que o Brasil não pode parar”, salientou.

Sobre o risco de acidentes nas usinas nucleares, Lula minimizou a sua possibilidade: “não há nenhuma possibilidade de acontecer um acidente no Brasil como aconteceu em Chernobyl”, disse. “As experiências que nós temos com a energia nuclear, tipo Angra é grande. Não têm dado acidente”, ressaltou. “Eu não acredito nisso, porque temos conhecimento, temos tecnologia, temos gente altamente qualificada para fazer o processo”, acrescentou Lula. “Nenhum de nós está livre de nada, mas se ficarmos pensando assim, não fazemos absolutamente nada”, completou.

Ele destacou ainda a importância das outras formas de energia produzidas no Brasil. “Temos a eólica, a hídrica, biomassa, temos a diesel, temos a carvão”, lembrou. “Mas a energia nuclear é uma energia já testada e aprovada no Brasil, é segura, detemos tecnologia, por que não aproveitar?”, indagou. “Obviamente que vamos sempre utilizar aquilo que for economicamente mais viável para o país e, hoje, com a hídrica, tem um potencial extraordinário”.

Sobre o submarino nuclear, Lula disse que “a nossa determinação é brasileira”. “Com a determinação do Estado brasileiro, da Marinha brasileira, vamos utilizar todo o nosso conhecimento para fazer aquilo que soubermos fazer, pensando no Brasil”, destacou. Ele disse que os recursos para o projeto “não podem ser vistos como gastos” mas como “investimentos”. Para Lula, “um país precisa ter capacidade de investimento em ciência e tecnologia”.

CICLO

Lula ressaltou “que o Brasil tem tudo para se transformar definitivamente num Estado soberano, seja no reparo que temos que fazer nas nossas Forças Armadas, voltar a equipá-las e preparar o Brasil para ter todo conhecimento do ciclo do urânio”. “São poucos os países que têm a competência que tem o Brasil, e por que não utilizar essa inteligência que está disponível, formada por nós, para produzir coisas para nós?”, indagou. “E, ao mesmo tempo”, prosseguiu, “o Brasil precisa ser um exemplo do mundo na questão da produção energética”.

“O exemplo que estamos dando aqui, não apenas na questão nuclear, onde temos o sistema mais moderno do mundo, mas, sobretudo, se a gente levar em conta a produção de biocombustíveis, o Brasil – na minha opinião, isso será inexorável – será uma grande potência energética nos próximos 20 anos no mundo”, concluiu.
Hora do Povo

Rizzolo: O Brasil possui a sexta maior reserva de urânio do mundo (309,3 mil toneladas) tendo prospectado apenas 25% do território. A energia nuclear é limpa e economicamente viável, não há dúvida que o otencial hidreletrico no Brasil é grande, contudo a energia nuclear , do ponto de vista de produtividade de energia, é melhor alem de ser uma energia limpa; ademais, é evidente que o Brasil possuindo a sexta maior reserva de urânio não pode deixar de pensar em outra coisa a não ser energia nuclear. Quanto as Forças Armadas elas precisam de uma reestruturação , em outro comentário falei sobre a Imbel e agora com a notícia da liberação de um R$ 1,040 bilhão para o Programa Nuclear da Marinha na fabricação de motores de propulsão nuclear para submarinos daremos um passo gigantesco no desenvolvimento tecnlógico, até porque temos gente altamente qualificada para fazer o processo. Como bem disse Lula os recursos para o projeto “não podem ser vistos como gastos” mas como “investimentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: