Rússia começa a produzir “em série” mísseis Bulava-M

115718m.jpg

A Rússia começa a produzir “em série” mísseis intercontinentais de ogivas múltiplas Bulava-M, destinados a equipar os futuros submarinos estratégicos do país, informou Interxax, citado o comandante-em-chefe da Marinha russa, almirante Vladimir Marossin.

“O último teste do Bulava-M realizado no final de junho foi muito importante”, disse Masorin.

Tendo em conta o resultado positivo do teste Marossin anunciou “a produção em série de peças para esse novo sistema de armamento.

O míssil Bulava-M, de mais de 8.000 km de alcance, pode transportar até dez ogivas nucleares de trajetória independente. A Marinha russa anunciou, em 28 de junho, que havia realizado com sucesso um teste desse tipo de míssil. Quatro dos seis últimos testes feitos desde 2005 fracassaram, segundo a mídia russa.

“Depois de cada teste que não dá certo é realizada uma quantidade enorme de trabalho para encontrar a causa”, disse Masorin no porto ucraniano de Sebastopol, base da frota russa no Mar Negro.

Ele afirmou que a Rússia fará mais dois testes de longa distância com o Bulava neste ano, mas que os detalhes são secretos.

A Marinha russa pretende finalizar os testes do novo sistema em 2008. “Esperamos que ao longo dos nossos testes seja adotada a decisão de pô-lo (o míssil) a serviço ativo da Marinha em 2008”, completou Marossine. A Rússia tem a segunda maior frota de submarinos do mundo, depois dos Estados Unidos. A frota é a principal fonte de sua política de dissuasão nuclear.

Segundo o presidente Vladimir Putin, o projeto Bulava pode passar por qualquer escudo antimísseis.

O Bulava foi projetado para uso na nova geração russa de submarinos nucleares, da classe Borei (Vento Ártico). O primeiro submarino da classe –chamado Yuri Dolgoruky– foi inaugurado em abril depois de muitos atrasos, mas os mísseis ainda não estão prontos para equipá-lo.

Pravda. Ru

Rizzolo: Observção do Putin; ” o projeto Bulava pode passar por qualquer escudo antimíssel “. Não precisa dizer mais nada, né ?

Publicado em Política. 1 Comment »

Uma resposta to “Rússia começa a produzir “em série” mísseis Bulava-M”

  1. Willian Dias Says:

    Acho que a Rússia deve investir em armamento sim, e manter sua imagem de superpotência nuclear frente ao mundo. A URSS acabou porém a Rússia é o maior país do planeta e deve impor respeito, principalmente em relação ao imperialismo americano.
    O governo russo deve aumentar sua área de influência militar e posicionar mísseis para atacar o inimigo caso ele ameace a soberania de Moscou. Nessa empreitada, Chávez seria um bom aliado no sentido de autorizar a instalação de plataformas de mísseis nucleares cruzeiro em território venezuelano que fica praticamente na “porta da residência do Tio Sam”.
    É bom lembrar que há rumores de que Bush estaria negociando a construção de um sistema antimíssil na Polônia “jardim da terra da Vodka”!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: