Rússia tem capacidades de competir com os EUA?

amur_1h7499_0.jpg

A organização NATO está seriamente inquieta de que, a Rússia trás sempre novas surpresas, e reagir do ponto de vista estratégico não consegue.

A modernização dos bombardeiros para os voos da aviação estratégica russa nas zonas de patrulha tradicional, de repente deixou o Pentágono em estado de choque, e deixou em pânico os paises da Europa.

Durante 15 anos as aviões russos ausentaram-se das aguas do oceano atlântico e fazia a Aliança sentir-se a supremacia completa que, agora é violado fortemente e considerável.

Os embaraços nestes últimos dias levantaram boatos sobre uma nova “Guerra Fria”, e muitas agencias escrevem que a Rússia vai retomar a prática de exercícios militares regulares a longa distância, tal como acontecia durante o período da Guerra Fria. O fim de um interregno de 15 anos é, segundo o Kremlin, uma resposta à ameaça de outras potências. E assim quer assustar a Europa com os seus bombardeiros.

A Federação Russa não teve tempo para defender-se dos boatos, quando outros rumores expandiram na Europa – A Rússia experimenta no Mar Báltico o seu novo submarino “Amur”. A Nato segue atentamente este processo, e quanto mais informações sobre o submarino mais assustado ficam os membros dele.

O submarino classe “Lada” o Amur , é a versão de exportação, é um submarino de ataque que tem como principais objectivos: vigilância, colocação de minas, operações especiais, ataque a vasos de guerra, sendo acima de tudo feito “por encomenda” baseado nas especificações do cliente. O Amur é caracterizado pelo seu extremo silencio sendo ainda mais eficaz neste campo que os também muito eficazes submarinos Kilo.

Ficha Técnica:
Comprimento: 66.8m
Largura: 7.1m
Velocidade Max submerso: 21nós
Tripulação: 35
Deslocamento: até 1750 toneladas
Autonomia: 11.200km
Profundidade Max: 300m
Operadores: Russia, 1 unidade em serviço 1 unidade encomendada

Os inspectores da NATO em particular, receiam que este submarino pode ser adquirido pelo país como Venezuela que, é contra a política dos Estados Unidos na América Latina. Os EUA têm a sensação duma responsabilidade global com a separação da União Soviética, e aos poucos expandindo o seu domínio e fronteiras, ordenando invadir outros países que não desejam seguir a política deles. Agora a Rússia começa a por fim a esta forma unilateral.

A Federação Russa não concorda com esta forma unilateral, ela tem capacidades de competir com os EUA no espaço aéreo e agora esta novamente sobrevoando o oceano atlântico. Qualquer um país que tiver uma ordem de lançar um míssil a Rússia, pode ter certeza que também está sob a sua pontaria.

Pravda.RU

Rizzolo: O AMUR é um submarino de ataque que tem como principais objectivos: vigilância, colocação de minas, operações especiais, ataque a vasos de guerra, sendo acima de tudo feito “por encomenda” baseado nas especificações do cliente. O Amur é caracterizado pelo seu extremo silencio sendo ainda mais eficaz neste campo que os também muito eficazes submarinos Kilo. O submarino possui uma nova cobertura absorvente de ondas de sonar bastante eficaz sobre todo o casco. A presença de um sistema AIP (Air Independent Propulsion) baseado em células de combustível de oxigénio-hidrogénio torna-o extremamente silencioso e permite uma autonomia submerso nunca antes atingida, teóricos falam em 45 dias o que é um facto incrível. Conheça também o KASHTAN-M (VIDEO) , um míssel antiaéreo, usado pela Marinha Russa.

Publicado em Política. 2 Comments »

2 Respostas to “Rússia tem capacidades de competir com os EUA?”

  1. Leonardo Says:

    SEM DUVIDAS!!!!!!!!!

    A Russia, sempre foi e sempre continuara a ser uma potencia mumdial em material belico.

    A Russia,vinha escondendo o jogo desde a guerra fria,e os outros paises acharam que a russia tinha enfraquecido,enquanto ela so estava se mordernizando! A pouco que os americanos conseguiram criar um caça com velocidade match 3,em quamto a Russia,Ja tinha a anos os Migs-29-31-sulcur,e outros com velocidade Match 3.
    E ja rolam boatos que os Match 4 e 5, ja estão prontos sendo testados em Absoluto sigilo.E uma pena que o Brasil seja aliado dos americanos,e tenha que ficar conprando porcaria francesa.Com os Mirrage e esse porta avioes podre.Em quanto a venezuela compra migs o brasil cmpra mirage 2000,Fala SEriooooooooo!!!!!!!!!!!1

    Sem duvida a Russia e uma potencia no Ar nos mares e na terra!

  2. anbrozio dacunha Says:

    O Brasil vai desenvolver submarinos de ultima geraçao, com ajuda francessa naum vamos ser dependetes dos fracesses, nao, mais vamos aprender muuito com eles, para no futuro proespero varios paises venham aprender com ajente. o seu babaca (leonardo) – Te manka muleke, vc vai estudar pra saber o que diz, se os brasileiros tivesem orgulho de seu pais, esse pais seria sim uma grande potencia, ta axamando ruim compra pra nois muleke seu fdp


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: