Renan absolvido por 40 votos a 35, mas a guerra continua

capa_834.jpg

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi absolvido por 35 votos a 40 (e seis abstenções) na votação em plenário da tarde desta quarta-feira (12). Com isto foi arquivado o processo em que ele era acusado, com base em denúncia da revista Veja, de receber dinheiro de um lobista da construtora Mendes Júnior. Mas há outros dois processos contra Renan no Conselho de Ética da Casa, e a coalizão oposicionista-midiática promete uma guerra sem tréguas.

Por Bernardo Joffily

Os senadores oposicionistas que acabavam de sair do plenário , após a sessão de votação que foi secreta, deram as indicações de como pensam conduzir a crise. Primeiro, destacaram a existência de mais dois processos, que podem se transformar em três, ou mais, alimentados por novas denúncias na mídia. Segundo, responsabilizar o PT.

O último aspecto é atribuido ao trabalho dos senadores petistas Ideli Salvatti (SC) e Aloizio Mercadante (SP). Embora a votação tenha sido secreta, e mesmo parlamentares do DEM reconhecessem que Renan recebeu votos de seus correligionários, o partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com seus 12 senadores, foi escolhido como o responsável pelos 40 votos que absolveram Renan.

O presidente do Senado ganha fôlego com a votação. O oposicionista Alvaro Dias (PSDB-PR) admitia na TV Senado que, após o resultado de hoje, as outras acusações “perdem força”. No entanto, manteve a defesa de que os processos devem prosseguir.

Ele tem prometido prosseguir sua resistência, sem renunciar nem ao mandato e nem ao cargo, que implica também na presidência do Congresso Nacional. Em declaração na segunda-feira passada, ele atribuiu a resistência a uma questão de seu “caráter”, o que indica que não pretende esmorecer nem recuar.
Site do PC do B

Rizzolo: O Senado agiu e votou com o costumeiro acerto, não podemos deixar que denuncias “vazias” desprovidas de provas concretas possam atingir de forma traiçoeira integrantes do Senado apenas porque interesses internacionais sendo aqui representados por setores da mídia acabem execrando inimigos politicos. O Brasil é um pais pobre e já tem sido suficientemente golpeado pela mídia elitista e golpista que não aceita um operário no poder. Desde o inicio, já na campanha, a mídia fez de tudo para derrotar Lula, não conseguiu, agora ataca de forma a difamar sem provas integrantes do Senado brasileiro, mas felizmente a resposta vem no bom senso dos Senadores que souberam distinguir questões de cunho jurídico e político. Renan foi execrado politicamente, só não deixou o Senado e foi absolvido porque não havia evidências concretas de crime baseado em provas. É uma pena que o Senado brasileiro perca tempo com denuncias de cunho estritamente político visando na verdade desestabilizar Lula que foi eleito com 58 milhões de voto, isso eles não engolem, e não vão engolir jamais.

Abaixo declaração de Renan

NOTA À IMPRENSA

O resultado da votação de hoje é uma vitória da democracia, mas é também o momento de refletir sobre as perdas que esse processo político provocou.

Nesses mais de 100 dias, muitos de nós perdemos algo. Eu perdi mais. Abri mão de momentos de convivência com minha família e com os amigos.

Mas confirmamos que, mesmo com eventuais injustiças e excessos inerentes ao processo democrático, é preciso acreditar nas instituições, fortalecê-las e não perder a confiança de que a verdade sempre prevalecerá.

Não guardo mágoa, nem ressentimentos. O único sentimento que me move é o do entendimento e do diálogo. Esse processo se encerra com a reafirmação do mútuo respeito e da serenidade que sempre caracterizaram a convivência política nesta Casa.

A partir da decisão madura e soberana do Plenário do Senado, já comecei a procurar os líderes e presidentes de partidos para prosseguirmos na agenda legislativa que de fato interessa ao país, à população.

Não tenham dúvidas. Saberei corresponder aos anseios da instituição e aproximá-la cada vez mais da sociedade brasileira.

Senador Renan Calheiros
Presidente do Senado Federal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: