Empresários apóiam Venezuela no Mercosul

Uma pesquisa da Câmara de Comércio Brasil-Venezuela…

Uma pesquisa da Câmara de Comércio Brasil-Venezuela feita no período de 13 de julho a 13 de setembro, com 655 empresas brasileiras que realizaram intercâmbio comercial com a Venezuela em 2006, revelou que 75,68% das empresas têm perspectivas positivas quanto ao ingresso da Venezuela no Mercosul.

Pelo levantamento, 55,74% das empresas exportadoras prevêem crescimento de seus embarques para a Venezuela este ano. Entre as importadoras, 45,95% afirmaram que vão aumentar as compras.

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara aprecia hoje o pedido de ingresso da Venezuela no Mercosul. O parecer do relator, deputado Dr. Rosinha (PT-PR), é pela aprovação do pedido.

Rizzolo: Fica patente, que o desenvolvimento e a integração da América Latina tem o incondicional apoio do empresariado, empresas brasileiras de peso, investem na Venezuela como o Grupo Gerdau, que comprou a Siderúrgica Zuliana, a terceira maior produtora de aço da Venezuela, por US$ 92,5 milhões. Em comunicado, o diretor-presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter, afirmou que “a Venezuela possui uma economia em expansão e demanda interna crescente, assim como grande disponibilidade de energia, sucata e minério”. O executivo também ressaltou que os investimentos em infra-estrutura são crescentes, o que tem reflexos na construção civil, que é grande consumidora de vergalhões.

Acho que só os reacionários que tem a capacidade de se apequenar, ainda colocam questões ideológicas na frente do desenvolvimento da América Latina. Uma coisa é certa e empresários de visão já perceberam; não há como pensar em desenvolvimento, excluindo a grande massa de população pobre da América Latina, no Brasil os 49 milhões de pobres serão forçosamente incluídos nos frutos do desenvolvimento brasileiro. A época em que a elite determinava os caminhos do povo brasileiro nos almoços nos Clubes requintados regados a wiskey 12 anos, acabou. E “Cansados”, cada vez mais, terão que abrir mão do muito que possuem, e aprender a compartilhar com os que nada tem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: