Mergulhando no imaginário do povo Venezuelano

As afirmações na opção do desenvolvimento da população pobre da América Latina levou a experiência Venezuelana a uma espécie de acomodação entre o capitalismo já instalado e sedimentado, a uma opção pelo socialismo o qual Chavez denomina de Socialismo do Século XXI.
A possibilidade de inferir in loco as políticas de Chavez, é uma oportunidade inusitada, e vem de encontro às pontuações de difamação tão eloqüentemente elaboradas pela direita brasileira.

Estou podendo constatar, e deixo claro, de forma imparcial, os pros e contras do ponto de vista político popular da política de Chavez, implementada na Venezuela. Dentro da visão do imaginário da população pobre Venezulena, aquela que como no Brasil durante décadas foi totalmente preterida e deixada a segundo plano vez que o neoliberalismo, dedicou se muito mais ao lucro, a iniciava privada, e as políticas liberais onde o acerto do social apenas passava pelo mercado regulador, as políticas publicam de Chavez atendem hoje as demandas de décadas, ate porque o Estado pouco assistia os carentes em governos anteriores.

Com efeito, Chavez dialoga de forma muito próxima com o povo venezuelano, falando e pontuando suas afirmações num verdadeiro bailado de analogias, onde na concepção popular o discurso passa a ser compreendida de forma clara, pura, e cristalina, as idéias, as reflexões acompanhadas sempre das comparações com situações do dia a dia, sublinham as idéias socialistas, e emprestam confiabilidade ao povo pobre venezuelano, que vê no Poder Estatal, uma saída para sua escravidão capitalista e seu acesso a saúde, educação, e distribuição de renda.

Chavez passou ontem falando em seu programa Alo Presidente, em cadeia nacional, sobre varias questões dentre elas a implementação de um numero enorme de centros hospitalares de no mínimo seis especialidades medicas. Contando com o apoio de 35.000 médicos cubanos, esta construindo o maior Centro Medico Nacional de Tratamento de Câncer, um projeto arrojado de 85 milhões de dólares, tratamento esse totalmente Estatal, com mais de 250 leitos, equipamentos de primeiro mundo, que segundo Chavez, apenas anteriormente estavam disponíveis para servir aos poucos cidadãos de uma elite do capitalismo, outros centros também no mesmo patamar de investimentos, na área de urologia e nefrologia, cardiologia, obstetrícia, e gatroenterologia, estão sendo construídos, que segundo dados o locais a ser construídos esses centros são na realidade onde existem maior incidência das doenças respectivas nos pais, reafirmo todos por volta de 80 a 90 milhões de dólares, uma verdadeira operação de guerra. As plantas se dispõem em varias localidades da Venezuela, de acordo com as necessidades populacionais.

Disse também em seu discurso de domingo, que a iniciativa privada tem sim que se submeter aos interesses do Estado, era na realidade um recado aos donos de estabelecimento de ensino; dizia ele que, como um carro em que o proprietário e seu dono, o domínio do bem este vinculado a sua boa administração, ou seja, você pode ser dono de um automóvel, contudo se não tiver carta, dirigir de forma imprudente, não se submeter às normas de transito, você ficara impedido de ter acesso a esse bem ate porque o Poder Estatal o expropriara em função do uso não em conformação a norma publica. E isso, na visão de Chaves, legitimaria sua eventual intervenção nas escolas particulares, em que se tornassem refratarias em não assumir e implementar as normas ditadas pelo Ministério da Educação. O que esta muito certa. Ate porque quem lhe outorgou esse poder foi o Poder Popular, democratas, e liberais de verdade, nada podem argumentar, sob pena de serem taxados de ditadores ou democratas relativos.

Mas o que me impressionou mesmo foi à capacidade de interlocução com o povo venezuelano, ele conversa com o povo no seu programa, participa da vida do povo pobre, isso em cadeia nacional, coisa que Lula só faz em palanque em época de eleição, e no meu ponto de vista e um dos pecados do governo Lula, que interloga apenas com empresário e mídia golpista, pontuando suas policias apenas com a classe media, que ainda o desqualifica. Mesmo assim o povo brasileiro o aprova e sua popularidade ainda não caiu, imaginem se deixasse sua postura tímida popular e fosse falar mais com o povo, de suas intenções, de seus inimigos que e a mídia golpista, e muitos outros problemas, talvez se sentiria talvez mais aliviado, com mais correlação de forcas e daria uma grande abarco no povo brasileiro, nos molde do Alo Presidente.

Depois conto mais! Preciso voltar ao Congresso, da Fedeindustria.

Fernando Rizzolo
Caracas

Publicado em Política. Tags: , , , . 1 Comment »

Uma resposta to “Mergulhando no imaginário do povo Venezuelano”

  1. MARIA ROSANIA Says:

    Descobri teu blog por motivos de estar pesquisando a venezuela.
    Sou admiradora de Hugo Chaves e Evo Morales e muita decepcionada com o Presidente Lula.
    Quero conhecer Caracas, por vários motivos: sou sociologa, especialista em movimentos sociais, e respondo comos sociologa da Prefeitura de Florianópolis/SC.
    Atualmente vivo em Saõ Luis do MA e pretendo junto com meu companheiro que é historiador maranhense vivenciar junto com os venezuelos um pouco da sua diversidade cultural e politica.
    Temos passagens aéreas, direto de São para Caracas, e precisamos de dicas sobre cambio, hospedagem, alimentação e rotas não turisticas, mais de forma mais politica.
    Meu parametro é o dolar, oque se compra com um dolar em Caracas?
    Maria Rosania Tomaz
    98 32683313


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: