Crivella defende entrada da Venezuela no Mercosul

“Esquecer o resto da América do Sul como parceiro do desenvolvimento significa esquecer a potencialidade dinâmica de um mercado integrado favorecido pela proximidade geográfica e pelas afinidades culturais”, afirmou o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), em discurso no Plenário, no dia 31, defendendo a entrada da Venezuela no Mercosul, como forma de garantir o fortalecimento do continente e estimular o desenvolvimento de regiões brasileiras como Norte e Nordeste.

O senador lembrou que treze governadores destas regiões apóiam a entrada da Venezuela e a aprovação da mensagem do executivo nesse sentido, “seria um grande objetivo que poderia unir todos os povos, acima de quaisquer divergências políticas”.
“Faço uma proposta: que possamos fazer a integração da América do Sul não com o mercado livre, mas com o pressuposto de aumentar a participação da massa salarial na renda nacional de cada país”, frisou. Marcelo Crivella destacou que avançar no projeto de integração da América do Sul, a partir do tríplice eixo Brasil, Argentina e Venezuela, é tomar uma decisão firmemente direcionada para atender os objetivos de desenvolvimento da economia e do povo brasileiro.

Ele lembrou ainda que o processo de integração “na medida em que seja implementado no marco de políticas macroeconômicas progressistas, extirparão o maior câncer da economia brasileira, que é o fenômeno da financeirização exacerbada”, acrescentou. O senador ressaltou que, para quebrar essa “ciclo de especulação improdutiva”, só um grande projeto de desenvolvimento “de real interesse dos povos”.

Crivella ressaltou o programa energético comum aos integrantes do Mercosul e o planejamento cumum de indústrias básicas e obras de infra-estrutura. “É um projeto, como disse, que atende primeiramente aos povos sul-americanos, e, pela dimensão do Brasil nesse bloco, aos brasileiros especialmente. Interessa às empresas industriais, interessa às grandes construtoras, interessa às indústrias de bens de capital e interessa ao trabalhador, pois significa mais emprego e mais renda”, sublinhou.
Hora do Povo

Rizzolo: Tenho dito reiteradamente que os evangélicos progressistas têm se posicionado de forma a defender os interesses do povo brasileiro em inúmeras pontuações. São inúmeras as questões patrióticas e de soberania nacional que os representantes dessa ala aprofundam o debate, e sem reserva atendem aos desígnios do povo brasileiro. No caso em pauta a integração da América Latina é essencial, e com propriedade, o Senador Crivella ressalta os interesses do empresariado nacional, e dos trabalhadores, com a entrada da Venezuela, vez que, promoveria geração de mais empregos. Ademais, a região Norte e Nordeste será a maior beneficiada com a inclusão, haja vista, o apoio dos treze governadores dos Estados que as compõem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: