O efeito Dr. Jatene

Ainda me lembro quando li com satisfação, que num jantar no Figueira, restaurante situado nos Jardins na Capital paulistana, o Dr. Jatene ao estar com empresários, passou um pito no presidente da Fiesp Paulo Skaf por sua postura pouco patriota em conspirar sob o manto da Fiesp, a não prorrogação de um tributo sabido necessário em termos de arrecadação, e tecnicamente de difícil sonegação. O Dr. Jatene, homem íntegro, e pai da CPMF, na sua indignação médica, acusou parte do empresariado de egoísta, em não saber compartilhar as riquezas com os pobres, os humildes. Só um cirurgião como ele poderia fazer essa ” intervenção cirúrgica “, rápida e inesperada naqueles que pouco se importam com a saúde dos pobres, mas que no primeiro sinal de disfunção cardíaca correm para um hospital como o Incor que atende pelo SUS.

Comenta-se que para não perder a arrecadação estimada em R$ 40 bilhões da CPMF em 2008, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cogita levar ao Senado a proposta de elevar o percentual da receita destinada à Saúde. Hoje, da alíquota de 0,38% cobrada sobre cada cheque sacado na rede bancária, só 0,20% vai para o setor para o qual o tributo foi inicialmente criado. A idéia a ser analisada é a de elevar o repasse para 0,30% ou 0,40%. Vejo isso com bons olhos, e é claro, o governo tenta dessa forma cooptar os corações duros dos que ainda são refratários a entender que o rico, aquele que aufere lucro nas suas empresas , precisa aprender a dividir e compactuar das políticas de transferência de renda. Agora o que não podemos aceitar é a panfletagem deslavada golpista daqueles que como diz Lula, ” gostam de sonegar ” . Como sempre digo, fica claro que fugiram das aulas de catecismo, se é que as tiveram , não sabem e nunca se importaram em ler a Bíblia, tem apenas nas suas vidas um ideal; o lucro, o egoísmo, e defender ainda mais os poderosos.

O Brasil precisa de muitos , mas muitos hospitais, e como sempre digo, maior quantidade de médicos “per capta”, se não os encontrarmos no Brasil, podemos traze-los de Cuba. Que tal ? Não seria uma boa idéia ? Ou o corporativismo médico vai argumentar com aquela velha conversa mole que ” médicos cubanos não sabem nada ” ?; o povo brasileiro não pode ficar nas mãos dos empresários da Fiesp, dos Senadores do PSDB que não querem o desenvolvimento social dos pobres, dos jornalistas que exercitam seus argumentos diante das câmeras com o discurso da direita, dos traidores dos interesses do povo, e dos especuladores internacionais. Precisamos sim dos R$ 40 bilhões da CPMF em 2008, de preferência totalmente destinados à Saúde do povo brasileiro, como advoga o Dr. Jatene.

Com muito bom senso, e patriotismo, e olha que não tenho simpatia ao PSDB, o governador Serra e Aécio, lutam para reverter parte da oposição Tucana a votar de forma favorável ao imposto; numa verdadeira operação de catequese daqueles que há muito abandoram o senso de moral e cristianismo. Isso podemos inferir e nos salta aos olhos quando observamos a frieza e a indiferença da forma como vêem os mais necessitados que vivem no nosso Brasil.

Fernando Rizzolo

2 Respostas to “O efeito Dr. Jatene”

  1. Anônimo Says:

    64000 hits e nenhum comentário! Por que será que existe tanta timidez?

    São exatamente episódios como esses, aqui vividos pelo Dr. Jatene, que me fazem sentir orgulho de ser brasileiro, pois sei que nem todos somos egoístas e gananciosos e muitos ainda tem consciência e coragem de apontar o erro.

    Por ser insonegável, sou absolutamente favorável à CPMF. Como não tenho e nem movimento grandes somas de dinheiro, nunca me senti ferido por esse tributo, que mal posso sentir. Não tenho nada a temer. Assim, parece-me que somente aqueles que movimentam muito dinheiro, e portanto devem ser ricos, é que estão se sentindo incomodados, pois não querem repartir. Quando é que vão aprender?

    Aliás, às vezes eu penso por que não substituirmos todos os demais tributos existentes pela CPMF?

    Falando em Saúde, eu acho muito bom que tenhamos a CPMF para socorrê-la, mas creio que também devemos nos perguntar por que tantas pessoas estão precisando dela? Por que será que o nosso povo está tão doente? Por que será que está se acidentando tanto? São perguntas que demandam respostas urgentes, mas não parecem estar merecendo a devida atenção. Eu gostaria de propor algumas respostas:

    1. Saneamento básico deficiente – muitas pessoas têm que viver na sujeira e certamente ficarão doentes. Cuidar delas é bom mas é melhor prevenir. Saneamento custa caro, mas a longo prazo proporciona economia.

    2. Falta de educação elementar – muitas pessoas não sabem que ações muito simples podem melhorar sua vida, evitando doenças e outros problemas. A educação elementar deveria ser *absolutamente* obrigatória para todos os indivíduos.

    3. Imprudência e impunidade – principalmente no trânsito, a atitude irresponsável de muitos motoristas é a causa da grande maioria dos acidentes e provavelmente a principal causa do déficit da Saúde. As Auto-Escolas não parecem estar fazendo um trabalho muito competente em educar efetivamente os motoristas.

    4. Falta de educação e educação errada – A falta de uma educação abrangente impede as pessoas de conhecer seus direitos e saber quais são exatamente os seus deveres. Mas ainda pior é a educação errada. Esta é fruto de professores mal pagos e mal preparados para a importante função de educar. Se precisamos socorrer a Saúde, parece-me igualmente – talvez mais – importante socorrer a Educação.

    Bem ai está. Parabéns pelo blog, Sr. Rizzolo.

  2. Rodrigues Says:

    Ainda bem que temos brasileiros do calibre do Dr. Jatene.
    Porém, se a CPMF realmente fosse a solução da SAÚDE brasileira, não teriamos tantas notícias de falências de hospitais e o caos que se instalou no nordeste e outras regiões, onde seres humanos são tratados, quando o são, piores que animais.
    Também seria favorável a CPMF se ela fosse REALMENTE direcionada integralmente para o setor,como preconizado pelo Dr. Jatene.No entanto, qualquer cidadão melhor informado sabe que ela está sendo usada para outros fins e por isto não deve mais prosperar.
    Competencia em governar é justamente a habilidade em direcionar corretamente os recursos de impostos (MUIIITOS!!!) pagos pelo cidadão, priorizando-os, o que não ocorre neste país abençoado por Deus em recursos naturais e castigado pela existencia de políticos corruptos e ladrões que levam o Brasil à mingua.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: