Democrata Obama e republicano Huckabee vencem em Iowa

0104obama1.jpg

Foi dada a partida na corrida para a presidência dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (3), com a vitória de Barak Obama entre os democratas e Mike Huckabee entre os republicanos, em apaixonantes “caucus” (assembléias) em Iowa, o primeiro estado do país a votar. Além do triunfo de Obama, destaca-se no partido democrata que o segundo lugar foi para o ex-senador John Edwards, que relegou a senadora Hillary Clinton para um terceiro lugar não previsível até pouco tempo atrás, embora por pequena diferença.

Do La Jornada*

Com 100% dos votos apurados, Obama teve 37,6%, Edwards 29,8% e Hillary 29,5%. Os outros ficaram bem longe:o governador do Novo México, Bill Richardson, 2,1% e o senador Joe Biden 0,9%. O senador Chris Dodd e os congressistas Dennis Kucinich e Mike Gravel não obtiveram representação. Segundo a rede de TV CNN, Dod e Biden já decidiram abandonar a corrida presidencial, embora sem oficializá-lo.
Entre os republicanos, depois da apuração de 85% dos votos, o ex-governador de Arkansas Huckabee teve 34%, enquanto o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney ficou com 25%.

Fred Thompson teve 14%, John McCain 13% e Ron Paul 10%. O ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani, que preferiu não fazer campanha em Iowa e concentrar-se nos estados que contam mais na hora de escolher o candidato, teve apenas 4%.
Nos quartéis-generais dos aspirantes, a euforia foi transbordante no de Obama, que esqueceu o cansaço dos últimos dias e recuperou o discurso direto ao coração dos votantes, enlevou em muito pouco tempo.

Com uma fala cheia da palavra “esperança”, ele assegurou que é chegado o “momento da mudança”.

“Vocês disseram que chegou o momento de nos movermos para além da amargura, das tolices e dos aborrecimentos que consumiram Washington”, afirmou, dirigindo-se a eleitores de Iowa. Também dirigiu uma mensagem aos “cínicos” que “disseram que este dia nunca chegaria”.

Hillary Clinton, que não usou em momento algum o termo “derrota”, felicitou Obama e Edwards, mas prometeu continuar lutando e se recuperar, a começar, na terça-feira, pelas primárias de New Hampshire. “Sei que vamos nos levantar amanhã e continuar impulsionando tanto quanto pudermos”, garantiu a senadora. No entanto, ela deu uma guinada importante em sua dialética ao se apresentar como o verdadeiro agente “da mudança”.

Do lado republicano, o triunfo permitiu ver um Huckabee visivelmente emocionado, com um resultado em que ninguém apostava há poucos meses, quando ele mal aparecia nas pesquisas. “(A corrida) não acaba aqui. Continua através dos outros estados e termina no número 1.600 da Avenida Pennsylvania, dentro de um ano”, afirmou ele, referindo-se ao famoso endereço da Casa Branca.

O mais doído entre os favoritos foi Romney. Depois de liderar durante quase todo o ano em Iowa, graças a um enorme investimento de tempo e dinheiro, o ex-governador de Massachusetts quase se limitou a agradecer o esforço dos membros de sua campanha. “Penso retornar nas eleições gerais, quando enfrentaremos quem quer que seja o candidato democrata, para derrotá-lo”, disse, na única frase que arrancou aplausos.
Huckabee consolidou sua predominância sobre Romney na religião, um fator-chave no estado de Iowa, predominantemente evangélico. O ex-governador de Arkansas, um pastor batista, apresentou-se como “um verdadeiro cristão”, numa referência implícita à “heresia” que muitos cristãos estadunidenses enxergam na fé mormon professada por Romney.

Com temperaturas externas abaixo de 10 graus centígrados, os eleitores se reuniram durante uma hora ou duas em um total de 1.781 centros eleitorais, situados em cafés, igrejas ou bibliotecas, para indicar seus candidatos em cada um dos partidos nas eleições de 4 de novembro.

O pequeno estado de Iowa tem um papel-chave nas eleições presidenciais, embora não seja nada representativo do resto do país. Sua população tem alto índice de agricultores e aposentados e pouca presença de minorias étnicas. O seu extravagante sistema de escolha em “caucus” representa ao mesmo tempo um exemplo de democracia direta e um verdadeiro quebracabeças burocrático. Os eleitores devem se apresentar todos no mesmo horário, e não na hora que preferirem, como acontece nas eleições gerais ou nas primárias de outros estados. Além disso, só podem participar os que sejam filiados ao Partido Democrata ou ao Republicano.

Site do PC do B

Rizzolo: Obama representa um avanço para os democratas, os EUA das minorias aguarda um dia um presidente negro. Os republicanos estão extremamente desgastados com a guerra do Iraque, contudo, numa análise perfunctória, podemos observar que tanto os democratas quanto os republicanos não defendem uma retirada rápida do Iraque, a não ser o exótico John Edwards, com seu jeito meio irreverente.

Obama, disse que pouca gente acreditava que os eleitores realmente participariam em peso do chamado caucus na noite de quinta-feira. Mas muitos jovens compareceram, entre eles independentes e até republicanos, ajudando-o a vencer. “Portanto, na verdade, foi uma vitória do povo de Iowa”, disse Obama a repórteres no vôo de Iowa para New Hampshire. “Acho que é um prenúncio do que vai acontecer em todo o país.” Obama, que pode se tornar o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, bateu Hillary Clinton e o ex-senador John Edwards. Não há dúvida que para começar, é uma ótima notícia para os democratas.

A verdadeira tendência começará a aparecer após a “super terça” no mes de fevereiro, em que vários Estados elegem simultaneamente seus delegados, depois portanto a escolha do Estado de New Hampshire a semana próxima.

Do lado republicano tudo indica Huckabee, de origem inglesa, nascido em Hope, Arkansas, seu pai foi um mecânico e sua mãe escriturária de uma empresa de gás. Fez sua projeção política como evangélico. Enfim, vamos ver no que vai dar! Não gosto de republicanos, e até evito falar sobre eles.

Publicado em Política. Tags: , . Leave a Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: