Turbinados pela popularidade

Muitas vezes comentei neste Blog, sobre a capacidade mágica que o governo e a base aliada têem de manobrar as massas com um discurso afiado, aplaudido e reconhecido pela sua popularidade, ao mesmo tempo em que, separam o devido quinhão aos banqueiros, se tornando desta forma imbatíveis diante de uma parca oposição.

Num rápido desmembrar de acontecimentos, no vácuo deixado pela legitimidade emprestada pela farta popularidade, borbulham fatos que nos deixam perplexos e que sustentados são pela certeza de serem e estarem mais fortes do que aqueles que os acusam. Sem ao menos darmos conta, tomamos ciência num período de 24 horas, que: o presidente encomendou aos deputados a derrubada de um projeto que beneficia algo como 25 milhões de aposentados e pensionistas da Previdência.

E tem mais ainda, o dia não terminou, o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), anunciou o reajuste da verba de gabinete dos deputados. Passou de R$ 50,8 mil para R$ 60 mil mensais, verba extensiva a 513 gabinetes, uma conta de mais de R$ 400.1 milhões por ano destinado ao pagamento dos funcionários não-concursados empregados no gabinete dos deputados, com ajuda, é claro, da oposição, que em questões de remuneração e benefícios a si próprios, aproveitam desse manto de popularidade e se calam.

Não terminou , o dia ainda não findou, não só o governo, os aliados “socialistas” também aproveitam o trem da popularidade para embarcarem no jatinho da ” alegria, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), levou sua sogra a uma viagem oficial de dez dias à Europa, que custou R$ 388.596 apenas com o aluguel de um jatinho. A lista de passageiros e o custo com o aluguel do jatinho foram divulgados só ontem, dois meses depois que a Assembléia encaminhou ao governo um requerimento.

Para arrematar, já à noite na quarta-feira, o Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central, decidiu elevar a Selic (taxa básica de juros) em 0,5 ponto percentual, para 11,75% ao ano, após manter o patamar anterior de 11,25% anuais por cinco reuniões consecutivas, desde setembro de 2007. Aliás, Lula já estava “preparando o terreno”, o presidente havia dito que se a taxa de juros subisse ” um pouquinho” não faria diferença, afirmando depois – para remendar- que só um louco aceitaria um aumento das taxas de juros. E observem que este Blog já havia anunciado esta esbofeteada no Brasil.

Vejam como as coisas ocorrem rápido quando turbinadas são com um bom discurso, com uma aliança com os donos do capital, uma esquerda silenciosa e conivente, e uma oposição enfraquecida. Esse é o Brasil do PT. Do Lula conivente. O que fazer ? Eu também acreditei….

Fernando Rizzolo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: