Chineses exigem da rede de TV CNN desculpa pública por ofensas ao país

A Associação Nacional de Jornalistas da China (ANPCh) exigiu, no sábado, dia 19, que a rede norte-americana de notícias CNN e seu repórter Jack Cafferty peçam desculpas públicas pelas declarações desrespeitosas contra o país e seu governo.

Cafferty disse que os chineses são “basicamente o mesmo grupo de jagunços e brutamontes durante os últimos 50 anos”, no dia 9 de abril, enquanto se realizava o percurso da tocha olímpica na cidade de San Francisco.

Em entrevista à Agência Xinhua, o porta-voz da entidade chinesa afirmou que desde o dia 14 de março, quando foram provocados incidentes na capital do Tibet, Lhasa, alguns meios de comunicação estrangeiros, entre eles a CNN, “difundiram mentiras e armaram fraudes para culpar o governo da China por uma política repressiva que não existe”.

Na semana passada, a CNN emitiu um comunicado dizendo que “não foi intenção do senhor Cafferty, nem da CNN ofender o povo chinês”. Mas, no mesmo documento assinala que Cafferty “sustenta com firmeza” a opinião sobre o governo chinês.

No sábado, milhares de norte-americanos de origem chinesa e chineses residentes nos EUA se manifestaram na frente dos estudos da CNN em Los Angeles em protesto contra as agressões. “CNN, não enganes aos norte-americanos”, “Não à manipulação da mídia”, “CNN mentirosa”, se podia ler nas faixas que enchiam as ruas.

Na China, onde há, segundo a Xinhua, cerca de 240 milhões de internautas, foi lançado um portal web com o endereço http://www.anti-cnn.com em que se denunciam todas as falsificações, mentiras e truques fotográficos aparecidos na mídia ocidental dobre o Tibet.
Hora do Povo

Rizzolo: É o que eu sempre digo, a CNN é emissora tendenciosa e golpista. Não se sabe bem a quem estão a servir, mas eu desconfio. Não é possível que um jornalista estrangeiro emita opiniões tão desrespeitosas desse calibre. O pior, o desrespeito do jornalista se alastra ao ponto de vista étnico, haja vista a manifestação de milhares de norte-americanos de origem chinesa e chineses residentes nos EUA na frente dos estudos da CNN em Los Angeles. O teor das reportagens da emissora, é sempre pontuado por uma visão política republicana. Por sinal estou começando a ficar preocupado com o avanço de Hillary, com certeza isso me faz sentir algo em direção a Mc Cain, muito embora Barak Obama tem uma dianteira de 155 delegados sobre Hillary Clinton, conforme o cálculo do The New York Times, que registra um escore de 1.636 a a.481. A Associated Press dá 1.648 para Obama e 1.537 para Hillary, uma diferença de 111 delegados. Contudo, Barak Obama discordando de Hillary e Maccain, cria sim um ” gap” político e ameaça até o bipartidarismo americano.

Publicado em Política. 1 Comment »

Uma resposta to “Chineses exigem da rede de TV CNN desculpa pública por ofensas ao país”

  1. Mauricio de jesus calisto Says:

    por favor seria possivel um email para que que posso enviar um materia de imtima importacia a rede de televisão cnn.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: