Parada Gay de Jerusalém ocorre sob forte esquema de segurança

Cerca de 2.000 agentes policiais foram mobilizados nesta quinta-feira na cidade de Jerusalém para garantir a segurança dos participantes da Parada do Orgulho Gay, por temor de possíveis protestos violentos da comunidade hebraica ultraortodoxa, que organizou uma contramanifestação.

O evento, que passa pelo centro de Jerusalém e termina em um parque da cidade, teve a participação de cerca de 2.000 pessoas, segundo a rádio pública.

Em um outro local da cidade, perto do bairro ultraortodoxo de Mea Shearim, uma multidão de religiosos se reuniu para protestar, dizendo que a parada é uma “vergonha” e que “Jerusalém não é Sodoma”.

Anteriormente, a parada também havia sido denunciada pelos religiosos muçulmanos e cristãos de Jerusalém, cidade que possui caráter sagrado para os fiéis das três religiões.

O evento anual dos gays israelenses em Jerusalém é sempre acompanhado de fortes polêmicas e de ameaças de violência contra os participantes, diferente de Tel Aviv, onde a participação do público é bem maior e a parada ocorre não somente com tolerância, mas também com um caráter folclórico e de festa.
Folha Online

Rizzolo: A questão do homossexualismo é controversa e polêmica, quem segue a Torah (Antigo Testamento) numa visão mais ortodoxa e seguindo os preceitos bíblicos como eu, não há como aceitar o homossexualismo em suas manifestações de caráter público e carnavalesco.

Espero não ser mal interpretado ou ser taxado de intolerante, sou apenas religioso. A minha restrição às manifestações públicas são de carater religioso e não de racismo ou de intolerância política como na época da Alemanha nazista. Ser gay não está certo ou errado, mas não há necessidade da manifestação explícita nas ruas.

Precisamos trazer valores religiosos às crianças e aos jovens, quem quiser seguir outro caminho, não há nada que impeça, que o siga mas na descrição, não no apregoamento. É uma opinião estritamente pessoal. Só assim – no meu entender – construiremos uma grande nação. Será que só eu tenho coragem de dizer o que penso ?

Uma resposta to “Parada Gay de Jerusalém ocorre sob forte esquema de segurança”

  1. Matheus Padilha Says:

    Eu custo a acreditar que pessoas cultas e bem informadas ainda portem este tipo de concepção a respeito do homossexualismo, ainda mais um judeu que bem sabe que o holocausto seu deu com bases em idéias descriminatórias como estas. Eu me sinto realmente triste com isso.

    Goiânia, 27 de junho de “DOIS MIL E OITO”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: