Delírios conspiratórios : “Quarta Frota americana já tem espiões na Nicarágua”

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, denunciou na última segunda-feira (11), em Manágua, que efetivos da 4.ª Frota da Marinha estadunidense espionam na Nicarágua, amparados sob a fachada de “trabalhos humanitários”.

A denúncia realizada pelo presidente Daniel Ortega não passou despercebida para alguns dos assistentes ao ato pelo 28.º aniversário da Força Naval nicaragüense, realizado na segunda-feira última, data em que chegou ao país o USS Kearsage, um barco de assalto anfíbio multitarefa.

Fontes nicaragüenses, que pediram o anonimato, disseram à Prensa Latina que “se Washington quer enviar missões médicas que o faça em barcos-hospitais e não em um barco de cerca de 225 metros e que é parte do projeto agressivo da 4.ª Frota”.

Ortega foi categórico ao lhe dar as boas-vindas: “vêm em ações humanitárias, mas também em trabalhos de inteligência”, ressaltou.

O navio, que não é a primeira vez que se desloca por países latino-americanos com essa fachada, está classificado como um LHD 3, (Light Helo Deck 3), tem pista de helicópteros ligeiros de assalto e resgate.

Seu desenho permite-lhe levar, receber e acomodar aeronaves de aterrissagem de amortecimento de ar para movimentos rápidos de tropas pela costa e de transporte de helicópteros Harrier II e aviões de decolagem e aterrissagem vertical.

A unidade bélica tem seu porto base em Norfolk, Virgínia e estará na costa atlântica nicaragüense durante 12 dias com mais de 500 pessoas a bordo.

Que faz esta embarcação dotada de tanta técnica militar na Nicarágua?, perguntam-se muitos nicaragüenses.

Suspeitosamente, consideram analistas militares, o USS Kearsarge navegará quatro meses pela América Latina, e depois da Nicarágua, fará escala em outras cinco nações do Caribe, Centro e América do Sul.

Panamá, Colômbia, República Dominicana, Guiana e Trinidad e Tobago, são os outros estados que sentirão a presença intimidatória do navio de guerra antes de voltar a sua base na Virgínia.

Agência Prensa Latina

Rizzolo: Os delírios do presidente Daniel Ortega, como de tantos outros líderes da América Latina em relação a Quarta Frota são tão intensos, que o USS Kearsage, deveria sim em missão humanitária trazer grande quantidade de Prozac e Rivotril para que enfim todos delírios conspiratórios Latino Americanos diminuíssem. Ora, se o presidente Ortega entende que a missão é duvidosa, e que como bem ele colocou suspeita de espionagem, porque deixou adentrar o navio em seu País? Acreditar que os EUA enviariam “espiões disfarçados” num navio deste tipo, chega a ser infantil. É no mínimo contraditório esse discurso. O USS Kearsarge foi inaugurado em 1992 e sua missão é humanitária, teve um papel fundamental na Guerra do Kosovo em 1999 e na Albânia. Conheça o USS Kearsarge em missão humanitária( ciclone) em Bangladesh

Obs. Leitores, agora temos o domínio próprio: http://www.blogdorizzolo.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: