Para jornal “LA Times”, Obama e McCain estão empatados

A diferença entre o democrata Barack Obama e o republicano John McCain em termos de intenções de voto à Presidência dos Estados Unidos é mínima, mostrou uma pesquisa publicada na noite desta terça-feira pelo jornal americano “Los Angeles Times”.

O senador de Illinois tem 45% de intenções de voto, contra 43% para o candidato republicano, o que implica em empate técnico, segundo a sondagem. O fato de Obama ser negro seria o principal motivo para não escolhê-lo como presidente, mencionaram os eleitores que votarão para McCain.

A margem de erro deste estudo é de 3%. Portanto, a diferença entre os dois candidatos é insignificante. Em junho, o mesmo instituto dava a Obama uma vantagem de 12 pontos percentuais sobre McCain.

Obama x McCain

Mais de sete em cada dez eleitores afirmam que os Estados Unidos estão prontos para um presidente negro, mas 17% pensam o contrário, segundo a pesquisa, que mostra que a maioria dos eleitores brancos apóia McCain (47%, contra 36% para Obama).

Além disso, 80% dos eleitores consideram que McCain tem as qualidades necessárias para ser presidente. Ao contrário, 48% dos eleitores pensam que Obama não tem a experiência necessária para o cargo, contra 44% que pensam o contrário.

Da mesma forma, 84% dos eleitores consideram McCain um patriota, enquanto apenas 55% acham o mesmo de Obama.

No entanto, a economia continua sendo a principal preocupação dos eleitores e Obama é considerado mais apto a resolver os problemas econômicos dos EUA por 45% dos eleitores. Apenas 28% acreditam que McCain tem as melhores soluções para resolver a crise econômica do país.

O senador de Illinois também é considerado melhor preparado do que McCain (por 39% dos eleitores contra 32%) para tratar das questões ligados à energia.

A pesquisa foi realizada de 15 a 18 de agosto com 1.375 pessoas.

Folha online

Rizzolo: Costumo dizer que todo povo norte-americano é no fundo um conservador, mesmos os democratas são conservadores na sua essência. Barack Obama, surgiu do novo, do inédito, de ser negro, contudo vale uma reflexão se na hora ” H” mesmo os democratas – uma pequena parte é claro – votará em Obama. Na realidade Obama traz consigo muito discurso e pouca experiência. Observem que este já tem dito que é possível que essa margem nem exista.

Fala-se em empate, ou sugerem no fundo que Obama provavelmente ficará para trás, o voto democrata atual tem um conteúdo rebelde, de insurreição contra o governo Bush. MacCain tenta de toda forma se descolar de Bush e ter até um discurso simpático para América Latina. Se fosse cidadão norte-americano hoje meu voto seria a MacCain, sempre fui democrata, mas sinceramente tenho medo de Obama, existe um contudo populista em seu discurso, depois questões do Oriente Médio….

Ah! Mas o Rizzolo apoiava Obama, como chegou a apoiar Chaves sendo até convidado para ir a Venezuela. Mudou? Ah! Mas o Rizzolo não é de confiança, você nunca sabe qual será a sua próxima apunhalada. Ah! Mas o Rizzolo segue o voto judeu americano, só porque Obama tem alguma coisa de muçulmano, não é?

Pensem o que quiser, tenho a coragem de mudar e não a covardia de ficar ao lado daqueles que morreram e não sabem, a esquerda tem ressentimentos em relação a mim porque os abandonei. Nada contra a esquerda, apenas gosto da democracia e trilhar seu caminho. Será que eles no fundo gostam tanto assim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: