Ano Novo Judaico pára Congresso dos EUA até quinta

WASHINGTON – A Câmara dos Representantes e o Senado dos Estados Unidos estão em recesso hoje e amanhã até o pôr-do-sol, que marca o final do feriado do Ano Novo Judaico, o Rosh Hashaná, de acordo com as sinagogas ortodoxas e conservadoras. Hoje, líderes do Congresso trabalhavam e tentavam desenvolver um plano alternativo ao pacote de ajuda financeira, rejeitado ontem pela Câmara, que seja aceito pelas duas Casas. Entrar em folga no Rosh Hashaná e, uma semana depois, no dia judaico do perdão, o Yom Kippur, é uma prática recente no Congresso dos EUA.

Os primeiros judeus só foram eleitos para a Câmara e para o Senado na década de 1840 e, durante grande parte do século XIX, o Congresso dos EUA se reunia entre dezembro e a primavera (boreal). Como naquela época os congressistas não podiam voltar de maneira rápida para os Estados que representavam, freqüentemente o Congresso se reunia no dia de Natal, 25 de dezembro, de acordo com Donald Ritchie, historiador do Senado.

Mesmo após a mudança do calendário político em 1930, o Congresso norte-americano passou a trabalhar, de uma maneira geral, entre janeiro e a metade do ano, o que não conflitava com os feriados judaicos. O Congresso passou a se reunir também após a metade do ano quando os jatos comerciais entraram em operação, na década de 1960, e permitiram aos congressistas da Costa Oeste do país voltarem mais rápido para casa.

Logo depois, os recessos fixos, que acontecem perto dos feriados religiosos e nacionais, ficaram mais freqüentes. Ritchie afirmou que durante suas três décadas no Senado, observou que alguns líderes tentaram fazer os congressistas trabalharem no Natal e em outros feriados, embora sem sucesso. Atualmente, o Congresso dos EUA tem 13 parlamentares judeus no Senado, que conta com cem cadeiras, e 29 parlamentares na Câmara dos Representantes, que tem 435 cadeiras.
Agência Estado

Rizzolo: Da forma em que está a economia americana, quanto mais feirado melhor, se depender dos feriados judaicos ainda temos o Yom Kipur dia 8. Observem que do ponto de vista de representatividade política os judeus são poucos nos EUA, mas bem maior do que no Brasil onde a maioria dos judeus que se candidatam demonstram timidamente sua origem judaica.

Na realidade existe um componente político em não aprovar o socorro à economia americana; os aproveitadores alegam que o contribuinte não poderia arcar com o prejuízo, mas esquecem que se os bancos quebram, quebram também os correntistas, os investidores, e por tabela os funcionários do banco.

A verdade é que não há saída, e não adianta culpar ” os países ricos, ou os banqueiros exploradores”, como faz Chavez e Lula, o regime capitalista americano é na sua essência não intervencionista, o que de certa forma é um erro, há que se ter um mínimo de regulação financeira.

Contudo exorcizar de vez o liberalismo da economia americana, visando ter um discurso popular e um ” ganho secundário, é de feitio daqueles que gostam de fazê-lo ao som de Mercedes Sosa, ou no saudosismo das músicas de Geraldo Vandré. Que coisa antiga, hein! Eles devem estar falando: ” Foi só acabar o feriado judaico, para esse judeu volta a atormentar! ( risos..)

Obrigado pelos emails de Shaná Tová !!!! Recebi um email de um petista me perguntado, porque eu havia voltado mais cedo da sinagoga. E eu respondi: Sentiram falta ?

Publicado em últimas notícias, Brasil, cotidiano, cultura, economia, Judaismo, mundo, News, notícias, Política, política internacional, Religião e Reflexões Espirituais. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Leave a Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: