Serra comemora pesquisa e diz que resultado é “fotografia do momento”

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), comemorou nesta segunda-feira o resultado da pesquisa Datafolha divulgada hoje que indica o tucano na liderança para a eleição presidencial de 2010.

“É bom estar na frente numa pesquisa, mas tenho presente que faltam dois anos para a eleição e que pesquisa é uma fotografia do momento. Estar bem na foto não é ruim, evidentemente que me agrada”, disse o tucano.

Serra lidera a pesquisa com taxas que variam de 36% a 47%, conforme o cenário. O segundo colocado, deputado Ciro Gomes (PSB), caiu de cinco a seis pontos, enquanto a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), subiu cinco pontos e varia hoje de 7% a 12%. A ex-senadora Heloísa Helena (PSOL) manteve-se estável.

No cenário em que Serra é o nome do PSDB, o tucano subiu de 38% para 41%, enquanto Ciro caiu de 20% para 15%. Heloísa Helena manteve seus 14%, e Dilma subiu de 3% para 8%.

“Eu não fiz nada para chegar nesse patamar, nem estou preocupado em como me manter. Minha preocupação é trabalhar aqui em São Paulo, é me desempenhar o melhor possível como governador para corresponder às expectativas da eleição. Eu tive quase 60% dos votos no primeiro turno, é uma responsabilidade enorme”, afirmou Serra.

O tucano disse ainda que não estar preocupado com articulações nacionais. “A todo momento ficam me pondo nessas coisas. Tem eleição no Senado, aí vem o pessoal e diz que estou por trás, mas isso é uma tendência natural. Tem fatos até que eu ignoro e fico sabendo pela imprensa que eu que estou articulando.”

O governador lançou hoje, no Palácio dos Bandeirantes, a Investe São Paulo, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, para atrair novos investimentos e expandir empresas já instaladas no Estado.

Folha online

Rizzolo: O governador paulista José Serra (PSDB) reforçou sua condição de candidato favorito à sucessão presidencial em 2010 após as eleições municipais nas quais reelegeu Gilberto Kassab prefeito de São Paulo, consolidando sua aliança com o DEM, a menos de dois anos da eleição, Serra lidera com taxas que variam de 36% a 47%, conforme o cenário, e isso é muito bom para o PSDB.

Contudo o PT já fala em ” despejar” a culpa pela atual crise no ” neoliberalismo”, ou seja, no PSDB e no DEM, dizem que vão bater forte com este argumento para neutralizar o discurso conservador. O que é uma bobagem, porque a crise se deu em âmbito internacional, e relacionar a questão dos derivativos tóxicos com PSDB e DEM quem acabará se intoxicando é o próprio PT.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: