Iochpe confirma demissão de 1.100 na divisão ferroviária

O diretor de Finanças e de Relações com Investidores da Iochpe Maxion, Oscar Becker, confirmou hoje que a empresa iniciou um processo de ajustes no quadro de pessoal que deverá demitir 1,1 mil funcionários da divisão de vagões ferroviários, que tem atualmente 4 mil empregados. Considerando a divisão de produtos automotivos, a companhia emprega cerca de 10 mil funcionários. Segundo o executivo, a empresa, que tem capacidade para produzir 10 mil vagões por ano, concedeu férias coletivas de 30 dias para os funcionários em meados de dezembro para adequar a produção à redução do mercado brasileiro, onde os principais clientes são a Vale, MRS e ALL. A companhia encerrou 2008 com 4.615 entregas realizadas e mantém em carteira pedidos para 446 vagões para 2009. “Esperamos que até o final de março já possamos ter uma visão melhor de como deverá ficar esse mercado neste ano”, disse.

Agência Estado

Rizzolo: A Iochpe-Maxion afirma que motivo é a crise que afeta o setor siderúrgico. Segundo a empresa, a situação será muito ruim, com uma queda estimada na produção de 60%. A Iochpe-Maxion produz vagões comerciais do Brasil e seus principais clientes são a Vale e as empresas de siderurgia, que estão enfrentando queda forte de produção. Isso vem de encontro aos prognósticos, na verdade a produção industrial em novembro, divulgada ontem pelo IBGE, foi de 5,2%. O número de outubro foi revisto e, por isso, a queda em dois meses foi de 7,8%: uma queda do mesmo tamanho da que aconteceu em nove meses no ano de 2003. Vai mal não é ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: