Itália convoca embaixador no Brasil de volta após caso Battisti

GENEBRA – A crise entre Brasil e a Itália se agravou nesta terça-feira, 27. O governo italiano anunciou que está convocando de volta a Roma o seu embaixador em Brasília, Michele Valensise, diante da decisão do Brasil de dar status de refugiado político ao ex-ativista de extrema-esquerda Cesare Battisti.

O Ministério das Relações Exteriores italiano explicou que não se trata de uma retirada definitiva de seu embaixador do Brasil. “Estamos tomando a decisão política de chamar para consultas o nosso embaixador em Brasília”, explicou a assessoria de imprensa da Chancelaria italiana.

O objetivo é o de demonstrar o desagrado da Itália em relação à decisão do governo brasileiro. A convocação do embaixador é um sinal de que o caso está tendo repercussão política importante na Itália e que o país ainda avalia medidas a serem tomadas.

O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, encaminhou na segunda-feira, 26, um parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) opinando que deve ser extinto o processo de extradição de Battisti, condenado em seu país à prisão perpétua em processos nos quais foi acusado de envolvimento com assassinatos.

De acordo com o procurador, o pedido do governo italiano para que Battisti seja entregue pelo governo brasileiro deve ser arquivado porque o ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu-lhe status de refugiado e o STF já concluiu que esse benefício impede o prosseguimento de extradições.

agência estado

Rizzolo: Não vou entrar no mérito da questão, isso realmente trouxe um grande conflito entre os dois países. Na verdade, foi uma decisão política ideológica capitaneada pelo ministro da justiça Tarso Genro, a decisão dispensa maiores explicações; um desatre. O que me deixa indignado, é a postura daqueles que possuem a cidadania italiana mas que nem sequer assumem uma postura em defesa dos interesses italianos; nem comentar comentam, não se mobilizam, não opinam, nada, absolutamente nada. Lutaram, enfrentaram filas, para obter a cidadania italiana apenas por capricho, e pelo fato de não terem que obter visto americano.

A Itália deveria cobrar de seus cidadãos brasileiros com cidadania italiana um posicionamento, nem que fosse a favor ou contra. Aliás no mundo inteiro os italianos são assim, aqui em São Paulo, onde se encontra a maior comunidade, nem Hospital da comunidade possuem. Se fosse isso com a comunidade judaica …

Uma resposta to “Itália convoca embaixador no Brasil de volta após caso Battisti”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: