Família britânica diz ser “muito gorda” para trabalhar e pede maior auxílio do governo

Uma família britânica argumenta ser “muito gorda” para trabalhar e reclama que o benefício de 22 mil libras (R$ 70.600) não é o suficiente para sobreviverem. Segundo reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal “Daily Telegraph”, Philip Chawner, 53, e Audrey, 57, pesam 152 quilos cada e suas filhas Emma, 19, e Samantha, 21, pesam 107 e 114 quilos respectivamente.

A família Chawner, que não trabalha há 11 anos, afirma que seu peso é uma questão hereditária e que o dinheiro que recebem do governo é insuficiente. “O que recebemos mal cobre as contas e põe comida na nossa mesa. Não é nossa culpa que não possamos trabalhar. Nós merecemos mais”, disse Philip, citado pelo jornal.

A família argumenta que seus gastos giram em torno de 50 libras (R$ 160,70) por semana com comida e que cada um consome cerca de 3.000 calorias diárias. O recomendado pelos médicos está em torno de 2.000 calorias para mulheres e 2.500 para homens.

“Nós comemos cereal no café da manhã, bacon no almoço torta de micro-ondas na janta”, contou Audrey, à revista “Closer”. “Toda a comida saudável, como fruta e vegetais, é muito cara. Nós somos gordos porque está em nossos genes. Toda nossa família tem sobre peso”, acrescentou.

Toda semana, o casal Chawner recebe 177 libras (R$ 568) de auxílio em renda e benefício por incapacidade. Audrey recebe ainda 330 libras extras (R$ 1.059) por incapacidade por ter epilepsia e asma.

A filha também tem justificativa: “Eu sou uma estudante e não tenho tempo para me exercitar”. “Nós queremos perder peso para acabar com os abusos que ouvimos nas ruas, mas não sabemos como”.

Folha online

Rizzolo: Observem que a carga tributária na Inglaterra, um País que o Estado proporciona muitos benefícios e que nem mais precisaria da intervenção estatal é de 37,4%, já no Brasil é de 36.08%. Portanto menor que da Inglaterra , Itália, França, Bélgica, e Dinamarca.

Por circunstâncias da presença estatal, e da preocupação do Estado com o bem-estar da população, é que temos notícias como esta, que aos olhos daqueles que querem o ” Estado Mínimo” no lucro e a presença maciça do Estado quando surge uma crise financeira, assusta os incautos.

A grande verdade é que há de se encontrar um meio-termo entre a iniciativa privada e o Estado. No Brasil o Estado não proporciona nada e o pouco de arrecadação em relação às demandas, é combatido por aqueles que querem sim um Estado subsidiando seus negócios como o fim do IPI para alguns segmentos, ao mesmo tempo em que gritam contra a carga tributária, que “entendem alta”.

Uma resposta to “Família britânica diz ser “muito gorda” para trabalhar e pede maior auxílio do governo”

  1. Maria Fernandes Says:

    Estou aproveitando a visita para divulgar a ação social na web: STOP TB contra a tuberculose. Dia 24 de março é o dia mundial.

    O Banco de Saúde está promovendo uma blogagem coletiva sobre o tema:
    http://www.bancodesaude.com.br/tuberculose/90719032009-stop-tb-voce-pode-parar-tuberculose

    Se achar que pode ser interessante para seus visitantes, nos ajude a divulgar!

    Um abraço


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: