Ministra Dilma Rousseff confirma que retirou um linfoma, mas manterá rotina normal de trabalho

A ministra da Casa Civil Dilma Rousseff confirmou a retirada de um linfoma – câncer no sistema linfático – da axila esquerda. Em entrevista coletiva concedida nesta tarde no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, a ministra afirmou que o linfoma não se espalhou pelo corpo, mas que terá de se submeter à quimoterapia.

“Como qualquer pessoa, fazer quimioterapia é algo desagradável. Mas, vou ter um processo de superação desta doença”, afirmou a ministra.

De acordo com a oncologista Yana Novis, Dilma terá de fazer quimioterapia por quatro meses, a cada três semanas.

A ministra está confiante em uma recuperação plena. Dilma disse que não deverá alterar o ritmo de trabalho. “Este será mais um fator para impulsionar meu trabalho”, afirmou.

O linfoma, que é um tumor malígno no gânglio linfático, tinha 2 centímetros e foi detectado no estágio inicial, durante um exame de rotina há 30 dias.

A equipe médica afirmou que as chances de cura são de mais de 90% e que, após o tratamento, a ministra deverá apenas realizar exames periódicos.

Dilma colocou um cateter chamado “porth cath” de longa permanência que facilita o tratamento quimioterápico e o uso de medicamentos.

Candidatura

Novamente questionada sobre uma possível candidatura à presidência em 2010, Dilma voltou a dizer que não confirma a participação “nem amarrada”. A ministra é pré-candidata pelo PT e tem o apoio do presidente Lula.

Folha Online

Rizzolo: É uma triste notícia para todos nós independentemente de posição política. O linfoma é uma doença problemática, que a Claudia Bonfiglioli, presidente da Cada Hope, conhece melhor do que ninguém do ponto de vista social, e de recuperação, pois atinge a maioria das crianças carentes da Hope, vindas do Brasil inteiro e do exterior, para tratamento em São Paulo no Hopsital das Clinicas e no AC Camargo.

Por estar em contato com a Casa Hope, conheço o sofrimento imposto pela doença, quer em adultos ou em crianças. Neste momento não há espaço para posturas políticas ou ideológicas, e nos resta torcer pela recuperação da ministra. É isso aí.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: