Fatiar investigação da CPI da Petrobras é nova ofensiva do PSDB

SÃO PAULO – Com as principais vagas da CPI da Petrobras preenchidas por governistas, o PSDB articula pedir a atuação do Ministério Público e da Polícia Federal na apuração das denúncias que serão alvo da comissão no Senado, numa espécie de investigação “paralela”.

A informação foi dada ao estadao.com.br pelo tucano Álvaro Dias (PR), autor do requerimento que pediu a instalação da comissão . “Ontem (terça-feira) na reunião de bancada pedi que a cada denúncia relevante levantada na comissão façamos uma representação encaminhada ao MP, com base em indícios. Faremos isso de uma forma fatiada, na medida em que todo processo é lento”, disse.

A comissão vai apurar, entre outras denúncias, a suposta manobra contábil que levou a empresa ao não pagamento de cerca de R$ 4 bilhões em tributos federais.

Confira os principais trechos da entrevista:

O PSDB vai investir em uma investigação paralela da CPI da Petrobras?

Sim. Ontem, na reunião da bancada, sugeri que cada denúncia relevante que aparecesse na CPI, durante a investigação, fosse encaminhada ao Ministério Público pelo partido. Iremos ao MP, encaminharemos uma representação.

Mas só a CPI não é suficiente?

Veja, com a maioria governista (a base tem direito a 8 das 11 vagas da comissão). Teremos dificuldades com alguns pedidos, como quebra de sigilo e coisas do gênero. Então encaminharemos as denúncias, uma a uma, para que tenhamos cumprido nosso dever.

Como as denúncias serão encaminhadas?

Faremos isso de forma fatiada, na medida em que todo processo é lento (na CPI). Cada caso é um caso. Ganharemos tempo se encaminharmos caso a caso, o MP terá mais tempo para pedir ao Judiciário quebra de sigilo quando acharmos necessário nas denúncias. Convocamos o MP a atuar, assim como convocamos também a Polícia Federal, já que o MP sempre atua como aliado do órgão, são parceiros.

O senhor apontou a velocidade nas investigações como um dos motivos para a investigação paralela. Acredita numa atuação superficial da comissão?

Veja, queremos aprofundar a investigação. Não faremos um cronograma pré-definido. As denúncias vão aparecendo e vamos encaminhar para aprofundar antes de denunciar- se achar necessário- ao Judiciário. Vamos aguardar.

agência estado

Rizzolo: Com efeito a proposta do PSDB do ponto de vista estratégico e jurídico é perfeita. Ao encaminhar as denúncias relevantes ao Ministério Público a CPI terá um suporte investigativo maior. Já em relação à Polícia Federal nem precisava ser convocada vez que a pedido dos representantes do “parquet” ( Ministério Público) a polícia judiciária federal faria as devidas diligências. Boa medida esta, boa ofensiva. É claro que existe um componente político nesta CPI, por outro lado existem denúncias graves e que passam pela obrigatoriedade das investigações, doe a que doer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: