Fim do fator previdenciário terá Audiência Pública nesta sexta (10/07)

O deputado federal Pepe Vargas (PT/RS) participa, no dia 10 de julho, às 19h, de audiência pública na Associação do Comércio e Indústria de Nova Petrópolis, sobre fator previdenciário. Relator do projeto que cria um substitutivo ao fator previdenciário (PL 3299/08), o parlamentar busca construir uma proposta que beneficie o trabalhador na hora de se aposentar. A audiência é uma proposição da vereadora Simone Michaelsen (PMDB).

Pepe Vargas foi designado relator do projeto no mês de novembro de 2008, e desde então tem colhido impressões dos diversos segmentos da sociedade, participado de audiências, e conversado com o Governo sobre uma alternativa viável que melhore as condições do trabalhador, sem prejudicar o equilíbrio das contas da previdência.

Segundo “A Tribuna On-Line”, o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que foi relator do projeto para restituição gradual das perdas dos aposentados e pensionistas, disse que o Governo marcou uma reunião terça-feira em Brasília, para discutir um acordo.

“Ainda não sabemos, de fato, quais são as intenções do Executivo. Mas após essa conversa, ele terá de apresentar uma proposta até 15 de agosto”. Com base nos acontecimentos das últimas semanas, o parlamentar acredita que o Governo pretende negociar um reajuste da aposentadoria bem maior do que o usual em troca de votos pela manutenção do fator previdenciário, que, a partir disso, ganharia uma nova base de cálculo.

rede notícia

Rizzolo: A cada dia que aparece uma nova notícia sobre o fim do fator previdenciário, mais fica patente a intenção do governo de passar pra trás os interesses dos aposentados. Imagine o que existe de dissimulação na frase acima do texto da notícia ” uma alternativa viável que melhore as condições do trabalhador, sem prejudicar o equilíbrio das contas da previdência”. “ É impressionante o desprezo do governo para com os aposentados, que quando não tira proveito da discussão com fins eleitoreiros, propõe sempre algo que “troque “ seis por meia -dúzia” e sempre faz menção de forma tendenciosa, ao tal ” equilíbrio das contas da previdência “.

Outra frase: “Negociar um reajuste da aposentadoria bem maior do que o usual em troca de votos pela manutenção do fator previdenciário”. Essa então é algo que chega a ser repugnante em vista aos milhões que aguardam o fim deste perverso fator. Isso é PT no governo, um discurso de mentira apenas para privilegiar os ” companheiros” do MST, dos sindicatos, dos amigos do Senado; e do outro lado a clara intenção de ludibriar os pobres aposentados, com reuniões infindáveis com o clara finalidade de ” convencer segmentos” a manter o fator de forma disfarçada, trabalhando sempre contra os interesses dos pobres aposentados. Sinceramente uma vergonha, uma afronta tão reprovável quanto a defesa por parte do governo daqueles que se refestelam no Congresso. Ah! Mas para manter o poder de tudo eles fazem. Pobres aposentados do Brasil. A mim esses ” reis dos atos secretos” não me enganam. Participem do Twitter do Rizzolo

Publicado em últimas notícias, Blog do Rizzolo, corrupção, cotidiano, Crise do Senado e Sarney, crise moral atinge o Senado, economia, Fator Previdenciario Camara faz corpo mole, Fator Previdenciario e o corpo mole, fator previdenciário, fator previdenciário audiência em 10 de julho, fator previdenciário deve ser apreciado com urgência, Fator previdenciário e os sindicalistas, FHC e o fator previdenciário, geral, idosa morre por falta de atendimento, idosos na rede, idosos no Brasil, Lula defende Sarney, News, notícias, OAB pede fim do fator previdenciário, Paim e o fator previdenciário, Política, Previdência Social, Principal, projeto Paulo Paim, Senador Paulo Paim, www.fimdofatorprevidenciario.com.br. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . 24 Comments »

24 Respostas to “Fim do fator previdenciário terá Audiência Pública nesta sexta (10/07)”

  1. jose ferreira Says:

    O POVO BRASILEIRO TEM QUE TER MAIS CONCIENCIA NA ORA DE VOTAR, NÃO PODEMOS MAIS REELEGER ESSES POLICITCOS, POIS JA VEM HA ANOS NÓS PASSANDO A PERNA, O APOSENTADO SÓ TEM VALOR NAS ELEIÇÕES FORA DISSE ELES PODEM MORRER DE FOME QUE O CONGRESSO NÃO TA NEM AI.

  2. Luis Cláudio Says:

    Eles nunca me enganaram, mas as eleições vem aí. Derrubamos o PSDB lembram? Se nos sacanearem, derrubamos o PT salvando a cara tão somente do senador Paim e quem ele indicar, derrubando também o tal de Pepe Vargas. Fui……………………………….

  3. Sergio Soares Says:

    Vamos ficar de olho para saber quais politicos que estão contra nós e caça-los nas urnas

  4. pedro braz brandi Says:

    Cidadãos, vêm nos dizer que a previdência social dá prejuízo? Pura mentira!!!!!Há um superávit enorme, porém, para pagar aposentadoria dos aposentados rurais, que nunca contribuiram e outras gracinhas mais que faz o Lula, ai sim, tem que dar prejuízo mesmo. Não sou contra que o pessoal do campo receba sua aposentadoria, mas que não seja jogada a culpa na previdência, pois nós pagamos a anos contribuindo e agora nada. As aposentadorias rurais deveriam na verdade serem vistas como uma assistência social. Queria ir para as ruas lutar contra isso, mas vou esperar as eleições e mostrar para essa corja de ladrões que posso e consigo mudar esse País. Eque não queiram me enganar esses tais de PMDB, PSDB, PT e outros mais; de tanto tomar na cara acho que agora fiquei mais esperto.

  5. pedro braz brandi Says:

    Pepe, vê se cria vergonha nessa cara, 95 e 85?, o Lula te adoooooora!!!!!!!

  6. Jorge Luiz Says:

    Prezados companheiros aposentados, não basta lutar apenas pelo fim deste diabólico fator, mas também pelo recálculo das aposentadorias concedidas com base nesta VERGONHA, pois nós trabalhadores e aposentados é que criamos a riqueza de nosso País, e lamentavelmente vemos todo o nosso esforço ir embora por conta de roubos, falcatruas, acordos, concessões obscuras, etc…, etc…,etc…
    VAMOS EXIGIR NOSSOS DIREITOS – SE O POVO SOUBESSE A FORÇA QUE TEM, NÃO HAVERIA TANTA SACANAGEM.

  7. tarcicio Says:

    agosto de que ano 2010,2011,2012,2013,2014,2015?????
    creim vergonha

  8. vera sampaio Says:

    estou cada dia mais decepcionada com estes gorvernantes ,continua mudando a data de votar,nos projetos sobre o fator previdenciário e o aumento dos aposentados,pepe,para de ficar dando jeitinho para o sr. lula,asa eleiçois vem ai temos que mudar esta corja.

  9. Otalino José de Farias Says:

    Como um aposentado quase sem esperança, vejo como estivesse pisando em solo minado. Confiar em quem? PSDB, PT, PMDB, sei lá em quem acreditar. Parecem uns partidos que não tem mais credibilidade. Vejam um tempo não muito distante, logo após as diretas já, eraam tantos políticos se fazendo de anjo, diziam que não subiriam em palanques de corruptos, era partidos criados com a dicidências de outros, era gente contra o projeto de reeleição, bastou subir no poder para fazer o projeto de reeleição ser aprovado a toques de latas (fhc). Há gente que não queria nem ouvir falar a palavra pmdb, hoje parece que o pmdb é quem dá sustentação ao seu govêrno, ocupando os ministérios mais importantes e estratégicos do Brasil. É tanto macaco pulando de galho em galho que resolveram desmatar o Brasil. Macaco de hoje em diante vai ter que andar pelo chão por falta de galhos. Mas nós os brasileiros já tomamos muitas chicotadas e não apredemos. O sr. fhc já teve a coragem de dizer que foi o mentor do plano real, como se eu não soubesse quem foi o idealizador do referido plano. Posso dizer que realmente quem era ministro da fazenda era o sr. fhc. Mais li numa revista de alta cirlulação que, um jovem funcionário público federal, amigo particular do Sr. Presidente da República ITAMAR FRANCO, numa confraterinação de aniversário de alguém em Brasilia, sentados a mesma mesa. Falou, Sr. presidente Itamar Franco, eu tenho uma idéia para acabar com essa infração tão grande que parece interminável. O Sr. Presidente Itamar Franco, interessou pelo assunto e falou, fala meu caro amigo sobre a sua sugestão. O moço começou, é preciso criar uma referência provisória, por um determinado tempo, para chegarmos ao real. O Sr. Presidente da República Itamar Franco, convidou alguns amigos conhecedores de Economia e apresentou a idéia, foi criada uma Comissão de Estudos Financeiros sobre o assunto. A referida comissão de Assuntos Financeiros, viram que a idéia tinha fundamento. Com isso foi criada a moeda provisória e transitória, chamada URV (unidade real de valores). A moeda provisória, teve a duração de alguns meses ou seja março, abril, maio e junho de 1.994, sendo transformada em Real no dia 02/07/1.994. O Sr. FHC, na condição de ministro da fazenda, estava viajando como sempre gostou de fazer, quando chegou no Brasil de volta, a criança chamada REAL, estava para nascer. Passado alguns tempos quando êle viu que povo estava contente com a nova moeda, passou a dizer que a criança era dele. Quando candidatou-se a reeleição, foi vencedor por causa do REAL. O outro candidato adversário, Sr. Lula querendo na época fazer coro eleitoral, falou que ia acabar com plano Real, caiu de uma tão contundente que, até hoje esta arrependido do que falou. Por isso sabemos que o eleitor atento não leva botinada para casa, revida mesmo. Cuidado que, com o Fator Previdenciário não extinguido, pode provocar uma diferença considerável. Não se trata de ameaça, mais sim de um alerta.

  10. Luciane A. Vieira Says:

    Professor Rizzolo: um ótimo domingo!
    Descobri seu blog por acaso e gostei muito de sua objetividade.
    Me interessei, particularmente, por seus artigos sobre o FATOR PREVIDENCIÁRIO.
    Sou aposentada por invalidez e desde que fui obrigada a isto (sou portadora de uma CARDIOPATIA GRAVE, conforme atestado pelos peritos do INSS e por minha médica assistente), vejo, a cada ano, meu salário faltar sempre mais para a compra dos remédios necessários à garantia de minha vida, pois o preço da medicação caminha desproporcional ao valor dado como esmola a nós, aposentados, e as medicações que tenho que tomar não são fornecidas pelo SUS (nosso salário costuma subir de 4 a 5%, enquanto a medicação, no decorrer do ano, sobre na faixa de 25 a 30% – às vezes até mais que isto). Agrava-se ainda mais por sermos eu e minha mãe (que é pensionista do INSS com um salário irrisório) a necessitarmos de medicamentos para tentar evitar a morte precocemente.
    Existe uma farra de reuniões infrutíferas deixando-nos com os nervos à flor da pele (aos aposentados de profissões não relacionadas à política corrupta de nosso Brasil) cada vez mais perto da miséria real… Persistirá ainda por muito mais tempo esta nossa vergonha política?
    Estou farta deste Brasil onde tenho deveres a cumprir mas onde nenhum de meus direitos são respeitados…
    Muitas vezes me pergunto se vale a pena continuar a viver. Só persisto na vida porque acredito ainda na caixinha de Pandora se abrindo em algum lugar ainda durante minha existência.
    É triste perceber a diferença entre o discurso demagógico de um charlatão e a realidade aplicada por ele a todo um país.
    Pior ainda é ver como se curva diante da corrupção todo um povo tolo e fútil (com menos de 1% de exceção…)
    Tenho vergonha de bradar aos cantos ser aposentada quando perguntam-me pela profissão…
    Tenho vergonha de ser uma incapaz…
    Mas tenho mais vergonha ainda de me dizer eleitora num país onde quem realmente precisa está esquecido dos legisladores escolhidos com votos como o meu e de minha mãe.
    Desculpe-me pelo desabafo, mas creio ter me feito entender.
    Fique com Deus.
    Continue a defender-nos, pelo menos através de suas palavras denunciantes da corrupção e falta de vontade destes mesmos políticos errantes e degradados pelo mau cheiro do poder. Esquecem-se, eles, com certeza, de quando estiveram na mesma situação dos cidadãos pobres.
    Engraçado…
    Lutou-se tanto contra o militarismo, mas na época deles meu pai conseguiu criar 4 filhos ganhando 2 salários mínimos e trabalhando com honestidade, comprar um terreno e construir uma casa pagando-a em 24 meses.
    Hoje, juntando meu salário e o de mamãe não conseguiríamos financiar sequer um quarto e sala para escapar de um aluguel… e dizem que a pobreza no Brasil diminuiu…
    Quem diz isto não passa de uma cambada de mentirosos degradados pelo meio podre da política…
    Sempre penso nos políticos rindo de nós, debochando de nossas necessidades e realidades…
    Vou parar por aqui.
    Fique com Deus.
    Luciane.

  11. chico nunes Says:

    esperemos as eleições para êles verem que brasileiro que esquece rápido é coisa do passado. chico nunes

  12. Regina Fernandes Says:

    Professor Rizzolo, bom dia!
    Tenho lido muito sobre o ator previdenciario é uma injustiça com o trabalhador que ajudou o pais a crescer e pagar os salarios dos politicos… O congresso tem que ser justo com o povo que elejeu, vejo que tem que ser reparada tal insjustiça de anos,… como fazer a revisão dos atuais aposentados que foi prejudicado pelo fator previdenciario, afinal contribuir 30 ou 35 anos ao INSS foi cumprindo. A maioria quando começou a pagar tinha como alvo de conquistar a sonhada aposentadoria aí no meio do caminho os politicos vem mudando as leis… tem que ter idade minima, etc., ora foi um contrato assumido pela duas partes trabalhador e INSS, em um contrato normal existe multas quando uma das partes quebra as clausulas, então nada mais justo que reparar as perdas com o fator previdenciario para quem aposentou e ara quem irá aposentar.

  13. Otalino José de Farias Says:

    Espero que todas as intuições positivas dos aposentados e pensionistas, tenham um resultado favorável, segundo a vontade de Deus nosso justo intersessor. Ha o ditado de quem não chora não mama, vamos persistir até que o resultado venha. Nesse puxa, puxa, até parece um cabo de guerra, até que, os que perdem ficam caidos na grama. Nós os aposentados e pensionistas, contamos com um contigente maior dos interessados por um bom resultado. Os políticos que ignoram os nossos direitos constituidos, nem parece que tem idosos nas suas famílias. Idosos esses que construiram uma família, ajudou no progresso de sua cidade, seu estado e o Brasil. Com isso contribuiu com a melhoria de vida de toda sociedade brasileira. Acorda Sr. Presidente Lula, ainda há tempo para devolver aos aposentados e pensionista o que de fato, lhes pertence que é a contribuição retida na previdência. Quem contribuiu deve ter o seu saldo positivo como segurado. O que não é justo, é aplicar o recurso financeiro contribuido com seguridade, para dizer a previdência é deficitária. Onde está essa dinheirama. Um abraço e até breve.

  14. João Vieira Torres Says:

    Caro Rizzolo.
    Agradeço pelo seu trabalho em favor dos aposentados e dos que irão se aposentar. O fator previdenciário, foi um terrível legado que o Fernando Henrrique nos deixou. Faço votos que ele não mais participe de liderança nenhuma em qualquer atividade política. Quanto ao Lula, votei nele nas eleições passadas, mas jamais terá meu voto ou qualquer candidato seu. É uma vergonha as intensões do ex-companheiro Lula em relação aos aposentados. Seus propósitos são somente expeculações eleitoreiras. Quero também dizer ao Pepe Vargas que seja mais objetivo em seu trabalho.

    Abraços,

    João

  15. Otalino José de Farias Says:

    O Ministro da Previdência diz se, o Fator Previdenciário deixar de existir, o Ministério da Previdência entra em déficte. No meu ponto de vista isto não vai acontecer, pois o recolhimento previdenciário continuirá com resultados em superávit. È o mesmo que aconteceu com a CPMF, para ver foi preciso acontecer. O govêrno não queria e quando terminou a fase da CPMF, todos viram que o resultado não foi negativo. É lógico, com o fim do Fator Previdenciário a única coisa que vai acontecer, é a devolução da defasagem efetuada indevidamente, para os aposentados e pensionistas. Devolver o que é de direito, a quem de direito é um dever da Previdência. Ninguem está querendo receber algo que não lhe pertence. QUEREMOS O QUE NOSSO E QUE, FOI NOS TIRADO INDEVIDAMENTE. Um abraço.

  16. VILSON HU,BERTO RIBEIRO CORRÊA Says:

    Infelizmente não podemos confiar em políticos, parece-me que quem prima pela honestidade e o bem comum não envolve-se com essa política sem-vergonha, sem princípíos e sem ética. Presidente apoia Senador corrupto, Conselho de ética do Senado Federal é piada de mau gosto, ex-casados e ex-descompatibilizados para não serem cassados, pregam moral e pertencem à Direção de Casas tão importantes no país, que existem para defender Democracia, direitos dos cidadãos, imparcialidade e o bem comum. Infewlizmente nosso país, politicamente é um caos e, muito pouco ou quase nada pode se esperar da Justiça. Na verdade a atual politica previdenciária, no que diz respeito aos aposentados, obejtiva criar um país de miseráveis cada vez mais dependentes deste governos sem escrupulos, sem caráter, sem ética e sem moral que estamos vivenciando neste momento. A sonegação de impostos corre solta, por conta de incentivos fiscais oportunizaram sonegação de milhões, patrocinados por empresas que se intitulam com a atividade de “consultorias e planejamento fiscais”, mas que na verdade profissionalizaram a sonegação de impostos com a tranquilidade de não serem admoestadas pela Fiscalização Federal – alíquota zero do PIS e da COFINS para o arroz beneficiado, por exemplo, praticada por cerealistas que ainda se utilizam do ´”princípio da não cumulatividade” para creditarem-se do imposto, gerarem créditos e compensarem com débitos de outros tributos federais, estas deformações não são detedatas pelo Governo Federal, mais a espoliação aos aposentados não abrem mão. Só nos resta amaldiçoar os politicos que defendem a idéia da espoliação e massacre aos aposentados que tem sido instrumento desse governo. Reajusta o SM em termos reais e os aposentados e trabalhadores recebem percentuas menores, cuja consequencia é a diminuação do poder de compra, queda de arrecadação, mas muitos votos daqueles que recebem benefícios sem nunca ter contribuido e dos que justamente recebem a “bolsa família”, esta flagrante instrumento de compra de votos, reajustadas em níveis bem acima. ABAIXO O GOVERNO MENTIROSO E SUJO DO PT. BRASILEIROS UNAMO-NOS NESSA LUTA, POIS A APOSENTADORIA É O FUTURO DE TODOS. OS APOSENTADOS ESTÃO ROUBADOS, PREJUDICADOS EM SEUS DIREITOS E LEVADOS À MISERABILIDADE, ENTRETANTO, AS VERBAS PÚBLICAS ESTÃO SENDO USADAS POR UM PISCOPATA QUE AS CUSTAS DO SACRÍFICIO DE CIDADÃOS BUSCA PROJEÇÃO INTERNACIONAL: RECONHECIMENTO DA ESPERTEZA, DA MEDIOCRIDADE E FANFARRONICE. VIVEMOS À MERCÊ DE UMA QUADRILHA.

  17. vilmar dias gonçalves filho Says:

    vamos gente desta vez não tem como nos pedir esta vitória no congresso,fim do fator previdenciário já e se tiver ue colocar idade que se coloca 53 anos é muito simples agrada a DEUS e ao DIABO OK.vilmar dias gonçalves filho de volta redonda est do rj. 09/08/2009.

  18. jorge Says:

    que tem 30 contribuição sem condição de trabalhar por causa da enfermidade como no meu caso tomo por dia para ipertenção captopril de manhã, a noite, 1 atenol para o coração , 2 aas após o almoço, para diabete insulina nph por dia 94 unidades e da regular 28 unidades, tomo para cindrome do pânico,ansiedade e depreção (2 anafrafil de manhã, 1 rivotril a tarde e 1 alprazolam a noite) e mesmo assim não consigo dormir com todo este ‘’currículun’’ tem 3 meses sem o auxilio doença, não da mais para aguentar estamos sem força, as eleição estão as portas é um escândalo atraz do outro com os exelentícimos que nós colocamos no poder para lutar pelos direito do povo, por favor deixem de fazer vergonha . Onde estar todo este dinheiro de castelo, de fraudes e o tal emprestimo… os jornais publicaram Meus parabéns a todos de ( Brasilia), e o trabalhador que começou a contribuir com o suor de seu rosto , deu uma vida contribuindo para o crescimento do BRASIL, uns hoje que o BRASIL tem condições de emprestar ao FMI, e o brasileiro………!, vamos ficar até quando a mendigar as migalhas que caem das mesas dos senhores desde já me perdoem, me desculpem é apenas um desabafo de um trabalhador que deu uma vida inteira trabalhando e hoje nem auxílio doença e muito menos aposentadoria pois determinaram que sou novo ao 50 anos de idade 30 de contribuição e 12 anos em tratamento e os senhores do poder não conseguem ter um pouuuuuuuuuuuquinnnnnho de compaixão socorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrro senhores.

  19. alessandra Says:

    Queremos nossos direitos de volta que foi tirado em 1999, pelo presidente da época lula prova par os seu eleitores que vai valer apenas ter a sua candidata no poder esta é a hora não deixe passar esta oportunidade se deixar será tarde o ´povo estar acordando fica ai o recado quem tem ouvido e olhos faz faler.

  20. carlos farias Says:

    SE O PRESIDENTE LULA QUE REPRESENTA O PT NO SEU TOP NOS NEGAR NOSSOS DIREITOS QUE AO LONGO DO TEMPO SE ARRASTAM ,EM DEFASAGEM ABSURDAS ,PROMETP ESEJAR QUE ESA CORJA DE POLITICOS SEJAM BANIDOS DA CLASSE POLITICA COMO INSETOS QUE MASSACRAM OS APOSENTADOS .

  21. Maria Aparecida Oliveira do Nascimento Says:

    Gostaria muito de saber o que ficou resolvido em audiência no dia 10/07/2009. Tenho 48anos de idade e 35 trabalhados sendo 3 anos concumitante, não acho justo trabahar 42 anos, para cobrir fraudes da previdência e aposendaria de políticos que acontece com apenas dois madatos salvo o engano.

  22. josé orlando machado dos santos Says:

    é uma vergonha agente trabalhar anos eanos perdendo noite de sono e na hora da aposentadoria que é tanto esperada vem o fator previdenciario e leva a metade do salario.

  23. geovane Says:

    é um discaso muito grande com os oposentados principalmente quem trabalha em serviço pesado insalubri quando chega na hora de aposentar que agente mais precisa , o salário cai pela metade senhores deputados pesse bem na hora de votar este fim do fator e não vai nos decepiçinar porque sinão vocês tambem pode ser decepicionados?

  24. jose martins Says:

    quando aposentei quatro salario ponto iotenta e dois hoje estou com dois cinquenta e quatro centavo volpei trabalhar
    meis pasado dois individu eu esta no trabalho mideran pancada do lado esquedo teve fratura do lado esquedo nao pagar un plano de saude ci estivese ganhando como aposentei dinheiro da para despesa de casa sera qeu dinheiro nao bolsa familia aposentadoria rural


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: