É chato, mas é bom saber – Coluna Carlos Brickmann

Coluna de quarta-feira, 8 de julho

O próximo passo do presidente do Senado, José Sarney (PMDB – Amapá) é tentar retomar a iniciativa: deve divulgar o estudo de reforma administrativa que encomendou à Fundação Getúlio Vargas e anunciar as primeiras medidas de racionalização administrativa nele baseadas. Anunciar, claro, significa apenas anunciar: fazer é outra coisa. Sarney anunciará a redução do número de funcionários do Senado, mas isso não é feito de uma vez: tem de ocorrer aos poucos. Já a redução do número de diretores pode ser mais rápida – basta vencer a resistência dos senadores que os indicaram e que não gostarão de vê-los afastados.

Sim, sim, ninguém mais aguenta ouvir falar nessas coisas; mas é preciso saber como andam, para evitar que sejam esquecidas, se mantenham intactas e até cresçam. É preciso saber como é que os escândalos começam; a quem beneficiam as irregularidades (forma-se uma teia que envolve muitas pessoas e partidos); é preciso saber a quem interessa divulgá-las. Uma coisa é certa: ninguém é capaz de descobrir sozinho que uma neta da tia do sócio de determinado senador é funcionária fantasma. Alguém tem que denunciá-la à imprensa e provar o que diz.

E não se pode perder de vista as eleições governamentais e a presidencial que devem realizar-se em pouco mais de um ano. Esta é a chave para saber por que, de repente, vaza a informação de que alguém mandou a namorada a Paris por conta do Tesouro. Saber por que as coisas acontecem pode ser mais importante do que saber apenas que acontecem. Acompanhá-las é chato, mas é bom saber.

Ex, mas com mordomias

Roberto Mangabeira Unger, que deixou o Ministério do Futuro, pegou um jatinho da FAB de Brasília para o Rio, de onde partiria o avião comercial para os Estados Unidos. Muita gente vive perguntando por que alguns países se desenvolvem mais do que outros. Uma história ajuda a responder: quando Harry Truman deixou a Presidência, um carro oficial o aguardava em frente à Casa Branca, para levá-lo ao aeroporto onde pegaria o avião para Independence, Missouri. Truman não aceitou: havia passado o cargo, já não era presidente, não tinha mais direito a usar carro oficial. E mandou chamar um táxi.

Então, tá 1

A história oficial é que Mangabeira Unger deixou o Governo porque a Universidade Harvard, onde leciona, não quis estender sua licença. Alguém conhece uma universidade que impeça algum de seus professores de ser ministro?

Então, tá 2

Wady Jasmin, presidente da Santos-Brasil, empresa portuária de Daniel Dantas, disse que contratou o consultor Guilherme Martins, Guiga, apenas para agendar reuniões com políticos, como por exemplo o senador Antônio Carlos Magalhães. Alguém acha que o presidente da empresa de um grande banqueiro precisa de lobby para marcar reuniões com políticos – ainda mais com o senador Antônio Carlos Magalhães, que foi um dos grandes padrinhos de Daniel Dantas?

Lula lá

O presidente Lula recebeu, em Paris, o Prêmio Houphouet-Boigny, “por sua ação na busca da paz, do diálogo, da democracia, da justiça social no mundo”, nas palavras do ex-presidente português Mário Soares, membro do júri. O prêmio é outorgado pela Unesco e pela Fundação Houphouet-Boigny, cujo nome homenageia o presidente que governou a Costa do Marfim durante 33 anos e morreu no cargo (era reeleito de cinco em cinco anos, mas só na última eleição de que participou foi permitida a candidatura de oposicionistas). Vários ganhadores do Prêmio Houphouet-Boigny ganharam mais tarde o Nobel da Paz.

…e sempre lá

Lula está hoje na Itália para reunião com líderes da Índia, China, México e África do Sul sobre os mais diversos assuntos: crise econômica, segurança alimentar, mudança climática, comércio internacional. Conversa também com os primeiros-ministros do Japão e da Suécia (hoje) e Austrália (amanhã). No fim de semana volta ao Brasil e prepara a visita ao Paraguai. Que vida mais agitada!

De Brasília a Goiânia

O afrouxamento da política econômico-financeira (com aumentos de despesas e cortes pesados no superávit primário) convenceu o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, a buscar novos caminhos: tudo indica que será mesmo candidato ao Governo goiano, provavelmente pelo PP, que apóia Lula. Meirelles vem se aproximando dos ruralistas (que poderão levar o DEM de Ronaldo Caiado para a aliança) e tem bons contatos com o PSDB, partido pelo qual se elegeu deputado federal em 2002. Seus principais adversários devem ser o senador Marconi Perillo, do PSDB, e o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, do PMDB.

É o nosso dinheiro

Sabe Frank Aguiar, o “cachorrinho dos teclados”, vice-prefeito de São Bernardo, SP? Frank Aguiar nasceu no Piauí, e o Governo piauiense doou R$ 1 milhão para um filme sobre sua vida. Frank Aguiar é do PTB, mas se aliou ao PT do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho. O governador do Piauí, Wellington Dias, é do PT. O restante do dinheiro para o filme talvez venha da Lei Rouanet.

Rizzolo: Realmente essa história oficial de que Mangabeira Unger deixou o Governo porque a Universidade Harvard, onde leciona, não quis estender sua licença parace ser um conto da carochinha. Agora quem será que mandou a namorada a Paris por conta do Tesouro ? Um dia nós descobrimos.

Uma resposta to “É chato, mas é bom saber – Coluna Carlos Brickmann”

  1. OREVOLTADO Says:

    Uma coisa é certa: ninguém é capaz de descobrir sozinho que uma neta da tia do sócio de determinado senador é funcionária fantasma. Alguém tem que denunciá-la à imprensa e provar o que diz.
    Porque para a imprensa ? A imprensa é o meio midiático mais podre que existe na face da terra.
    Perguntem a um assalariado mínimo com meia dúzia de filhos para criar o que devia ser feito com a corrupção.
    As soluções são simples, mas assustam muito a nata da sociedade.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: