”Quero fazer justiça ao Collor”, diz Lula, ao elogiar ex-presidente

Em visita à cidade de Palmeira dos Índios, interior de Alagoas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou generosamente o ex-presidente da República e atual senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL). Agradeceu o apoio que tem prestado ao governo no Congresso e chegou até mesmo a comparar seu nome ao do presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961).

Sorrindo e trocando abraços, após terem viajado juntos no avião presidencial, o Aerolula, nada neles lembrava o fato de já terem sido inimigos políticos, dos mais ferozes. Logo no primeiro evento da agenda que cumpriram em Palmeira dos Índios, a inauguração de uma adutora, Lula disse: “Quero fazer justiça ao senador Collor e ao senador Renan, que têm dado sustentação ao governo em seu trabalho no Senado.”

Renan Calheiros (PMDB-AL), que foi derrubado da presidência do Congresso em 2007, em meio a um escândalo envolvendo um lobista, não estava presente para agradecer. Permaneceu em Brasília, ajudando o amigo José Sarney (PMDB-MA), também ameaçado de perda do cargo.

Minutos depois, Lula voltou a elogiar Collor. Ao falar sobre sua afinidade com o povo nordestino, o presidente citou Kubitschek e incluiu Collor na equação. “Não era habitual neste país os presidentes percorrerem o Brasil. Além do Collor, que é de Alagoas, o único presidente a vir aqui foi Juscelino Kubitschek”, afirmou.

Ainda em Palmeira dos Índios, o principal jornal da cidade circulou com a manchete “Presidente Lula da Silva apoia Collor de Mello para o Governo de Alagoas”.

A manchete pode indicar apenas que Collor já está em campanha. A aproximação cada vez maior entre ele e o presidente, Lula, porém, é sintomática, sinalizando o grau de pragmatismo e a conveniência que define alianças políticas no governo.

Conta a história que Collor chegou à Presidência, na primeira eleição pelo voto direto que o Brasil realizava desde 1960, após ter dito na campanha que seu opositor, o ex-líder sindical Lula, mergulharia o País num “banho de sangue”, caso fosse eleito. Às vésperas da eleição, ele veiculou imagens de Miriam Cordeiro, ex-namorada de Lula, dizendo que o petista havia pedido a ela que fizesse um aborto, num episódio considerado por muitos como decisivo para a derrota do PT.

Lula, por sua vez, identificava Collor com as oligarquias políticas mais atrasadas do País. E, dois anos após a eleição, o PT foi um dos líderes da campanha pelo impeachment de Collor, cujo governo naufragou em meio a uma interminável série de escândalos de corrupção.

Depois da inauguração no interior, os dois viajaram para Maceió, para outro evento. E Lula voltou a mencionar o arqui-inimigo.

Collor não falou em nenhum dos dois eventos. Quem não economizou elogios ao presidente Lula foi o governador Teotônio Vilela Filho, que, por sinal, é do PSDB.
agencia estado

Rizzolo: Há algum tempo este Blog já previa esta aproximação de Lula com o Collor. Sinceramente não acho ruim. Com todas as reservas que todo brasileiro tem em relação ao ex. presidente, a grande verdade é que foi a esquerda maliciosa que derrubou Collor. Sim, esta mesma esquerda que agora se cala diante do apoio velado do PT à Sarney e do apoio escancarado de Lula e Dilma aos atos secretos e tudo mais que Sarney promoveu. Ética é uma coisa que se aprende desde a mais tenra idade, e observem que o próprio presidente reconhece que houve certa injustiça com Collor.

É óbvio, quem promoveu os “cara pintadas” foi a esquerda que agora fica bem quietinha escondendo e protegendo Sarney, para que o mesmo possa abafar a CPI da Petrobras. Chegou num ponto em que devemos nos perguntar : Será que Collor não irá se sujar em troco de um eventual apoio do PT. Olha, sinceramente, Collor cairia melhor como candidato à presidência, do ponto de vista de rejeição, do que Dilma. Isso Lula sabe.

Publicado em atos secretos, Blog do Rizzolo, Brasil, Collor é recebido por Dilma, Collor derrota PT, Collor e Alagoas, Collor pode disputar governo de Alagoas em 2010, Collor presidente em 2010, corrupção, cotidiano, CPI da Petrobras, Crise do Senado e Sarney, crise moral atinge o Senado, crise moral no Congresso, economia, eleições 2010, Fernando Collor de Mello parecia uma anomalia, Fernando Collor para governador, Fernando Collor pode surpreender, Fernando Rizzolo, Forças Armadas, General Augusto Heleno, geral, governo de Alagoas, Jarbas Vasconcelos, Jarbas Vasconcelos (PE), Lula defende Sarney, Lula e Collor, Lula fecha olhos para escândalos quando lhe convém, News, notícias, Política, Quero fazer justiça ao senador Collor, Rizzolo aprova aproximação de Lula a Collor. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . 3 Comments »

3 Respostas to “”Quero fazer justiça ao Collor”, diz Lula, ao elogiar ex-presidente”

  1. Igor Says:

    Snceramente acho que a imprensa em geralestá usando de má fé para divulgar tais notícias. Lula apenas agradece o Collo e ao Renan por apoiar o seu governo e não rasga elogios como tem jornalistas falando.

  2. Eliseu Says:

    Dr. Rizzolo, eu não vou postar aqui o que eu acho do Fernando Collor apenas em consideração e respeito á propriedade desse blog, mas tenha certeza que se eu postasse, seriam as palavras de mais baixo escalão que o sr. presenciaria na internet.
    Ah.. e somente para lembrar, quem cogitou esse “namoro” entre Lula e o Collor fui eu em alguns comentarios. E ainda digo mais, o Collor sera candidato a presidencia da república em 2014/16 ou 20. MAs em 2020, lamentavelmente eu serei o presidente da república. Os meus capangas, cupinxas, macumbeiros, feiticeiros, ladrões, bandidos, gays, pedófilos, pederastas ativos e passivos, assassinos, impostores, charlatões, senadores, deputados federais, estaduais, governadoras, prefeitas, presidentAs de outras confrarias, argentinas, secretÁrias de estado de mega-economias, os feiticeiros da áfrica que estão morrendo de fome(LOL), A comissão dos direitos humanos que nunca me responderam um sequer email que mandei, a OHMU (Oranização dos Homossexuais Unidos), a parada gay, os sem teto(mas com BMW e ECO sport), a
    família Sarnenta, os norte-coreanos, os corintianos, o CV, a CRBC, o PCC, o PC do B, a Gafisa, a Xuxa e a SPAL provavelmente apoiarão a minha candidatura.
    Será que eu ganho? é apenas um sonho, mas acho que tanta gente importante me apoiando, posso ter a chance.
    Só não quero apoio do capeta, – Também…… acho que nem preciso.

  3. Jose Roberto Antonio Barbosa Says:

    nao aceitamos o fator 85/95 , poque esse fator vai causar
    muito poblema para nós do setor privado, porque não
    temos estabilidade de trabalho.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: