Num piscar de olhos

Quando uma pessoa queria descrever algo que havia ocorrido subitamente, falaria em termos de “num piscar de olhos”, ou “um estalar de dedos”. Atualmente, quando nossas operadoras de telefonia nos cobram em seis segundos e o tempo do computador é medido em nano-segundos, nossa referência é mais high-tech que humana.

Apesar destas mudanças tão progressistas, hoje, como no passado, um instante é breve e ao mesmo tempo, suficientemente longo para que aconteça uma ocorrência capaz de transformar a vida.

“Porque coisas boas acontecem num instante” – é o slogan mostrado em alguns anúncios do novo jogo chamado “Rico para o Resto da Vida”, da Loteria do Estado de Nova York, Faça sua aposta, e você poderá ganhar 5.000 dólares por semana pelo resto da vida.

Mas quantos de nós pensamos em termos de uma mudança para o bem que ocorra em um instante? Com as notícias chegadas de Israel ainda não sendo aquilo pelo qual ansiamos e rezamos, e com doenças mortais ainda não completamente erradicadas, parece fácil aparecer com mudanças “instantâneas” que estão longe de ser boas.

No entanto, assim como estes momentos negativos importantes são reais para nós, assim também deve ser a possibilidade de mudanças rápidas para sempre. Pois os ensinamentos judaicos nos dizem para reconhecer que “a salvação de D’us chega num piscar de olhos”. Em “Rico Para o resto da Vida”, isso significa que as coisas boas podem acontecer, e acontecem, num instante.

A Torá cita como um exemplo básico de libertação ocorrendo instantaneamente o Êxodo do povo judeu do Egito. Quando chegou a hora para o povo judeu ser redimido do Egito, “D’us não adiou isso nem mesmo por um piscar de olhos” – explica o Midrash.

O Êxodo do Egito e a redenção do povo judeu é o protótipo para todas as futuras redenções, pessoais e nacionais. Assim, toda situação pode ser revertida, indo de totalmente má até completamente boa em um momento.

O Profeta Yechezekel profetizou ao povo judeu quando eles foram exilados da Terra de Israel para a Babilônia com a destruição do Primeiro Templo. Às margens dos rios da Babilônia os judeus se sentaram e choraram, lembrando Jerusalém em toda sua glória. Yechezekel teve uma visão da carruagem celeste de D’us acompanhada por anjos que se moviam à velocidade da luz. Esta visão permitiu que o Profeta assegurasse ao povo judeu que D’us estava com eles, e que Sua salvação poderia vir num piscar de olhos.

Quando confrontado com uma tragédia ou más notícias, D’us não o permita, é natural concentrar-se no negativo. Mas o que realmente precisamos ter em mente é que assim como as “más notícias” chegam num instante, assim também as boas notícias vêm num instante.

Que a salvação Divina venha instantaneamente, trazendo-nos um tempo que seja totalmente bom até a eternidade, uma era em que seremos ricos material e espiritualmente, em todos os aspectos de saúde e coração, e que isso ocorra num piscar de olhos.

fonte: site do Beit Chabad

tenha um sábado de paz !

Fernando Rizzolo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: