Incêndio de grandes proporções atinge favela do Jaguaré

Um incêndio atingiu uma favela na Zona Oeste de São Paulo, neste domingo (11). A Favela Diogo Pires está localizada na Avenida Dracena, no Jaguaré.

Os bombeiros foram avisados sobre o fogo às 17h50 e ao menos oito carros foram enviados ao local, inicialmente, para controlar as chamas. Depois, mais equipes, devido às proporções do incêndio, seguiram para a favela. Por enquanto, não há informações sobre vítimas e nem sobre as causas do incêndio.

Área isolada

O Capitão Jordas, do Corpo de Bombeiros, explicou à Globo News que foi atingida uma área entre 800 m ² e 1 km ².

Equipes tentam impedir que o fogo se alastre e atinja uma indústria química e um conjunto habitacional, que estão localizados nos arredores da favela. No conjunto, há um tanque de gás.

“Até o momento, não tivemos informações sobre vítimas. O Corpo de Bombeiros já deixou um posto médico no local para atender a população”, afirmou.

Segundo os bombeiros, as equipes isolaram o local e retiraram os moradores da área de risco.

Favela pequena

Moradora dos arredores da favela, Maria Aparecida Sousa Reis disse à Globo News que a favela é pequena.

“Da minha casa, posso ver toda a movimentação e muita fumaça. É um incêndio muito grande, mas há poucas casas, porque a favela é pequena. Há várias indústrias aqui perto, é um bairro industrial. A favela está rodeada de indústrias”, afirmou Maria Aparecida.

Segundo a moradora, a maioria das casas é de alvenaria e poucas são feitas de madeira.

Ana Paula Martiniano, outra moradora dos arredores da favela, contou que o fogo se espalhou muito rapidamente.

“Agora, as pessoas estão na rua, chorando muito. Está uma situação muito complicada. Muitas pessoas perderam muita coisa. Há uma preocupação e uma tristeza imensa no bairro”, diz.

globo

Rizzolo
: É uma situação muito triste a dos moradores da Favela do Jaguaré, muito embora seja uma favela pequena, as conseqüências materiais e psicológicas são grandes. Tenho pena dos moradores. Gente pobre, humilde que agora terá que contar com o apoio do Poder Público. O que precisamos saber agora são as causas do incêndio. Na marginal pinheiros já dava para observar aquele fumaça negra e triste. A Secretaria Municipal de Assistência Social da Capital cadastrou 232 famílias desabrigadas atingidas pelo incêndio. De acordo com informações da Agência Brasil, ainda não foi possível determinar o número exato de pessoas atingidas por este incêndio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: