A religião e o respeito ao eleitor – Coluna Carlos Brickmann

Na Basílica de Aparecida, na grande festa católica da Padroeira do Brasil, o governador paulista José Serra, candidato tucano à Presidência da República, faz um discurso sobre como devem ser os governantes ideais. Em Belém do Pará, na grande procissão católica do Círio de Nazaré, a ministra Dilma Rousseff, candidata petista à Presidência da República, acenava aos eleitores – quer dizer, aos fiéis – e proclamava sua fé. De certa forma lembrando Cristo, postava-se entre a governadora Ana Júlia e o ex-governador Jader Barbalho.

Dilma vive fase de fé. Esteve também, pela primeira vez nas últimas seis décadas, na lavagem das escadas da Igreja do Bonfim, em Salvador. O senador Antônio Carlos Magalhães, que também nunca foi religioso, costumava participar do evento. Mas ninguém o acusará de jamais ter sido sincero em excesso.

A democracia não é santa mas faz milagres. Até agora, ninguém suspeitava de tamanho fervor religioso dos dois principais candidatos. Dos nomes apontados para a Presidência, só a senadora Marina Silva, evangélica, é conhecida como religiosa sincera, militante e praticante. E não usa a religião para conquistar eleitores. Questão de respeito ao eleitor, questão de respeito à religião, que é coisa séria e não deve ser usada como enxada para cavar votos.

E que, como arma eleitoral, nem sempre funciona. O governador Adhemar de Barros dizia que seu candidato à Prefeitura paulistana, Auro Moura Andrade, ganharia “porque Deus quer”. O vitorioso foi o brigadeiro Faria Lima.

Vistoria, enfim

Democracia faz milagre, também, em questões de trabalho. A bilionária obra de transposição do rio São Francisco, anunciada há anos com todas as pompas possíveis como a redenção do Nordeste, enfim recebeu a visita do presidente, da candidata, de políticos, de ministros, de jornalistas. Sejamos justos: não fossem as eleições, ninguém ficaria sabendo como é que estão andando os serviços.

Negócio da China

A Chery, uma das maiores indústrias automobilísticas chinesas, decidiu produzir seus carros no Uruguai, para vendê-los ao Brasil e demais países do Mercosul. Negocia sociedade com a Socma, Sociedad Macri, um dos maiores grupos empresariais argentinos. Um dos sócios do grupo, Mauricio Macri, é prefeito de Buenos Aires e líder da oposição à presidente Cristina Kirchner.

As palavras…

O ministro da Agricultura, Guilherme Cassel, negou no Congresso que seu Ministério destine recursos ao MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, responsável pela recente invasão e atos de vandalismo numa fazenda produtora de laranjas. Só que o Incra, ligado ao Ministério, destinou em 2008 mais de 60% dos recursos repassados em São Paulo à ONG Fepag, ligada ao MST.

…e a foto

No domingo, esta coluna cometeu um engano: informou que o carro oficial utilizado em Belém pelo líder do MST, João Pedro Stedile, tinha sido fornecido pelo Governo estadual do Pará. Na verdade, é do Governo Federal (veja a foto). É dinheiro oficial ou não?

De acordo com os planos

A Câmara Federal decidiu formar uma comissão com o objetivo de acompanhar a organização, as obras e os investimentos referentes aos Jogos Olímpicos do Rio, que se realizarão em 2016. Nada mais esperado: em relação às Olimpíadas e à Copa do Mundo de 2014, tudo será acompanhado por uma comissão.

Boa notícia

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado deve votar hoje quatro projetos que tratam de indenização a clientes de empresas aéreas em caso de atrasos, cancelamentos de voos, recusa de embarque e danos a bagagens. Está mais do que na hora de disciplinar o assunto. Um leitor desta coluna, ao chegar aos Estados Unidos e verificar que sua bagagem não o acompanhava, solicitou à empresa que o autorizasse a comprar roupas para os compromissos do dia seguinte. A empresa rejeitou o pedido – para aceitá-lo logo em seguida, autorizando-o a comprar toda a roupa necessária numa loja cara, quando viu que tinha um alto cargo. Já uma passageira comum, que viajou a Tel Aviv pela empresa israelense El Al, está sem bagagem (e sem qualquer indenização) desde abril.

Fogo aéreo

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, deve falar hoje na Câmara Federal sobre a transferência de tecnologia na compra de caças para a Aeronáutica. O Governo começou muito afoito, mas agora está fazendo as coisas direitinho: seguindo todos os trâmites, elaborando pareceres, recebendo ofertas, para só então anunciar que os vencedores serão os franceses da Dassault, fabricantes do Rafale.

Dúvida pertinente

Se até o Imposto de Renda é informatizado, por que o Enem é feito em papel, a alto custo? Por que não usar computadores em vez de provas impressas?

Carlos Brickmann é Jornalista, consultor de comunicação. Foi colunista, editor-chefe e editor responsável da Folha da Tarde; diretor de telejornalismo da Rede Bandeirantes (prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte, APCA, em 78 e 79, pelo Jornal da Bandeirantes e pelo programa de entrevistas Encontro com a Imprensa); repórter especial, editor de Economia, editor de Internacional da Folha de S.Paulo; secretário de Redação e editor da Revista Visão; repórter especial, editor de Internacional, de Política e de Nacional do Jornal da Tarde.

Uma resposta to “A religião e o respeito ao eleitor – Coluna Carlos Brickmann”

  1. Eliseu Says:

    ” e proclamava sua fé. De certa forma lembrando Cristo, postava-se entre a governadora Ana Júlia e o ex-governador Jader Barbalho.”
    Dilma vive fase de fé
    Isso somente pode ser afirmação apenas da mídia, porque eu ja vi imagens de video onde a ministra questiona se DEUS existe mesmo ou não, em pleno tratamento de cancer, enquanto o Brail todinho orava por ela.
    Quem sabe se não será dessa vez que ela se converte pelo amor.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: