Aécio e Serra pedem explicações sobre mensalão no DF

SÃO PAULO – O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse nesta segunda-feira, 30, que os fatos revelados pela operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, são “gravíssimos” e que a opinião pública “requer mais explicações”.

“Os fatos revelados, inclusive por filmes, são gravíssimos. A Justiça está trabalhando, acho que a opinião pública requer mais explicações a respeito daquilo que aconteceu por parte do governo e da Câmara Legislativa. Eu acredito que a Justiça, no caso, será feita porque está trabalhando de uma maneira muito efetiva”, afirmou o governador, em cerimônia de entrega de 238 apartamentos na Mooca, zona leste da capital.

Imagens em poder da Polícia Federal mostram indícios de um mensalão no Distrito Federal, que seria patrocinado com propina paga por empresas que têm contratos com o governo. Políticos do Distrito Federal, inclusive o governador, José Roberto Arruda (DEM), foram flagrados recebendo dinheiro. O DEM é o principal aliado dos tucanos na corrida presidencial do ano que vem.

Aécio

Em uma curta declaração distribuída na noite desta segunda pela assessoria de imprensa do Palácio da Liberdade, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), comentou as denúncias.

“Essas notícias surpreenderam a todos. Espero que toda essa questão possa ser esclarecida o mais rapidamente possível em benefício da boa prática política”, afirmou Aécio, sem citar o governador José Roberto Arruda (DEM), principal implicado no escândalo.

Pré-candidato tucano à Presidência da República em 2010, o governador mineiro manteve nos últimos meses intensa interlocução com Arruda, que demonstrava alinhamento com a ala do DEM que passou a manifestar preferência por Aécio na disputa com o governador de São Paulo, José Serra.

O governador de Minas passou a segunda-feira em despachos internos no Palácio das Mangabeiras. No início da noite ele recebeu representantes do Encontro Estadual de Lideranças “Mulheres Debatem o Brasil”, realizado na capital mineira e promovido pelo PSDB Mulher, Mulher Democratas e Núcleo de Mulheres-PPS. Após o encontro, Aécio não atendeu a imprensa.

agencia estado
Rizzolo: Bem resta a eles apenas a indignação. O grande problema é que a oposição já vinha se desgastando em função da falta de discurso, agora então a situações piora. Apenas a indignação e as propostas de rigor na apuração dos fatos sobraram no âmbito de uma oposição debilitada. Realmente choca o nível de corrupção que assolou este país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: