País deve ter criado mais de 1 mihão de vagas em 2009

BRASÍLIA – O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, disse nesta quinta-feira, 7, que o Brasil deve ter criado, em 2009, mais de um milhão de empregos formais. Até novembro, o País gerou 1,4 milhão de empregos com carteira assinada. Levando-se em conta que, em dezembro, sazonalmente, há uma perda de postos de trabalho em razão da dispensa dos contratos temporários de final de ano, o saldo final do ano deve ficar em torno de um milhão de postos de trabalho. “Haverá uma perda de cerca de 300 mil empregos, como sempre ocorre, em dezembro. Mas teremos um saldo de geração de empregos de mais de um milhão. Isto, em um mundo que está desempregando, é uma mostra inequívoca do poder da economia brasileira”, disse Lupi, durante entrevista ao programa Bom Dia Ministro, da Radiobrás, na manhã desta quinta.

Para 2010, Lupi estima a criação de mais de dois milhões de empregos formais. “Eu prevejo que, em 2010, a gente tenha o melhor ano do governo Lula para a geração de emprego e para o crescimento da economia”, disse o ministro que, otimista, projeta ainda uma expansão de 7% da economia neste ano. “Sou mais otimista (que os analistas de mercado). Acho que economia vai crescer 7% e vamos gerar mais de 2 milhões de empregos (em 2010)”, disse.

O ministro disse ainda que, hoje, o “grande gargalo” na área do mercado de trabalho é o profissional qualificado. “Às vezes, você tem emprego, mas não tem trabalhador qualificado. É sapato apertado, cobertor curto”, disse o ministro, destacando que há muitos anos não havia no Brasil programas de qualificação profissional e que, em 2009, cerca de dois milhões de trabalhadores foram atendidos por estes programas do governo, o que ainda é pouco na sua avaliação. “Precisávamos ter capacidade de qualificar, todo ano, entre três e quatro milhões de trabalhadores. Mas, isso não acontece de uma hora para outra”, disse, ressaltando a necessidade e a importância das escolas técnicas. “Ainda estamos estamos aquem do que realmente precisamos “.
agencia estado

Rizzolo: É uma notícia animadora e surpreendente quando a maioria dos países desenvolvidos sofrem com o desemprego, agora quem acompanha este Blog sobe que há anos venho propugnando um desenvolvimento maior na formação de mão de obra especializada. O governo Serra com os Etecs tem progredido nesse sentido, mas é pouco, muito pouco em relação ao que necessitamos no país. O fato do eventual aumento de registros formais em 2010 é realmente um excelente prognóstico, carteira assinada significa cidadania, inclusão social, e proteção laboral digna ao trabalhador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: