Serra ataca integração do Brasil com vizinhos

O pré-candidato tucano à Presidência da República, José Serra (PSDB/SP), atacou o Mercosul, afirmando que o bloco formado por Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela “é uma farsa”, que “só serve para atrapalhar”. “O Mercosul é uma barreira para o Brasil fazer acordos comerciais”, disse Serra, sugerindo que a melhor forma de fomentar as exportações seria o fim do Mercosul para “criar uma zona de livre comércio”.

O ex-governador de São Paulo participou, na última segunda-feira (19), de um encontro com empresários reunidos pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). No evento, Serra insinuou que a participação do país no Mercosul “não faz sentido”, menosprezando o papel desempenhado pelo bloco na integração econômica do Brasil com os países vizinhos.

O tucano fez questão de ignorar, por exemplo, que dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), em janeiro passado, apontaram que a corrente de comércio com a Argentina – principal vizinho do bloco – em 2009 ocupou o terceiro lugar entre os parceiros comerciais do Brasil, com valor superior a 24 bilhões de dólares, atrás apenas de China (US$ 36.102) e Estados Unidos (US$ 35.922).

Somando o fluxo de comércio com a Venezuela, cuja integração plena ao Mercosul ainda não foi concretizada, o valor ultrapassa 28 bilhões de dólares. O incremento da corrente de comércio (soma das exportações e importações), que serve para medir o fluxo comercial entre dois países ou blocos econômicos, é um retrato evidente de como o fortalecimento que o Mercosul teve a partir da posse de Lula alterou o modelo de inserção subordinada aos países ricos.

O Mercosul teve suas bases estruturais lançadas no Protocolo de Ouro Preto (MG), em 16 de dezembro de 1994, que deu sequência ao Tratado de Assunção (Paraguai), em 1991.

Na reunião com os empresários, o pré-candidato do PSDB disse que poderá promover uma revisão em todos os contratos de empresas privadas com a União caso seja eleito. Segundo Serra, os financiamentos do BNDES também serão redirecionados.

Além de palestra na Fiemg, Serra seguiu o mesmo roteiro feito pela ex-ministra Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à presidência, em sua visita a Belo Horizonte. Teve uma reunião com políticos locais e deu entrevista à Rádio Itatiaia, onde declarou que o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) “não existe”. “O PAC é uma lista de obras, vamos ser realistas. A maior parte não foi feita. As obras, a gente tem que definir, tocar e fazer acontecer”, alegou, quando questionado se daria continuidade às obras do programa.
hora do povo

Rizzolo:Existem certas afirmações que nos fazem saltar os olhos. Mesmo em reuniões informais, opiniões diversas, infundadas, não podem ser levadas em consideração e devem ser respeitadas, agora quando um pré – candidato faz uma afirmação desse tipo, alegando que o Mercosul tem que ser revisto, ignorando os avanços comerciais que houveram na região, é desastroso e também preocupante. É claro que para as grande potências não interessa uma América Latina unida , coesa. Portanto o pré candidato apregoa algo não do interesse comum da região, haja vista os números apresentados no texto, mas provavelmente propostas dos países desenvolvidos que apostam nessa fragmentação.

2 Respostas to “Serra ataca integração do Brasil com vizinhos”

  1. victória Says:

    Pudera, né! Tais vizinhos não queria nem de graça.

  2. ANDREA KELLY AHUMADA BENTO Says:

    Pois é. o discurso do Serra, na pratica é outro.
    O Brasil pode mais…. Qual dos Brazis?????????
    Aquele perdido na docencia de (La Sorbonne)…..
    Ou na Kibon????
    De sociologo a sorveteiro..incrivel como o Brasil revela talentos, mesmos que hipocrisia!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: