Ciclistas fazem pedalada em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro

Cerca de 50 ciclistas participam, nesta manhã de quarta-feira (22/9), de uma pedalada em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro, promovida pela ONG Rodas da Paz. O passeio, com início na Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG), segue pelo Eixo Monumental e vai até o Museu da República. O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, a vice-governadora, Ivelise Longhi, e a primeira dama, Karina Rosso também participam do movimento pedalando.

Para iniciar a pedalada, os ciclistas se encontraram no Balão do Guará e seguiram pela EPTG. Em seguida, pegaram o Eixo Monumental, que tem duas faixas da esquerda interditadas para o movimento, no sentido Esplanada dos Ministérios. A Polícia Militar faz a segurança da área e a interdição não complicava o tráfego de veículos na pista até por volta de 11h.

Rogério Rosso, Ivelise Longhi e a primeira dama, Karina Rosso, se juntaram ao movimento depois que os ciclistas passaram na altura do Palácio do Buriti. Lá o governador anunciou a liberação de R$ 54,9 milhões para ciclovias em 10 regiões do DF. De acordo com o anúncio, as obras começam de imediato e devem desafogar o trânsito na Asa Norte, Asa Sul, Lago Sul, Ceilândia, Paranoá, Taguatinga, Gama, Riacho Fundo II, Guará e Park Way. A meta é concluir até o final de 2010, 300 km de ciclovias.

O movimento será encerrado no Museu da República, onde os integrantes da ONG Roda da Paz devem ler uma carta com reinvindicações que beneficiam os ciclistas. A instalação de uma malha cicloviária no Distrito Federal e o investimento em políticas de educação no trânsito estão entre os pedidos.

A pedalada faz parte das atividades da Semana da Mobilidade que tem o objetivo de incentivar o uso de transportes alternativos, durante a semana do Dia Mundial Sem Carro, lembrado nesta quarta-feira.
Correio Braziliense
Rizzolo: Pode parecer impossível, mas precisamos pensar em meios diversos de transporte, e as ciclovias parecem ser um meio ecológico, eficaz, e acima de tudo saudável. Há pouco tempo escrevi um artigos sobre a bicicleta como transporte do futuro, em São Paulo por exemplo há poucas ciclovias, e existe muito mais marketing em cima disso de que estrutura para esse meio eficaz de transporte. A grande verdade é que precisamos desenvolver a mentalidade do uso da bicicleta, principalmente nas cidades de grande e médio porte promovendo as ciclovias, e parar definitivamente de usar esse conceito como ferramenta de marketing político e partir para ação. Se eleito vou lutar para que isso se concretize. Veja meu artigo no A Notícia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: