“Tenho jeito popular’, diz prefeito suspeito de beijar mulheres à força

Ademir Lindo, prefeito Pirassununga, atribuiu neste sábado (25) a uma “armação política” o episódio em que três mulheres o acusam de tê-las beijado à força em seu gabinete. Administrador da cidade distante 211 km de São Paulo, ele admitiu ao G1 “estar triste” com as acusações e afirmou que vai processar as denunciantes.

“Isso tudo é uma coisa absurda, sem cabimento. Sou vítima de armação política.Tenho 30 anos de vida pública e nunca tive problemas. Tenho um jeito popular de ser e sempre respeitei todo mundo; dou beijo, abraço. É questão de educação”, defendeu-se Lindo, do PSDB. Por causa das acusações, o prefeito está sendo investigado por policiais do município. Uma das mulheres seria menor de idade.

A Polícia Civil registrou três queixas contra Lindo por importunação ofensiva ao pudor e, de acordo com o delegado José Henrique Venturo, um inquérito será aberto. “Como eu vou beijar na boca sem a pessoa consentir”, questionou o político, em entrevista por telefone. Ele não negou, no entanto, que cumprimente mulheres com beijo no rosto. “É uma coisa carinhosa.”

O caso foi revelado quinta-feira (23) pela EPTV, afiliada da TV Globo em Pirassununga. Uma das vítimas, que preferiu não se identificar, disse que procurou o prefeito no dia 16 para conseguir um emprego na área da saúde. “Eu cheguei e ele me recepcionou com um selinho. Quando eu fui embora ele veio para me dar um selinho e eu me esquivei”, disse. Na quarta-feira (22), outra mulher também registrou um boletim de ocorrência alegando que ela e a filha, uma menor, foram beijadas na boca por Lindo.

O prefeito contou que toda quinta-feira abre seu gabinete para a comunidade. “Recebo entre 50 e 60 pessoas. Cumprimento todo mundo com a porta aberta, com testemunhas. Estou com a consciência tranquila”, afirmou ele, alegando inocência e informando que vai apoiar nessas eleições candidatos a deputado estadual e federal.

G1
Rizzolo:Realmente essa história de beijinho está ficando complicada. Outro dia foi um membro do Ministério Público quem beijou Suzane Richthofen; precisamos verificar se as acusações procedem, mas não deixa de ser interessante esse fato dos ” beijinhos” estarem se propagando por aí, principalmente em pessoas como ” jeito popular”. Como já disse no caso do promotor, beijinho é prerrogativa de Advogado em campanha política, portanto não fica bem para prefeito já eleito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: