Migowvsky: “Restrição ao Tamiflu causou maioria das mortes no Brasil”

RIO – O infectologista Edmílson Migowisky fez duras críticas na manhã desta terça-feira à forma como o Ministério da Saúde vem ministrando o Tamiflu no país. Segundo Migowisky, a alta percentagem de mortes no Brasil, mais de 10%, contra 0,5% em todo o Mundo, é consequência da restrição que o Ministério fez quanto á distribuição da medicação.

– A letalidade da gripe no Brasil é muito superior à letalidade da Inglaterra, onde aconteceram quase 100 mil casos e poucas pessoas morreram. O Chile também distribui a medicação livremente e o índice de mortes é baixo – atacou.

O infectologista, que desde o início da epidemia defende a liberação da medicação sem restrições, diz que boa parte das 210 mortes no país aconteceram por conta desta política errada.

– Aqui no Brasil a política é restritiva
JbOnline

Rizzolo: Se há algo que me deixa revoltado é fazer uso de uma suposta alegação médica não comprovada, para legitimar uma incompetência. Assim nesse esteio de postura, o ministro da saúde José Gomes Temporão defendeu hoje a política brasileira de restringir o acesso ao medicamento Tamiflu, alegando “a banalização o uso do anti viral”. Ora, se as pessoas estão morrendo, se médicos como o Dr. Migowvsky e outros alertam para o perigo, este argumento serve apenas para não admitir a incapacidade do governo em suprir de forma eficiente a demanda pelo medicamento. Realmente uma vergonha em termos de saúde pública, é tudo para segurar o medicamento para o povo que sofre nos hospitais. Tamiflu já para todos !

Publicado em 1.309 creches municipais adiam retorno, A gripe suína e Deus, A gripe suína em Osasco, a lógica e a fé, aceitar Deus, aceitar os desígnios de Deus, Adolfo Lutz detecta diferença no virus, alma, alma e o espírito, aulas interrompidas pela gripe suina sp, Blog do Rizzolo, Brasil detecta mutação do vírus, brasileiros compram tamiflu no Paraguai, Campinas registrou a primeira morte por gripe suína, direito dos animais, Direitos Humanos, economia, Emilio Ribas e a gripe suína, espiritismo, espiritualidade, espiritualidade e medicina, espiritualidade maçônica, espiritualidade na crise, Estácio adia aulas, evangélicos, exército e a gripe suína, Exército vai ajudar a conter a nova gripe, Falta de ética e de Deus, Fernando Rizzolo, Forças Armadas, General Augusto Heleno, geral, governo do estado de são paulo retorno as aulas, Gripe mexicana, gripe sintomas, gripe suína em Campinas, gripe Suína em Israel, gripe suína em São Paulo, gripe suína no Bra, Mackenzie adia aulas, ministro da saúde defende restrição ao Tamiflu, ministro defende restrição ao Tamiflu, Política, reposição 200 dias letivos sp reposição 200 dias, Restrição ao Tamiflu causou maioria das mortes, Rizzolo:Tamiflu já para todos !, São Paulo tem mais cinco mortes, Secretaria de Saúde de RS confirmou mais quatro mortes, Universidade de São Paulo (USP, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Vacina de gripe suína. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . 1 Comment »

Gripe suína: Conselho de São Paulo “desobriga” escolas a cumprirem 200 dias letivos

Em despacho publicado no Diário Oficial do último sábado (8), o Ceesp (Conselho Estadual de Educação de São Paulo) “desobriga” as escolas paulistas – sejam privadas ou públicas – de cumprirem “contabilmente” os 200 dias letivos, obrigatórios pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases). A razão alegada para a medida é a situação “emergencial” provocada pela nova gripe.

Questionado sobre a “desobrigação”, o presidente do Ceesp, Arthur Fonseca Filho esclarece: “Não temos tempo. A escola vai ter que terminar o conteúdo até o final do ano. Querer empurrar o ano letivo para depois de dezembro vai gerar soluções formais [apenas no papel]”.

Objetivos educacionais
Fonseca Filho faz questão de frisar que o essencial é “assegurar que os objetivos educacionais sejam atingidos”. E ele complementa dizendo que “cumprir a matéria está dentro dos objetivos educacionais”.

Para o professor, há diversas maneiras de repor o conteúdo sem ter de avançar janeiro adentro. “Cada caso é um caso: [há aquela] escola que possa trabalhar no período da tarde [além do período da manhã]ou ter as provas aos sábados”, exemplifica. Para ele, o principal fiscal para saber se o conteúdo está sendo dado são os pais e os alunos. “O aluno tem que cobrar [que todo o conteúdo previsto seja dado]”, completa. Nos casos dos menores, quem faria as vezes de fiscal seriam os pais.

Até o dia 31 de agosto, as escolas particulares terão de enviar às Diretorias de Ensino um plano de reposição do conteúdo.

Na semana passada, entidades que representam os professores da rede particular se manifestaram contra o avanço da reposição de aulas nas férias de janeiro.

Para o Sinpro-SP, sindicato de professores particulares do Estado, “é possível administrar o calendário existente, sem a necessidade de usar sábados ou feriados ou invadir o período de recesso dos professores, o que seria ilegal, pois estaria desrespeitando a convenção coletiva da categoria”. Nota no site da entidade ainda traz uma ressalva: “além disso, as aulas de reposição, fora dos horários habituais dos professores, deverão ser pagas como hora extra”.

A Secretaria de Estado da Educação afirmou por meio de sua assessoria de imprensa que o Conselho tem autonomia para baixar resoluções deste tipo. No Estado, a reposição de aulas será definida em cada escola.
folha online

Rizzolo: A verdade é que o governo não está sabendo lidar com a epidemia. E isso em época de eleição é péssimo. Ademais, ainda não está provado se adiar as aulas resolve o problema, até porque as crianças e jovens acabam se reunindo em outros lugares das mais diversas formas. Já o fato de liberarem o Tamiflu nos centros médicos denota a preocupação por parte dos órgãos públicos. A coisa é séria e a tendência é piorar até o frio passar.

Nosso Maior empreendedor

*por Yanki Tauber, baseado nos ensinamentos do Rebe

O objetivo de um empreendimento de negócios é conseguir lucro; nenhum homem de negócios que se preze investiria capital, tempo e talento onde os números não mostrassem um potencial definido de lucro. Apesar disso, os maiores lucros serão colhidos sob as mesmas condições que o empresário responsável procura evitar – nas águas de empreendimentos completamente imprevisíveis, em ambientes sobre os quais ele não tem controle, e nos quais todo seu negócio (e talvez ele próprio) estejam em risco.

Assim, pode-se afirmar que a mente do empresário funciona em dois níveis. No nível manifesto, ele procura estabilidade e controle. Neste nível, é proibido ser apanhado desprevenido nos negócios. Embora ele saiba que existem riscos em todo empreendimento, sua meta é evitar os riscos, afastar-se do imponderável, ter um plano de contingência para cada eventualidade.

Porém num nível subconsciente, mais profundo, o homem de negócios anseia pelo imprevisível.
Dentro de si, ele quer ser apanhado desprevenido, ser atirado às mesmas circunstâncias que seu empreendimento foi programado para evitar. Pois aqui, e somente aqui, está o potencial para lucros maiores que qualquer analista poderia prever. Neste nível, ter tudo correndo segundo o plano seria um desapontamento, em vez de uma realização.

Estes são cenários que ele jamais apresentará a seus investidores, ou mesmo a seu “eu” consciente. Porém numa análise final, são estas mesmas possibilidades, espreitando por detrás dos números e projeções oficiais, que constituem sua maior motivação para fazer negócios.

O Complô

O Talmud declara que “O reino do Céu é semelhante ao reino da terra” – que as estruturas da sociedade humana e os padrões do comportamento humano refletem a maneira pela qual o Criador Se relaciona e governa Seu mundo.

D’us tem uma estratégia comercial: a Torá, que o Midrash chama de “o projeto de D’us para a criação”, cataloga o lucro que o Criador deseja ver de Seu empreendimento. As leis da Torá detalham o que deve e o que não deve ser feito, e o que deve ou não acontecer, para salvaguardar o Divino investimento na Criação e assegurar sua “lucratividade”.

Porém, no primeiro dia de negócios da história, o plano foi por água abaixo. Adam e Eva, ao comerem o fruto da Árvore do Conhecimento, violaram a primeira mitsvá (mandamento Divino) que lhes fora ordenado. Sua ação colocou em risco todo o empreendimento, desencadeando o caos do bem e do mal sobre o mundo ordenado e sob controle no qual eles nasceram.

Porém Nossos Sábios nos dizem que este foi o “temível complô de D’us sobre os filhos do homem”. “Fui Eu que os fiz pecar,” admitiu D’us ao Profeta Elijah, “ao criá-lo com uma inclinação para o mal.”

Pois é o processo de teshuvá (retorno) do pecado que proporciona os maiores lucros no esforço da vida. Não há amor maior que o amor sentido de longe, nem paixão maior que a procura do retorno ao lar que se abandonou, e a um eu alienado. Quando o apego de uma alma a D’us é esticada até o ponto de ruptura, a força com que ela ricocheteia até sua Fonte é maior que qualquer outra coisa que possa ser gerada pela alma que nunca deixa a órbita Divina. E quando uma alma se afasta até os cantos mais estranhos da vida, e explora a própria negatividade e o mal de seu ambiente como o ímpeto de retornar a D’us, ela redime aquelas partes da criação de D’us que estão além do pálio de uma vida justa.

Este é o “temível complô de D’us sobre os filhos do homem”: criar o homem com uma inclinação para o mal, para que quando ele sucumbir ao mal, volte com uma amor ainda maior por D’us, e com uma colheita ainda maior de recursos transformados e redimidos, que o gerado por uma vida toda passada em conformidade com a Divina vontade.

No entanto, não se pode dizer que D’us desejava que o homem pecasse: um pecado, por definição, é um ato que D’us não quer que seja feito. Além disso, se o plano de D’us era que o homem pecasse, isso levanta a questão do que teria acontecido se Adam e Eva não tivessem escolhido (pois este foi um ato voluntário da parte deles – se não tivesse sido, não seria um pecado) comer da Árvore do Conhecimento. O propósito da criação não teria sido realizado?

O que D’us deseja

É aqui que entra a analogia do homem de negócios. Como ocorre no caso do empresário convencional, há dois níveis de motivação por trás do Divino ato da criação.

No nível manifesto, o mundo foi projetado e criado para cumprir o plano delineado pela Torá. Este plano exige a existência de uma má inclinação no coração do homem, para que nossa conformidade para com a vontade Divina tenha um propósito e significado. Como escreve Maimônides: “Se D’us decretasse que uma pessoa fosse justa ou perversa, ou se existisse algo na essência da natureza de uma pessoa que a levasse rumo a um caminho específico… Qual seria então o papel de toda a Torá? E baseado em qual medida de justiça D’us puniria o perverso e recompensaria o justo…?”

Este plano não exige que o mal verdadeiro seja cometido – apenas o potencial para sua realização. Pode ser possível para nós violarmos a vontade Divina, de forma que não violá-la seja para nós um triunfo moral e uma fonte de prazer para D’us. Deve ser possível para nós não fazer o bem, para que nossas boas ações tenham valor e significado. Os riscos devem estar lá – são eles que tornam o empreendimento recompensador e lucrativo – mas o ponto principal é que devem ser evitados.

Porém num nível mais profundo e subconsciente, D’us deixou o homem sucumbir ao pecado. Isso não é o que Ele deseja – de fato, isso desencadeia uma multidão de possibilidades que são infinitamente mais fortes que qualquer coisa que o plano de negócios oficial poderia ter proporcionado. E são estas possibilidades, ocultas por trás dos números e projeções oficiais, a Sua suprema motivação para investir no negócio da vida humana.

Fonte: site do beit Chabad

Tenha um sábado de paz !

Fernando Rizzolo

Brasileiros vão ao Paraguai para comprar Tamiflu sem receita médica, diz jornal

Brasileiros estão cruzando a fronteira para comprar o medicamento Tamiflu nas farmácias de Ciudad del Este, no Paraguai. A informação é da edição desta sexta-feira (31) do jornal paranaense “Gazeta do Povo”. A droga é usada no tratamento de pacientes diagnosticados com gripe suína que apresentam quadro de saúde grave e tem distribuição controlada no Brasil.

Segundo reportagem do jornal, balconistas de farmácias de Ciudad del Este dizem que dezenas de brasileiros procuram o remédio todos os dias, pessoalmente ou pelo telefone. Eles contam que um cliente que viajou de Porto Alegre teria comprado de uma só vez 100 caixas do medicamento. Cada caixa custa R$ 98, mas o preço passará para R$ 134 na semana que vem. O Tamiflu é vendido sem receita médica na cidade.

A procura fez laboratórios paraguaios lançarem versões genéricas do medicamento, batizadas com nomes como Biosid, Oselta e Laporcina.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informa que é proibido trazer o Tamiflu do Paraguai, alerta a “Gazeta do Povo”.

O protocolo adotado pelo Ministério da Saúde recomenda que somente pacientes com quadro de saúde agravado nas primeiras 48 horas dos sintomas devem tomar o Tamiflu, para evitar resistência do vírus da gripe ao medicamento.
UOL Celular

Rizzolo: Primeiramente é necessário saber a procedência desta medicação, alem disso, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informa que é proibido trazer o Tamiflu do Paraguai. Agora nada disso adianta se o governo não tiver a medicação em quantidade suficiente para atender a população. Já existem denúncias de falta do remédio, e sua restrição no fornecimento aos pacientes. De qualquer forma comprar Tamiflu no Paraguai entendo ser tão perigoso quanto não tomar absolutamente nada, se estiver contaminado.

Publicado em 1.309 creches municipais adiam retorno, A gripe suína e Deus, A gripe suína em Osasco, a lógica e a fé, aceitar Deus, aceitar os desígnios de Deus, Adolfo Lutz detecta diferença no virus, alma, alma e o espírito, aulas interrompidas pela gripe suina sp, Blog do Rizzolo, Brasil detecta mutação do vírus, brasileiros compram tamiflu no Paraguai, Campinas registrou a primeira morte por gripe suína, direito dos animais, Direitos Humanos, economia, Emilio Ribas e a gripe suína, espiritismo, espiritualidade, espiritualidade e medicina, espiritualidade maçônica, espiritualidade na crise, Estácio adia aulas, evangélicos, exército e a gripe suína, Exército vai ajudar a conter a nova gripe, Falta de ética e de Deus, Fernando Rizzolo, Forças Armadas, General Augusto Heleno, geral, governo do estado de são paulo retorno as aulas, Gripe mexicana, gripe sintomas, gripe suína em Campinas, gripe Suína em Israel, gripe suína em São Paulo, gripe suína no Bra, Mackenzie adia aulas, Política, São Paulo tem mais cinco mortes, Secretaria de Saúde de RS confirmou mais quatro mortes, Universidade de São Paulo (USP, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp). Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . 3 Comments »

Gripe: escolas estaduais, Universidades e creches de SP adiam retorno das atividades

SÃO PAULO – As escolas estaduais de São Paulo adiaram o retorno das aulas na rede de ensino, que deveriam acontecer no próximo dia 3, por conta da Influenza A (H1N1), a chamada gripe suína, segundo informações da Secretaria Estadual de Educação. De acordo com a pasta, as aulas devem reiniciar no dia 17 de agosto. A medida foi tomada após recomendação da Secretaria Estadual da Saúde. As escolas que já registraram o fim das férias terão as aulas interrompidas.

Ontem, o Estado de São Paulo confirmou quatro novas mortes causadas pela doença. O Estado já contabiliza 20 vítimas da gripe suína. O Paraná também anunciou três mortes, elevando, até ontem, a 45 o total de vítimas da enfermidade no País. Porém, hoje, a Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa, na Paraíba, já confirmou o primeiro caso de morte causado pelo vírus da gripe A na Região Nordeste.
agência estado

Rizzolo: É uma medida de cautela e de bom senso por parte da Secretaria Estadual da Saúde, muito embora exista um certo exagero na mídia em relação a esta gripe. De qualquer forma a prevenção é a melhor forma de combate. A Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) decidiram também adiar o início das aulas do segundo semestre para o dia 17 de agosto por causa da nova gripe. As 1.309 creches municipais de São Paulo, seguem o padrão, terão suas atividades suspensas entre a próxima sexta (31) e o dia 17 de agosto. Mais duas universidades decidiram adiar o início das aulas por causa da disseminação do vírus da gripe suína. A Universidade Presbiteriana Mackenzie informou hoje, por meio de nota, ter adiado para o dia 10 de agosto o início das aulas dos novos alunos e para o dia 12 a data para alunos antigos.

As unidades da Estácio de Sá (UniRadial) em São Paulo adiaram a volta das férias para 17 de agosto, segundo informe do site da instituição. As unidades que terão o início do semestre adiado são: Moema, Jabaquara, Vila dos Remédios, Santo Amaro, Mooca, Marajoara, Interlagos, Brooklin, Vila Formosa, Pinheiros, Santo André, Estácio Europan, Estácio Ibiúna, Estácio Faac e Estácio Ourinhos. Leiam artigo meu: Gripe Suína, Religião e Imunidade

Publicado em 1.309 creches municipais adiam retorno, A gripe suína e Deus, A gripe suína em Osasco, a lógica e a fé, aceitar Deus, aceitar os desígnios de Deus, Adolfo Lutz detecta diferença no virus, alma, alma e o espírito, aulas interrompidas pela gripe suina sp, Blog do Rizzolo, Brasil detecta mutação do vírus, Campinas registrou a primeira morte por gripe suína, direito dos animais, Direitos Humanos, economia, Emilio Ribas e a gripe suína, espiritismo, espiritualidade, espiritualidade e medicina, espiritualidade maçônica, espiritualidade na crise, Estácio adia aulas, evangélicos, exército e a gripe suína, Exército vai ajudar a conter a nova gripe, Falta de ética e de Deus, Fernando Rizzolo, Forças Armadas, General Augusto Heleno, geral, governo do estado de são paulo retorno as aulas, Gripe mexicana, gripe sintomas, gripe suína em Campinas, gripe Suína em Israel, gripe suína em São Paulo, gripe suína no Brasil, Mackenzie adia aulas, Política, São Paulo tem mais cinco mortes, Secretaria de Saúde de RS confirmou mais quatro mortes, Universidade de São Paulo (USP, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp). Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Leave a Comment »

Gripe suína: SP não adiará volta às aulas, diz Kassab

SÃO PAULO – A volta às aulas nas escolas municipais de São Paulo, que está marcada para o dia 3 de agosto, não será adiada, afirmou o prefeito Gilberto Kassab. Os professores e diretores da rede municipal de ensino foram orientados a procurar assistência médica caso algum dos alunos apresente os sintomas da Influenza A (H1N1), a chamada gripe suína. O Ministério da Saúde recomendou que crianças gripadas fiquem em casa, mesmo que não tenham a confirmação da contaminação.

Em Osasco e Diadema, na Grande capital paulista, e também em Campinas, no interior do Estado, o retorno às aulas foi adiado em pelo menos uma semana para conter o avanço da doença. Para Kassab, porém, não há necessidade de mudanças no cronograma de aulas nas escolas da rede municipal. Os profissionais da educação estão cientes de que têm o apoio das instituições de saúde e sabem que devem informar o poder público caso alguma criança esteja contaminada?, afirmou.

Para facilitar o acesso ao atendimento a alunos, pais e professores, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou os horários das Assistências Médicas Ambulatoriais (AMA), que passarão a atender a população também aos domingos. As 104 AMAs realizam o atendimento de segunda a sábado, entre 7 horas e 19 horas, e agora passarão a atender também aos domingos e feriados, no mesmo horário. Outros 11 ambulatórios já têm atendimento 24 horas. Segundo o prefeito, o novo horário deve continuar ?até quando for necessário.
agencia estado

Rizzolo: Realmente não há necessidade de se adiar as aulas. Proporcionalmente o número de vítimas em relação à população ainda é muito pequeno. A grande verdade é que houve por parte da imprensa certo exagero que acabou por causar pânico.

Publicado em A gripe suína e Deus, A gripe suína em Osasco, a lógica e a fé, aceitar Deus, aceitar os desígnios de Deus, Adolfo Lutz detecta diferença no virus, alma, alma e o espírito, Blog do Rizzolo, Brasil detecta mutação do vírus, Campinas registrou a primeira morte por gripe suína, direito dos animais, Direitos Humanos, economia, Emilio Ribas e a gripe suína, espiritismo, espiritualidade, espiritualidade e medicina, espiritualidade maçônica, espiritualidade na crise, evangélicos, exército e a gripe suína, Exército vai ajudar a conter a nova gripe, Falta de ética e de Deus, Fernando Rizzolo, Forças Armadas, General Augusto Heleno, geral, Gripe mexicana, gripe sintomas, gripe suína em Campinas, gripe Suína em Israel, gripe suína em São Paulo, gripe suína no Brasil, Política, São Paulo tem mais cinco mortes, Secretaria de Saúde de RS confirmou mais quatro mortes. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Leave a Comment »

Gripe Suína, Religião e a Imunidade

Estudos científicos realizados nas últimas quatro décadas têm demonstrado o papel do ponto de vista público e pessoal da religiosidade e seus efeitos na saúde e na longevidade. Tais pesquisas têm evidenciado que a prática da fé e da religiosidade, aumenta, de certa forma, a imunidade geral dos pacientes. Alguns dos resultados citados foram pesquisados durante 16 anos em Israel, em comunidades com o mesmo perfil, porém vivendo espiritualmente de forma diversa: uma num kibutz secular não-religioso e outra num kibutz religioso.

Apesar de ambas as comunidades serem demograficamente iguais, contendo o mesmo nível de estrutura médica e social, o número de óbitos era o triplo no Kibutz secular, comparado-se em relação ao religioso. Pesquisas nesta área também foram realizada na Inglaterra. Através de estudos semelhantes foram constatado os efeitos da fé na superação dos problemas de saúde.

Verificou-se, por exemplo, num estudo sobre os efeitos das doenças meningocócicas em adolescentes, que a religiosidade, a fé e a espiritualidade, tinham o mesmo efeito preventivo que as vacinas para as doenças relacionadas a esta bactéria ( Tully J, Viner RM, Coen PG, Stuart JM, Zambon M, Peckham C, Booth C, Klein N, Kaczmarski E, Booy R. 2006. Risk and Protective Factors for Meningococcal Disease in Adolescents: Matched Cohort Study. BMJ 332: 445-450.)

Estamos vivendo atualmente, a ameaça de uma pandemia de gripe do tipo H1N1 desta . Apesar dos esforços do governo, do exército e de toda sociedade, os procedimentos de higiene preconizados devem continuar sendo amplamente difundidos pela imprensa. Contudo, por tratar-se de uma doença que tem no seu âmago, indevidas violações do ser humano contra natureza – no seu característico desrespeito especista, no triste confinamento antinatural de grandes quantidades de animais – temos que refletir e rever nosso estilo de vida e os nossos conceitos em relação aos hábitos alimentares que jamais deveriam ser baseados na violência.

O sofrimento dos animais e a incessante busca de lucro pelos grandes abatedouros escondem, com certeza, um baixo conteúdo espiritual-energético no contexto desta doença. Muito mais do que um vírus, encontramos uma forma de “virulência espiritual”; assim, a razão e a nossa espiritualidade nos levam a lançarmos mão de uma busca religiosa como uma forma complementar de proteção de seus efeitos nefastos.

Pouco importa a religião, a origem ou a forma de se conectar com Deus. Talvez, no silêncio da noite, numa reflexão sobre a procedência desta epidemia ou numa oração, encontraremos, enfim, uma forma de nos apaziguarmos com toda a natureza e nos harmonizarmos com um elo perdido. Descobriremos também que nos relacionarmos com Deus é respeitarmos os seres vivos por Ele criados que aqui vivem e compartilham conosco essa jornada terrena. Afinal, uma oração ou uma reflexão espiritual é também uma forma de perdão e de harmonia que sempre leva à cura os que têm fé.

Fernando Rizzolo

Publicado em A gripe suína e Deus, A gripe suína em Osasco, a lógica e a fé, aceitar Deus, aceitar os desígnios de Deus, Adolfo Lutz detecta diferença no virus, alma, alma e o espírito, Artigos de Fernando Rizzolo, últimas notícias, Blog do Rizzolo, Brasil detecta mutação do vírus, Campinas registrou a primeira morte por gripe suína, direito dos animais, Direitos Humanos, economia, Emilio Ribas e a gripe suína, espiritismo, espiritualidade, espiritualidade e medicina, espiritualidade maçônica, espiritualidade na crise, evangélicos, exército e a gripe suína, Exército vai ajudar a conter a nova gripe, Falta de ética e de Deus, Fernando Rizzolo, Forças Armadas, General Augusto Heleno, geral, Gripe mexicana, gripe sintomas, gripe suína em Campinas, gripe Suína em Israel, gripe suína em São Paulo, gripe suína no Brasil, gripe suina e espiritualidade, gripe suina nas igrejas evangelicas, http://www.gripesuina.net.br/, igrejas evangélicas, igrejaunivesaldoreinodedeus, Política, religião gripe suína, São Paulo tem mais cinco mortes, Secretaria de Saúde de RS confirmou mais quatro mortes, três mil pessoas podem estar infectadas, vacina contra gripe suína, www.gripesuina.net.br. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . 1 Comment »