Lula passa uma ‘carraspana’ nos gestores do PAC

Lula reuniu nesta quarta-feira (19) os responsáveis pela gestão das obras do Programa de Aceleração do Crescimento. Abespinhado com as informações desencontradas que lhe chegam, o presidente passou um sabão, como se diz, nos auxiliares.

Disse coisas assim: “Eu faço uma reunião com os ministros e falo: ‘companheiros, temos obras para visitar? Eu quero visitar as obras pra ver como é que está’. Aí, tem ministro que fala: ‘está tudo pronto, presidente’. Aí, eu falo: ‘vai falar com a agenda. Aí, a agenda liga para o chefe de gabinete dele e sou informado que a obra não está pronta”.

Ou assim: “Eu agora decidi que só vou citar número [quando] vier por escrito pelo ministro e assinado. O que eu quero dizer é: ‘segundo o ministro do Transporte, o ministro da Casa Civil e o ministro da Fazenda’. Porque qualquer um pode passar por mentiroso, menos o presidente da República”.

Em meio a tantas broncas, Lula livrou a cara de mãe Dilma. De quebra, pespegou-lhe um apelido com o qual já brindara o companheiro Zé Dirceu: “Capitão (?!?!) do time”.

“Companheira Dilma, eu disse em um ato bem pensado que [você] era a mãe do PAC, porque sei o esforço que você faz junto com sua equipe para coordenar isso”, iniciou Lula. “Sei quantas vezes você tem brigado com seus companheiros ministros, sei quantas vezes é obrigada a dizer não dá para gastar tanto, só dá para gastar isso. E, os companheiros precisam compreender que, às vezes, o capitão do time é obrigado a xingar o jogador do próprio time que não está suando a camisa direito”, completou.

É de perguntar: que mentiras andaram dizendo a Lula? Mais: que potocas o presidente passou adiante?

Blog do Josias

Rizzolo: Mais uma vez o que se observa é que Lula quer desta feita, se ” descolar” daqueles que segundo ele mentem. Quer Lula estar “descolado”, quando efetivamente surgirem os números dos atrasos nas obras. Já prepara terreno e se coloca numa posição de distância, de estar sendo enganado. Agora a “companheira Dilma”, a “mãe do Pac” não tem a menor vocação, nem carisma para disputar a Presidência da República como Lula insiste em mostra-la como popular e eficiente. Ex- guerrilheira, não perdeu seu rosto de mulher “marruda”. O PAC é um projeto de desenvolvimento onde a coluna vertebral do Estado direciona a iniciativa privada, o PAC é bom, mas a gestão petista é fraca, falta pulso firme, e a administração não é nada ética, e Lula sabe disso. A ” carraspana” serve como se diz na gíria, apenas para ” livrar a cara de Lula”, nada mais…