Americana de 136 kg mata namorado de 54 kg ao sentar em cima dele em briga

A norte-americana Mia Landingham, de 136 kg, foi condenada nesta semana por ter matado seu namorado Mikal Middleston-Bey, de 54 kg, após sentar sobre ele durante uma briga.

Segundo a polícia dos EUA, o crime ocorreu em agosto passado.

Durante a briga, Mia sentou em cima de Mikal e acabou matando-o involuntariamente. O casal morava junto e tinha três filhos.

Mia recebeu uma sentença de três anos de liberdade condicional e 100 dias de serviço comunitário. Ela saiu da prisão imediatamente depois do julgamento, na quarta-feira (20).

Seu advogado argumentou que ela havia sido vítima de abuso doméstico durante um bom tempo. Ele pediu clemência à corte e lembrou que a acusada não tinha antecedentes criminais.

Ela disse que não teve intenção de cometer o crime. Mia disse que sentia por ter esmagado o pai de seus filhos.

“Eu só queria dizer que eu sinceramente sinto muito por esta situação”, disse à TV local. “Eu queria poder trazê-lo de volta.”

Uma irmã da vítima reclamou da sentença. “Você basicamente senta em cima de alguém e mata e fica em liberdade condicional? Isso é justiça?”, argumentou.
Globo

Rizzolo: Como já mencionei anteriormente em outros comentários, não gosto de comentar notícias sensacionalistas, porém como se trata de um crime, e os leitores muitos dos quais são estudantes de Direito resolvi fazê-lo. O crime em questão é do tipo preterdoloso, ou seja a vítima não teve intenção de matar mas poderiam sim prever o resultado. Ora se estamos falando de um agente que pesa 136 KG, ela deveria prever o resultado danoso do fato de sentar em cima de seu marido. Costumo dizer que precisamos acabar com o preconceito em relação aos obesos, mas por outro lado devemos iniciar uma campanha de conscientização dos malefícios em estar fora de forma, principalmente no caso de casais que não se dão bem, se moda pega hein!!