Socialites Socialistas

Mônica Bergamo

Chella Safra, mulher do banqueiro Moise Safra, surpreendeu na noite de anteontem ao comparecer a um jantar de apoio a Marta Suplicy (PT-SP), que concorre ao Senado.

Ela não apenas prestigiou a candidata – mas declarou que vota em Dilma Rousseff (PT) para presidente. “Mulher vota em mulher”, disse. Chella até gravou depoimento para o site de Marta.

Se no passado o PT liderou greves históricas de bancários contra banqueiros, no presente o partido de Lula tem a adesão explícita dos outrora combatidos patrões.

Além de Moise e Chella, o casal Vicky e Joseph Safra (irmão de Moise e também dono do banco Safra) circulou com desenvoltura pelos salões da casa da psicanalista Eleonora Rosset. Ela e o marido, o empresário Ivo Rosset, da Valisere, eram os anfitriões do encontro no Jardim Europa.

Estavam lá também Olavo Setúbal Jr., do grupo Itaú, Ricardo Steinbruch, do grupo Vicunha, Flávio Rocha, presidente da Riachuelo, e Jack Terpins, das Lojas Marisa, entre outros.

“Esses apoiadores aqui eu nunca tive antes. [Os Safra] nunca foram em nada meu”, dizia Marta Suplicy.

A candidata paulista ao Senado contava a convidados que todos os garçons com quem havia conversado na festa declaravam votar nela. E fez o teste para a coluna. “O senhor é PT?”, perguntou a um garçom.

O silêncio, seguido de uma careta, valeu por mil palavras. “Então deixa eu te pedir um voto de confiança.” “A senhora é candidata a quê?”

A filósofa Marilena Chaui, petista histórica, deu o toque intelectual à noite. Mas entrou muda e saiu quase calada. “Eu não falo com a mídia.”

Rizzolo: Quando Claudia Bonfiglioli a primeira socialite a apoiar Dilma afirmou seu voto diante dos jornalistas na casa de Abilio Diniz, a imprensa toda conservadora achou um escândalo. E agora ? Quando além do povo brasileiro, empresários progressistas que entenderam o viés desenvolvimentista do programa de governo apoiam a Dilma, o que a mídia conservadora irá falar ???

Claudia Bonfiglioli e o Advogado e escritor Fernando Rizzolo interpretam texto de Chico Buarque no Teatro Uranus em SP.

“Chega de corrupção e rolo, para Deputado Federal Fernando Rizzolo – PMN 3318”

Dilma vai ao Rio para encontro organizado por Lily Marinho

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, marcou viagem para o Rio de Janeiro nesta sexta-feira onde deverá se encontrar com o governador do Estado, Sérgio Cabral, e almoçar com Lily Marinho, viúva de Roberto Marinho. “O encontro é só para mulheres. Pela relação de convidadas que eu vi, são mais de 40 mulheres”, disse o presidente do PT, José Eduardo Dutra ao iG, que vai acompanhar a agenda da presidenciável.

Segundo Dutra, o encontro está previsto para 12h30 e será na casa de dona Lily. Antes, Dilma dará entrevista para uma rádio.

Este é o segundo almoço de mulheres que Dilma participa com mulheres desde que se tornou candidata. No último dia 25, ela se reuniu com 40 mulheres na casa de Abilio Diniz, em São Paulo, em encontro organizado pela mulher do empresário, Geyse.

Entre elas, estiveram Milú Villela, presidente do MAM e acionista do Itaú Unibanco, e Maria Antônia Civita, esposa de Roberto Civita, do Grupo Abril.

Rizzolo: Ao contrário do que muitos alegam, Dilma Rousseff tem a simpatia de grande parte da elite brasileira. A aproximação de Dilma com as mulheres empresárias denota a sensibilidade da candidata e o espírito aberto ao debate às idéias, e a participação feminina na composição dos ideais de seu governo, parabéns a estas mulheres guerreiras e de espírito democrático.

“Chega de corrupção e rolo, para deputado federal Fernando Rizzolo, PMN 3318”

DÊ UMA CHANCE AO RIZZOLO !! ESTAMOS NA RETA FINAL, MULTIPLIQUE O SEU VOTO, DIVULGUE O NOME DO RIZZOLO ENTRE SEUS AMIGOS, FAMILARES,VIZINHOS, E VOTE FERNANDO RIZZOLO 3318 PARA DEP. FEDERAL, UM CANDIDATO DE OPINIÃO, PREPARADO, O VERDADEIRO VOTO DA RENOVAÇÃO!!


Foi no ano passado, não me lembro bem do mês, que através de um telefonema recebi um convite para ingressar na política. É claro que ao receber o convite de um partido, mesmo sendo pequeno, ponderei sobre qual poderia ser meu papel na política brasileira, além dos meus textos, da minha formação acadêmica, dos meus pensamentos e ideais de patriotismo.

Nunca exerci um mandato, nunca fui político, mas a sinceridade do convite feito pelo PMN (Partido da Mobilização Nacional) e a deterioração do Congresso Nacional me fizeram pensar que um nome novo como o meu, em face das inúmeras propostas minhas publicadas em mais de 800 artigos pelos jornais do país, dos meus livros que abordam a temática social brasileira e do meu passado íntegro, poderia somar, do ponto de vista político, a uma nova opção eleitoral. Assim sendo, aceitei. Sou candidato a Deputado Federal por São Paulo pelo PMN nº. 3318.

*Minhas propostas para educação, como Deputado Federal

Educação pública ISO 9000 : Um dia a escola pública já foi referência de ensino, quero novamente tornar realidade a qualidade do ensino público no Brasil, universalizando o atendimento público, gratuito, de qualidade e obrigatório na pré-escola, no ensino fundamental de nove anos e no ensino médio. Precisamos também, criar milhares de Escolas de Tempo Integral para assistir a população pobre. Portanto, necessitamos mobilizar gradativamente mais recursos para a educação pública, num patamar mínimo de 9% ao ano do Produto Interno Bruto (PIB), para que possamos tornar viável a implantação disso tudo, além dos cursos profissionalizantes, em nível médio nas escolas públicas. Necessitamos ampliar em 20% ao ano, as vagas nas universidades públicas, sem contar com o essencial: pagar salários dignos aos professores da rede pública e particular.

*Minhas propostas para saúde, como Deputado Federal

Programa de Saúde SPS ( Saúde Preventiva Segmentada ): Não basta investir apenas no tratamento, precisamos investir em medicina preventiva segmentada, prevenindo as doenças de forma eficaz segmentando-a para os jovens, as crianças, as mulheres, os idosos, incidindo a prevenção nas doenças que mais atingem segmento por segmento. Lutarei também para um maior investimento federal na construção de novos hospitais no Estado de São Paulo.

*Minhas propostas para segurança, como Deputado Federal

Programa Segurança para Todos SPT: O programa segurança para todos possui duas vertentes principais: repressão ao crime organizado e educação de base. Hoje existe um consenso de que só remunerando os policiais com salários dignos poderemos implementar os demais programas, inclusive os de inclusão. Portanto reprimir de uma ponta o crime organizado com rigor e policiais bem pagos, e educar os jovens de outra, é a saída a médio prazo para a questão da segurança. Sou a favor também de um forte monitoramento na saída temporária dos presos, pois muitos ficam à mercê do crime organizado nessa circunstância.

*Luta pelo fim do fator previdenciário: Todos sabem da minha luta neste Blog pelo o fim deste fator perverso, assumo aqui compromisso com os aposentados que já me conhecem em intensificar essa luta.

* ENGAJE-SE : Peça votos, fale sobre o Rizzolo, distribua os “santinhos” do Rizzolo para os amigos, colegas de trabalho, de clube, de academia, de faculdade ou da sua igreja, para os vizinhos de sua rua, do seu prédio, do comércio no entorno e nas reuniões de família.

Clique aqui e saiba quem é Fernando Rizzolo

Clique aqui e conheça os artigos de Fernando Rizzolo

FERNANDO RIZZOLO PARA DEPUTADO FEDERAL POR SÃO PAULO Nº 3318 , NA LUTA PELOS JOVENS, PELA PROTEÇÃO AOS ANIMAIS, PELOS DIREITOS DAS MULHERES E NA INTRANSIGENTE DEFESA DOS APOSENTADOS E DAS MINORIAS


“Um novo nome se faz com formação acadêmica, propostas, ética e sensibilidade, por isso eu apoio o Fernando Rizzolo para Deputado Federal”

Claudia Bonfiglioli, presidente da Casa Hope

DOAÇÕES

Um projeto político não é apenas um sonho de uma única pessoa, mas o resultado da ação organizada de muitas outras que se engajam nesse projeto. Como tudo na vida, exigirá meios e formas para que possa ser concretizado. Quanto mais pessoas dele participarem, mais ele atingirá os objetivos para os quais foi traçado: melhorar a vida das pessoas.

Isso implica a necessidade de levantamento de recursos econômicos, dentro da mais estrita legalidade. O meio que a Lei possibilita são as doações.

As doações feitas ao candidato a Deputado Federal Fernando Rizzolo serão utilizadas exclusivamente na campanha eleitoral, nos gastos com material para divulgação da plataforma de campanha e do próprio candidato e todos os demais gastos relacionados com a propaganda política e despesas de campanha, tais como: viagens, combustível, impressão de material, criação e desenvolvimento de temas, dentre outras coisas.

A ajuda dos eleitores e de empresas interessadas é importante para uma campanha política engajada com o meio social, sem gastos demasiados. Fernando Rizzolo pretende arrecadar recursos para realizar uma campanha ecologicamente correta em respeito a seus eleitores e em coerência com a sua plataforma.

Toda pessoa, física ou jurídica, que colaborar com a campanha política do candidato Fernando Rizzolo receberá, no endereço informado, um exclusivo Kit de campanha, como agradecimento pela colaboração.

As doações somente poderão ser feitas por meio de depósito na conta corrente do candidato Fernando Rizzolo.

O recibo eleitoral será emitido assim que o valor doado for creditado na conta bancária

DADOS PARA DEPÓSITO

Correntista: Eleição 2010 Fernando Rizzolo Deputado Federal
CNPJ: 12.179.144/0001-36
Banco Itaú Unibanco
Agência: 8576
Conta- 00004-9

Publicado em últimas notícias, Brasil, cotidiano, economia, geral, http://skaf.com.br/, News, notícias, Política, Principal. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . 7 Comments »

Um sonho chamado Esperança

Certa noite, tive um sonho. Sonhei que o telefone de madrugada tocou; ao atender, um senhor com a voz calma e serena me pedia para que fossemos à Hope, pois algo havia ocorrido. Mais que depressa, chegamos à instituição. O guarda que costumeiramente se postava à porta não estava; na portaria não havia ninguém; o silêncio era total.

Desesperados, eu e Cláudia aumentamos os passos nos largos corredores da Hope à procura de alguém que nos informasse a razão do telefonema. Passamos pela monitora e não havia sequer um monitor; então, num gesto rápido e inquieto, subimos com a respiração ofegante, as escadas em direção à ala dos quartos, onde as crianças e os acompanhantes dormem. Para nossa surpresa, estava vazio: nenhuma criança, nenhum acompanhante, nenhum monitor. Apenas um doce silêncio rompia o frio vazio dos quartos.

De repente, uma luz brilhante no final do corredor surgiu. A mesma voz, calma e serena, do senhor do telefonema nos dizia: “Fiquem tranquilos, apenas houve um milagre por aqui. O Santo Bendito, num ato de misericórdia resolveu curar todas as crianças da Hope. Elas já partiram. Estão em suas cidades de origem e curadas. A casa está vazia, mas cheia de amor e misericórdia divina”.

Atônitos, sem reação, sentimos uma forte luz nos impulsionando para a saída da Instituição. Senti naquele momento uma imensa paz, o doce calor da luz divina nos acalentava; na saída, ao lado da porta, centenas de bilhetinhos das crianças alegres se despedindo.

Ao acordar, ainda sob um estado extasiante, contei à Cláudia meu sonho. Ela olhou bem nos meus olhos e disse: “Não se impressione, eu já tive este sonho várias vezes, sei que um dia ele vai se realizar, talvez por isso o lugarse chame “Casa Hope “; uma casa da esperança.

Tentei dormir novamente, mas, não consegui. Então, pensei comigo: “Por que os sonhos não se tornam realidade? E então algo interior, no tom daquela calma voz, novamente me disse:

“Ajudar e fazer a caridade é a melhor forma de sonhar acordado, é reacender a luz da esperança quando tudo se parece perdido”

Fernando Rizzolo

Tenha um sábado de paz!

Publicado em a lógica e a fé, a morte e Deus, aceitar Deus, aceitar os desígnios de Deus, Allan Kardec, alma, alma e o espírito, Artigos de Fernando Rizzolo, as tragédias e Deus, últimas notícias, Blog da Dilma, Blog do Rizzolo, budismo, Casa Hope, comportamento, Conheça o Site da Casa Hope, cotidiano, crianças com cancer se casam nos EUA, crianças da casa hope, cultura, Deus e você, Direitos Humanos, Edir Macedo, eleições 2010, espiritismo, espiritualidade, espiritualidade e medicina, espiritualidade maçônica, espiritualidade na crise, evangélicos, Falta de ética e de Deus, falta de Deus predispõe à violência, Federação Israelita do Estado de São Paulo, Fernando Rizzolo, Festa Literária Internacional de Paraty, geral, graac, igrejas evangélicas, Judaismo, Literatura, maçonaria, medicina, melhores especialista médicos e melhores hospitais, melhores hospitais, News, notícias, poesia, Política, Principal, RELIGIAO, Religião e Reflexões Espirituais, Silvio Santos e o Yom Kippur, sonhos e espiritismo, Transplante de medula ósses, Veja o Video Casa Hope. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Leave a Comment »

Chiquinho Scarpa segue internado em UTI, sem previsão de alta

Ele teve complicações decorrentes de operação para reduzir estômago.

Empresário está internado em hospital de SP desde 20 de abril.

O empresário Chiquinho Scarpa, de 57 anos, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo, onde recebe tratamento médico desde 20 de abril. Ele teve complicações decorrentes de uma operação para reduzir o estômago. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, não há previsão de alta.

A mãe do empresário, Patsy Scarpa, afirmou nesta quinta-feira (28) ao G1 que o filho apresenta melhora em seu estado de saúde. “Ele está bem, melhorando, a gente está com muita esperança”, disse. Ela contou que o empresário conversa com a família. Scarpa segue internado na UTI, segundo Patsy, porque ainda apresenta sinais de infecção.

Scarpa sofreu complicações após uma operação para reduzir o estômago, realizada em 15 de abril. O empresário teve uma infecção na região do abdome. Ele passou por três cirurgias após retornar ao hospital no dia 20 de abril.

Roberto Tullii, médico e amigo de Scarpa, disse no fim de abril que o empresário foi levado às pressas ao hospital porque bebeu em excesso, de uma só vez, suco de pêssego. Isso teria dilatado demais a região abdominal, recém-operada. “Ele estava com o abdome excessivamente dilatado, vomitava e tinha muita dor”, contou.

Globo

Rizzolo
: O Chiquinho sabe que o Brasil inteiro torce pela sua recuperação, tenho observado pelo número de acessos aos posts sobre a saúde do Chiquinho, que o povo brasileiro acompanha de perto sua recuperação. Vamos torcer todos por ele. Preces é que não faltam, de todos inclusive minhas e da Tatá (Claudia Bonfiglioli).

Milionários preferem dar dinheiro para caridade do que deixar para os filhos

Pesquisa mostra que 62% dos pesquisados com ativos de mais de US$ 800 mil planejam deixar seu dinheiro para organizações beneficentes para incentivar os filhos a trabalhar.

O interesse crescente em filantropia entre os mais ricos do Reino Unido e dos Estados Unidos indica que a próxima geração de multi-milionários talvez não faça justiça ao título. Segundo uma pesquisa divulgada agora, muitos milionários – e até bilionários – pretendem deixar menos dinheiro como herança para seus filhos.

Pesquisa da Richard Harris, fundadores do serviço de testamento online, descobriu que 62% das pessoas com ativos estimados em mais de US$ 800 mil planejam gastar seu dinheiro com obras de caridade ou simplesmente doá-lo para as organizações.

Com isso, os milionários estariam seguindo os passos de ricos “do bem” como Bill Gates e Duncan Bannatyne, que decidiram doar a maior parte de suas fortunas para causas nobres a fim de iincentivar os filhos a iniciar uma carreira e pagar suas próprias contas.

Segundo o próprio Richard Harris, “filantropos ricos, principalmente empreendedores multi-milionários, são firmes em dizer que querem que seus filhos tenham um incentivo para trabalhar duro como eles fizeram em suas vidas. E uma forma de fazer isso é limitando suas heranças”.

“Os pais não querem tirar a ambição dos filhos”, diz. “Em vez de deixar suas fortunas para trás, eles estão repassando a maior parte do dinheiro para causas sociais que eles já defendem e nas quais acreditam. Eles estão colocando mais ênfase em deixar um legado que beneficie a sociedade.”

“Há uns dez anos, 75% da lista dos mais ricos do jornal Sunday Times eram compostos por gente que havia herdado dinheiro de família. Hoje, essa proporção é inversa”.

Tanto é verdade que a lista dos filantropos inclui nomes de prestígio do mundo dos negócios.

– Duncan Bannatyne – Empreendedor que faz parte do programa de TV inglês “Dragon’s Den”, em que milionários dizem se vão ou não investir no negócio de novos empreendedores. Pai de seis filhos. Ele criou um fundo para beneficiar suas crianças, mas já avisou aos filhos que eles terão de demonstrar fibra moral suficiente antes de receber sua parte do quinhão.

– Peter Jones – Empreendedor que também faz parte do programa “Dragon’s Den” já disse aos cinco filhos que eles terão de trabalhar, mas prometeu que um fundo vai dobrar sua renda a cada ano e se eles decidirem trabalhar com organizações de caridade (terceiro setor) ou assumirem um trabalho socialmente responsável, o fundo pagará três vezes seu salário anual.

– Bill Gates – O fundador da Microsoft planeja doar a maior parte de sua fortuna antes de morrer, mas quer deixar US$ 10 milhões para cada um dos três filhos. O resto vai direto para obras de caridade nas quais está envolvido com a Fundação Bill e Melissa Gates. Ele é especialmente atraído para projetos de educação em países menos desenvolvidos.

– Warren Buffet – O mega-investidor americano, segundo homem mais rico do mundo atrás somente do amigo Bill Gates, tem uma fortuna estimada em US$ 62 bilhões. Ele já declarou que vai deixar aos filhos “o suficiente para que eles possam fazer qualquer coisa, mas não tanto que não queiram fazer nada na vida”.

– Barron Hilton – O avô da patricinha Paris Hilton prometeu doar 97% da sua fortuna de US$ 2,3 bilhões para entidades beneficentes.

Época

Rizzolo: Com efeito, no mundo a tendência dos afortunados é cada vez mais se vincularem às causas que envolvam a caridade e a filantropia. No Brasil essa parcela ainda é pequena, contudo cresce a cada ano a conscientização de que doar para a caridade ou tzadaká (hebraico) é a melhor forma de se empregar o dinheiro aqui no mundo terreno, e ao mesmo tempo, de limitar aos herdeiros os volumes de recursos que muitas vezes são gastos de forma pródiga. Instituições sérias, íntegras e com visão empresarial como a Casa Hope,fazem parte do elenco de opção hoje disponíveis no Brasil; e o reconhecimento que a caridade faz bem, e está na pauta mundial dos negócios, foi a presença das 1500 pessoas na festa da inauguração da sua sede própria no dia 12 de maio. São os milionários do Brasil seguindo a nova tendência da filantropia mundial.