Homem morde cobra para se livrar de ataque no Quênia

Um queniano mordeu uma píton que se enrolou em seu corpo e o arrastou para uma árvore, em uma briga que durou horas.

O caso foi divulgado hoje pela imprensa local. O capataz Ben Nyaumbe estava trabalhando no último fim de semana quando a serpente, aparentemente procurando pequenos animais para se alimentar, apareceu no terreno, localizado na região de Malindi.

“Pisei em algo mole no chão e de repente minha perna estava presa por uma grande píton”, afirmou o capataz ao jornal “Daily Nation”.

Quando a cobra resolveu se enrolar corpo acima, ele tomou uma medida desesperada: “Tive de mordê-la”.

Muito forte, a píton o arrastou para uma árvore. Assim que o animal desapertou um pouco seu corpo, Nyaumbe pegou um telefone celular no bolso e pediu ajuda.

Quando seu chefe chegou com um policial, o homem apertou a cabeça da cobra com sua camisa e assim puderam segurá-la e afastá-la.

A serpente escapou por entre as árvores.
folha online

Rizzolo: Ah! Mas precisamos trazer este queniano para o Brasil e dar-lhe visto de trabalho. Trabalho em Brasília. Com tal “expertise”, o nobre capataz Ben Nyaumbe, terá muito trabalho no Congresso. De lá temos notícias que existem cobras de todos os tipos e principalmente ” as criadas”. Por lá Piton não é nada. Com as de lá, ele com certeza não sairia vivo, seria envenenado pela corrupção e pela falta de ética. (risos)