Paulinho do PDT socorre Marta

Existem coisas na política que é melhor deixá-las acontecer do que buscar socorro de terceiros. Na festa de 1º de maio promovida pela Força Sindical, a ministra do Turismo e virtual candidata do PT à Prefeitura, Marta Suplicy, foi solenemente vaiada. Mais do que depressa, surgiu o deputado Paulo Pereira da Silva ( PDT-SP), envolvido nas acusações de empréstimos do BNDES. De acordo com o vídeo as vaias continuaram. Agora não se sabe bem a quem as vaias eram dirigidas. Clique aqui para assistir o vídeo. Aliás, integrantes da cúpula do PDT vão cobrar explicações do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, sobre as suspeitas da Polícia Federal de que seria um dos beneficiários do desvio de verbas do BNDES. O prefeito Gilberto Kassab (DEM), candidato à releição com o apoio do governador tucano José Serra, não deu as caras. Foi mais esperto.

Fernando Rizzolo