Rússia quer enviar frota naval ao Caribe, diz Chávez

CARACAS – O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, pretende enviar uma frota naval para visitar a Venezuela. A afirmação foi feita hoje pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez, durante seu programa semanal de rádio. “A Rússia nos informou que pretende visitar a Venezuela, isto é, que tem a intenção de enviar uma frota russa ao Caribe”, declarou Chávez. “Eu disse ao presidente (Medvedev): ”Se vocês forem vir ao Caribe, nós (a Venezuela) os receberemos com prazer””, relatou Chávez.

Durante a presidência de Chávez, Caracas tem buscado estabelecer relações mais próximas com Moscou, inclusive militares. Nos últimos anos, os acordos bilaterais de compra e venda de armas entre Venezuela e Rússia chegaram a US$ 4 bilhões.

Em seu programa semanal de rádio, Chávez voltou hoje a manifestar apoio à Rússia no conflito com a Geórgia e chamou o presidente georgiano, Mikhail Saakashvili, de “marionete dos Estados Unidos”. As informações são da Dow Jones.

Agência Estado

Rizzolo: A cada dia que passa, mais fica patente aquilo que sempre este Blog costuma afirmar, a Rússia, a China, o Irã, a Coréia do Norte, todos estão tentando instalar bases na América Latina, só alguns governos na nossa região ainda não se deram conta desse fato. O território e o solo ideológico esquerdista já estáo preparados para tal acomodação. Ademais, a Rússia está ávida em realizar aquilo que os EUA há tempos fazem na pretensa área de domínio russo, inclusive na Europa com a questão dos mísseis. Um Brasil pouco armado, rodeado de governos de esquerda, frota russa por perto, e a esquerda brasileira aplaudindo Chavez e caminhando para um Brasil cada vez mais estatizante, é realmente preocupante.