Queimar Alcorão é ‘idiota e perigoso’, afirma secretário de Justiça dos EUA

O secretário de Justiça dos EUA, Eric Holder, disse nesta terça-feira (7) que é “idiota e perigosa” a ideia de uma igreja batista do estado da Flórida de queimar um exemplar do Alcorão, livro sagrado do Islã, no dia do aniversário dos ataques do 11 de Setembro.

A declaração foi feita durante reunião com líderes religiosos em Washington, com o objetivo de encontrar meios de combater a violência religiosa. Ela foi citada aos jornalistas por líderes que participaram do encontro e confirmada por um funcionário do Departamento de Justiça, que não quis se identificar.

O plano de queimar o livro sagrado é da Dove World Outreach Center, uma igreja cristã fundamentalista. Eles pretendem queimar o exemplar no sábado, na cidade de Gainesville.
A ideia provocou protestos em várias partes do mundo, inclusive da Casa Branca, do Vaticano, do Irã e do comandante das tropas internacionais no Afeganistão, mas a igreja anunciou que não pretende recuar.

“Estamos firmemente determinados em fazê-lo”, disse à CNN o pai da iniciativa, Terry Jones, pastor da igreja.

“Sabemos que este ato poderá efetivamente ofender (…), mas acreditamos que a mensagem que tentamos transmitir seja muito mais importante que o fato dessas pessoas se ofenderem. Acreditamos que não devemos retroceder diante dos perigos do islã”, completou.

O general americano David Petraeus, comandante em chefe das forças da Otan e das tropas americanas no Afeganistão, avisou que o ato serviria de propaganda aos talibãs no Afeganistão e reforçaria o sentimento antiamericano no mundo muçulmano.

“Estou muito preocupado com as possíveis repercussões”, disse Petraeus. “Poderá colocar em perigo tanto as tropas como o esforço global no Afeganistão. É precisamente esse tipo de ação que os talibãs utilizam e poderá gerar problemas significativos”, completou o general.

O porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, concordou com Petraeus. A queima do Alcorão “coloca nossas tropas em uma situação perigosa”.

O “L’Osservatore Romano”, o jornal do Vaticano, publicou um artigo cujo título era “Que ninguém queime o Alcorão”, enquanto o Irã advertiu que o ato poderá provocar reações “incontroláveis”.

“Aconselhamos os países ocidentais a impedir a exploração da liberdade de expressão para insultar livros sagrados, caso contrário os sentimentos provocados nas nações muçulmanas não poderão ser controlados”, afirmou o porta-voz do Ministério de Assuntos Externos iraniano, Ramin Mehmanparast.

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Philip Crowley, qualificou a ideia de “provocadora, desrespeitosa e intolerante”.

Na Indonésia, país com maior população muçulmana no mundo, a minoria cristã também teme tensões.

A organização que reúne 20.000 igrejas cristãs protestantes da Indonésia enviou uma carta ao presidente Barack Obama para que ele intervenha no caso
G1

Rizzolo: Bem esse é um ato de tremendo desrespeito à religião muçulmana que deve ser rechaçado por todos. Vincular uma religião ao fato de um atentado, parece coisa da época medieval. Ninguém tem o direito de atacar nenhuma religião ou credo com manifestações , provocações, ou insultos. Se assim agirem deverão ser punidos com rigor, porém nos EUA esse um fato se mistura com liberdade de expressão, e aí eu acho que reside o perigo. Num Estado laico é preciso determinarmos limites para que um grupo religioso não ataque o outro. Todas as religiões trazem um conteúdo humanista e os radicais tem que ser contidos, para o bem de todos.

2 Respostas to “Queimar Alcorão é ‘idiota e perigoso’, afirma secretário de Justiça dos EUA”

  1. Joe Diesendruck Says:

    Ainda há tempo para o presidente Obama assinar uma “Ordem do Executivo” proibindo a queima de qualquer livro religioso de qualquer que seja a religião.

    Essa normativa já deveria estar em vigor no mundo todo há pelo menos um milenio, mas já que só agora se chegou à conclusão de que isso pode por em risco a paz mundial, seria muito bemvinda ainda que tardia !

    É curioso notar que, se posta em pratica, esta seria uma das poucas coisas positivas que o terrorismo pode deixar como legado para um mundo melhor e mais tolerante !

  2. Naiza Prazeres Says:

    Como ja diz um velho ditado populay…Um erro não conserta outro.
    Todos sabemos que o Islã calçado na Alcorão, tem usado de medidas e atos que chocam todo o mundo.
    Porém não e com a intolerancia,,,,nem atos deste tipo que os problemas serão solicionados.
    Esta Igreja Batista,,,,,devia sim……orar.e enviar Missionarios
    que estejam dispostos a pregar a paz…falar da paz que vem de Cristo.
    A intolerancia religiosa vem ceifando vidas atraves dos tempo, e infelizmente estes paises
    mulçumanos, não se detem quando se trara ta defender o seu fanatismo religioso.
    E sabemos que sempre através de atos covardes…como os atentados.O que ceifa vidas.e destroe a segurança de uma nação.
    Que Deus tenha misericordia de todos nós…e de sabedoria aos que se dizem seus seguidores.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: