Dilma Rousseff diz estar curada de câncer linfático

A ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata do PT a sucessão de Lula, Dilma Rousseff, disse nesta quinta-feira, 3, ter concluído o tratamento para curar um câncer no sistema linfático, e que, do ponto de vista médico, está curada.

A declaração foi dada à Rádio Gaúcha, em entrevista sobre as iniciativas do governo acerca da exploração do petróleo do pré-sal. Antes de iniciar a conversa, o entrevistador perguntou sobre a saúde da ministra, que disse estar “muito boa”.

“Eu conclui o tratamento de radio (radioterapia), na semana que vem faço alguns exames e (em seguida) acho que vou dar um anúncio, que eu vou antecipar aqui, que do ponto de vista dos médicos eu estou curada. Acredito que será esse (anúncio), que eu estou com a certeza, a esperança e a torcida”, disse a ministra.

A radioterapia era parte do tratamento contra as consequências de um linfoma, câncer no sistema linfático, detectado em abril na forma de um nódulo na axila esquerda da ministra. O tumor de 2,5 centímetros foi retirado em cirurgia de 45 minutos no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, poucas semanas após descoberto. O linfoma foi detectado quando a ministra se submeteu a check-up das condições de saúde no próprio hospital.

Dilma realizou o tratamento por quatro meses, submetendo-se a exames periódicos de suas condições de saúde.

Em maio, Dilma chegou a ser internada no Sírio-Libanês com fortes dores nas pernas. Na ocasião, foi diagnosticado que a ministra teve uma miopatia – inflamação muscular provocada pelas fortes doses de cortisona que tomou em consequência do tratamento contra o câncer.

Quando recebeu a informação de que tinha câncer linfático, Dilma disse que encarava a doença como “um desafio”. “Ninguém gosta de saber que está com doença. Mas recebo com tranquilidade, porque tive a sorte do diagnóstico precoce”, disse à época.
agencia estado

Rizzolo: As pessoas confundem simpatia política, com solidariedade humana. Quando analiso a candidatura de Dilma à presidência, o faço de forma técnica, intuitiva. Mas quando falo da Dilma pessoa, mulher, sempre torço para que Deus a cure até porque ela provavelmente se chegou aonde chegou é porque a espiritualidade assim determinou. A grande diferença em se comentar um artigo, mesmo que seja contrariando interesses da direita ou esquerda, é ser respeitado.

Muito embora quando me refiro ao PT, ao Lula ou a Dilma, todos sabem que por trás das minhas críticas existe uma pessoa religiosa. Prova disso é o fato de Dilma ter aceitado um artigo meu sobre sua doença no seu BLOG, o que me deixou honrado. Acredite ministra Dilma, falo mal do PT, mas quando rezo no shabbat sempre lembro de você. Deus quer que vc prossiga. Leia o artigo meu: Uma pedra no meio do caminho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: