“Autodenominado movimento estudantil é o mais recente recurso da oligarquia golpista”

“O imperialismo e a oligarquia venezuelana em sua tentativa golpista primeiro utilizaram a Confederação de Trabalhadores da Venezuela, a CTV de Carlos Ortega, que de entidade representativa dos trabalhadores não tem nada, e a Fedecámaras, sem resultados e desapareceram; depois o pessoal do petróleo, da PDVSA, que se prestou a destruir a propriedade que é de todos os venezuelanos, que já está esquecido; ai, foram os militares de Altamira [bairro de classe alta de Caracas], que chegaram inclusive a bater em alguns quartéis concitando à sublevação e não puderam; agora apelam aos estudantes. E a questão que chama a atenção é que são grupos de estudantes de colégios e universidades privados os que protagonizam a dissidência. Parece que estão incomodados com o fortalecimento do ensino universitário no país”, afirmou o vice-presidente da Venezuela, Jorge Rodríguez, na inauguração da Feira Internacional do Livro, em Caracas.

“Esses autodenominados movimentos estudantis que tem a encomenda de que haja um morto, são grupos de universidades privadas que são entrevistados pelos meios de comunicação antinacionais uma e outra vez”, assinalou Rodríguez, acrescentando que “este governo pode dizer com orgulho que jamais provocará um morto dentro dos movimentos estudantis, seja da orientação que seja, este é um governo que defende a vida humana com sua própria vida, defende os direitos humanos além da Constituição”, expressou.

Na semana passada cerca de 1500 pessoas que tinham se manifestado no Tribunal Supremo de Justiça, TSJ, contra o Referendo que será realizado no dia 2 de dezembro, invadiram a Universidade Central da Venezuela, e agrediram um grupo de 130 estudantes e funcionários da Escola de Serviço Social, ferindo 9.

Recrudescendo o uso da violência contra a população, setores que sabem que não tem votos, na sexta-feira passada provocaram um incêndio com uma bomba molotov nas instalações do Centro de Estudantes da Faculdade de Ciências Jurídicas e Políticas da UCV, entidade cuja diretoria participa da campanha pelo SIM.

“É muito estranho que os setores mais reacionários, que apelam ao golpe, ao seqüestro, à mentira, acusem a este governo, que consulta absolutamente tudo o que tem a ver com as medidas revolucionárias que toma ao povo da Venezuela em eleições livres, transparentes e certificadas por observadores do mundo inteiro, de que está construindo uma ditadura”, afirmou o vice-presidente, concluindo que “só se for a ditadura do conhecimento, da liberdade, a ditadura que acabou com o analfabetismo, que edita um livro por dia, que espalhou a cultura por todos os cantos do país”.

Jorge Rodríguez, vice-presidente da Venezuela:

Hora do Povo

Rizzolo: É sabido que a CIA e o governo americano agem na Venezuela insuflando movimentos ” vazios”, para que o governo de Hugo Chaves seja desestabilizado. O recrutamento de ” estudantes” ou a criação ficta de ” movimentos estudantis” demonstram que a direita está perdendo o jogo a cada dia que passa. Com muita propriedade, Jorge Rodrigues, vice presidente da Venezuela afirma que, querem sim um morto, para que fique demonstrada a pseudo violência Chavista, que de violência nada tem, a não ser a disposição exaustiva de consultar o povo, sobre todas as propostas da política venezuelana. Para os EUA, excesso de democracia não é bom, principalmente se passa pelo crivo popular. Agora esses ‘ movimentos estudantis fabricados ” não passam de uma piada de mal gosto, todos estudantes da elite, desarticulados, a mando de meia dúzia de reacionários que tentam usá-los como massa de manobra. Ainda bem que são pouquíssimos, e cansam logo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: